Guarda: Explosão causa um ferido ligeiro

Guarda: Explosão causa um ferido ligeiro

image_pdfimage_print

Uma explosão ocorrida hoje no edifício de uma coletividade do concelho da Guarda provocou um ferido ligeiro.

Segundo Paulo Sequeira, comandante dos Bombeiros Voluntários da Guarda, a explosão ocorreu pelas 16h00, no edifício da Associação de Mordomos da localidade de Casal de Cinza, no concelho da Guarda.

“Foi uma situação de uma eventual explosão de gás acumulado, devido a uma fuga, uma vez que a única botija que se encontrava no edifício está intacta”, disse o responsável.

Paulo Sequeira indicou que “não houve incêndio”, mas a explosão, que terá ocorrido “quando foi acionado o sistema elétrico” do edifício, provocou danos no imóvel e originou um ferido ligeiro que foi transportado para o serviço de urgências do Hospital Sousa Martins da Guarda.

A explosão causou queimaduras ligeiras nas mãos de uma mulher com cerca de 50 anos.

Os bombeiros estão a averiguar se a explosão causou ou não danos estruturais no edifício.

As causas da explosão vão ser investigadas pelas autoridades policiais.

Estiveram no local os Bombeiros Voluntários da Guarda com oito homens e três viaturas, além de militares da GNR.

Previous Animação de Natal incentiva às compras em Oliveira do Hospital
Next José Ramos Mendes lembrado como “cidadão ativo” no lançamento do seu livro

Artigos Relacionados

Última Hora

Alunos do 1.º CEB sobem ao palco da Casa da Cultura César Oliveira

Esta sexta-feira, amanhã, dia 8 de junho, o Município de Oliveira do Hospital recebe a aventura “No Palco com o Gaspar e a Inês”, uma iniciativa dinamizada no âmbito do

Opinião

“Ca$h Resto Z€ro” com olhar sobre o “Dia T” e a Gala do Desporto

Em mais um “Ca$h Resto Z€ro” na Rádio Boa Nova, Vítor Neves convida a um olhar sobre a atualidade nos EUA e centra-se na Gala do Desporto realizada em Oliveira

Sociedade

Dois homens detidos em Coimbra por tráfico de droga

A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de dois homens, de 35 e 38 anos, em Coimbra, pela presumível autoria do crime de tráfico de estupefacientes.

Informação

João Galamba vem a Oliveira do Hospital debater o Orçamento de Estado para 2016

O deputado na Assembleia da República, pelo círculo eleitoral de Coimbra, João Galamba é o principal orador do debate sobre o Orçamento do Estado para 2016 que vai decorrer em

Última Hora

Chuva marca o início da semana, mas as temperaturas vão subir

O início da semana em Portugal continental vai ser ainda marcado por períodos de chuva ou aguaceiros, mas as temperaturas máximas vão subir podendo atingir os 23 graus Celsius.

Informação

Temperatura sobe no fim de semana

O fim de semana vai ser marcado pelo bom tempo, com temperaturas acima dos 30 graus em algumas regiões do país e sem precipitação.

Última Hora

Reconstrução de casas é a prioridade em São Gião, Oliveira do Hospital

A recuperação das quase 30 habitações que arderam na freguesia de São Gião, Oliveira do Hospital, é a prioridade da Junta de Freguesia,…

Nacional

“Muito calor” deixa cinco distritos em alerta laranja

Os distritos de Guarda, Castelo Branco, Portalegre, Évora e Beja estão hoje, e até às 21h00 de sábado, sob ‘aviso laranja’ devido ao tempo quente,…

Última Hora

Detido por tráfico de droga em Arganil

Militares do Núcleo de Investigação Criminal da Lousã detiveram, em Arganil, um indivíduo de 26 anos, por suspeita de tráfico de estupefacientes.

Informação

Festa do Queijo Serra da Estrela condiciona trânsito em Oliveira do Hospital

Em consequência da realização da Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital, o Município de Oliveira do Hospital informa que está condicionado, até ao dia 18 de

Programas

A Escola e o Meio na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 22 de dezembro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 11.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Informação

“Pedimos apoio igual. Há muitas pessoas que estão a ficar para trás” (com áudio)

Passados quatros meses desde o grande incêndio de 15 de outubro, a Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal (AVMISP) insiste no tratamento “igual” para com os