Greve nos combustíveis continua com serviços mínimos definidos

Greve nos combustíveis continua com serviços mínimos definidos

image_pdfimage_print

A greve dos motoristas de camiões de transporte de matérias perigosas vai continuar, com serviços mínimos definidos.

À saída da reunião entre o Governo, o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e a ANTRAM, Gustavo Duarte, representante das entidades patronais, garantiu que ficaram definidos os serviços mínimos presentes na requisição civil, que dizem respeito aos aeroportos, hospitais e grandes centros de consumo. As instituições em causa terão 100% de abastecimento, garantiu o vice-presidente do SNMMP, Pedro Henriques.

Quanto ao abastecimento civil, 30% do volume total de combustível será distribuído pelos postos de abastecimentos comuns. “Está contemplado que 30% do volume seja entregue aos postos de abastecimento civis. Teremos de ver quais são os mais críticos. Até que se levante a greve, os constrangimentos vão manter-se”, garantiu Gustavo Duarte.

Já Pedro Henriques declarou, por seu turno, que o abastecimento será feito apenas nas cidades de Lisboa e Porto, antecipando problemas no abastecimento no resto do país.

A greve dos motoristas de matérias perigosas, que começou à meia-noite de segunda-feira, foi convocada pelo Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP), por tempo indeterminado, para reivindicar melhorias salariais e alterações nas carreiras. Está a provocar, de norte a sul do país, extensas filas nos postos de combustível.

Os ministros da Administração Interna e do Ambiente e da Transição Energética declararam, entretanto, a “situação de alerta” devido à greve nacional dos motoristas de matérias perigosas, implementando medidas excecionais para garantir os abastecimentos.

O estado de alerta, em vigor desde esta terça-feira e até às 23.59 horas do dia 21 de abril, determina a “elevação do grau de prontidão e resposta operacional por parte das forças e serviços de segurança e de todos os agentes de proteção civil, com reforço de meios para operações de patrulhamento e escolta que permitam garantir a concretização das operações de abastecimento de combustíveis, bem como a respetiva segurança de pessoas e bens”.

O Governo também determina a “declaração de reconhecimento de crise energética, que acautele de imediato níveis mínimos nos postos de abastecimento, de forma a garantir o abastecimento de serviços essenciais, designadamente para forças e serviços de segurança, assim como emergência médica, proteção e socorro”.

Com: JN e LUSA

Previous Combustíveis: Presidente da República diz que é preciso “normalizar” o caos
Next Região: Vinte pessoas, incluindo duas crianças, assistidas após fogo em garagem

Artigos Relacionados

Informação

GNR de Viseu deteve sete pessoas por tráfico de droga

O Comando Territorial de Viseu da GNR, através do Núcleo de Investigação Criminal de Moimenta da Beira, deteve nos dias 18 e 19 de fevereiro, sete homens com idades compreendidas…

Região

O Minuto 91 deu destaque ao atletismo local e aos últimos sucessos

Foi um programa onde o destaque foi para o atletismo local e regional. Em estúdio estiveram os atletas Rafael Delauney Gomes (Triatlo), Miguel Jorge campeão distrital júnior, Gonçalo Borges campeão

Cultura

Marchas do Sarzedo e de S. Martinho abrilhantaram ruas de Arganil

Arganil esteve em festa na passada sexta-feira, dia 13 de Julho, com a primeira edição das Marchas do Concelho, uma iniciativa da Câmara Municipal de Arganil, que levou às ruas

Sociedade

“A afirmação de Oliveira do Hospital passa muito por esta Feira do Queijo”

Considerada a maior Feira do Queijo a nível nacional, a Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital acontece já este fim-de-semana e promete “bater recordes” de visitantes,

Última Hora

Avoense com “distrofia muscular” desafia responsáveis a viajar na sua cadeira numa carrinha de transporte de deficientes até Coimbra

António Marques é residente em Avô e vive, duas vezes por semana, o drama do mau estado das estradas que servem o concelho de Oliveira do Hospital.

Informação

Neve coloca cinco distritos sob Aviso Amarelo

Cinco distritos do continente estão hoje sob ‘Aviso Amarelo’ devido à previsão de queda de neve acima dos mil metros de altitude.

Região

Guarda: Detido por rapto e abuso sexual

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve um homem, de 26 anos, pela presumível prática de um crime de rapto de menor…

Desporto

Volta a Portugal passou por Oliveira do Hospital (veja os vídeos)

O pelotão da 79ª Volta a Portugal em Bicicleta passou, ao início da tarde, no concelho de Oliveira do Hospital, ligando os três monumentos…

Região

Seia: Médico Jorge Costa e Silva morreu aos 64 anos

Jorge Costa e Silva, clínico de medicina geral e familiar no Hospital de Nossa Senhora da Assunção, em Seia, morreu ontem no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, com 64

Região

“A lida do Campo” é tema de Marcha dos Santos Populares em Loriga

O Centro de Assistência Paroquial de Loriga realiza no próximo fim de semana, 24 e 25 de junho, mais uma Marcha dos Santos Populares, este ano com o tema “A

Última Hora

Município de Tábua promove 8ª edição Tábua de Leituras

O Município de Tábua promove, através da Biblioteca Pública Municipal João Brandão, a 8ª edição da Tábua de Leituras, a decorrer nos dias 6, 7 e 8 de junho.

Região

Incêndio industrial destruiu 10 viaturas e armazéns em Ortigosa, Leiria

Um incêndio industrial, que deflagrou na madrugada de hoje em Lameira, na freguesia de Ortigosa, no concelho de Leiria, destruiu dez veículos e parte dos armazéns de uma empresa, disse