Governo disponibiliza 28 milhões para mudar espécies em áreas ardidas

Governo disponibiliza 28 milhões para mudar espécies em áreas ardidas

image_pdfimage_print

O secretário de Estado das Florestas anunciou hoje que o Governo vai lançar uma medida de 28 milhões de euros para substituição em áreas ardidas de espécies de crescimento rápido, como eucaliptos, por espécies de crescimento lento.

“Vamos avançar com 28 milhões de euros para essa medida, sendo que essa medida será regionalizada. Isto é, uma medida para as áreas ardidas e que será com dotação para cada uma das regiões”, disse hoje à agência Lusa, em Gouveia, no distrito da Guarda, o secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Miguel Freitas.

Segundo o secretário de Estado, as dotações financeiras anunciadas serão apresentadas, “no momento adequado”, para cada uma das regiões. Assegurou, no entanto, que “o valor global da medida” será de 28 milhões de euros.

“Nós pretendemos, acima de tudo, fazer a substituição de espécies de crescimento rápido por espécies de crescimento lento, em zonas devidamente vocacionadas para essas espécies”, disse.

Segundo Miguel Freitas, o grande objetivo desta medida “é retirar área de espécies de crescimento rápido, nomeadamente eucalipto, e substituir por espécies de crescimento lento”.

O secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural sublinhou que o Governo não pretende “acabar com o eucalipto”.

“Não é essa a ideia. Portanto, a ideia é a de, acima de tudo, fazer nos locais certos a substituição de espécies de crescimento rápido por espécies de crescimento lento. Nós consideramos que é necessário ter bom ordenamento, ter boa gestão e [que] as espécies, cada uma delas, esteja no sítio onde deve estar”, justificou.

A nova medida de apoio vai ser lançada em outubro e já decorreu uma reunião com as associações florestais na semana passada, admitindo o governante que a mesma será “um estímulo importante”.

Na terça-feira, em Tondela, Viseu, o secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural disse à Lusa que “o primeiro grande objetivo é substituir o eucalipto por áreas de floresta de crescimento lento”, mas “essa medida também poderá servir para aqueles que queiram fazer a substituição em áreas ardidas”.

Previous Dispositivo de combate a incêndios na capacidade máxima até 15 de outubro
Next “Em Oliveira do Hospital há 49 casas concluídas e 49 não é igual a zero, como se quis fazer crer”

Artigos Relacionados

Última Hora

Chefe da PSP de Coimbra condenado a dois anos e meio de prisão efetiva por violência doméstica

O chefe da PSP de Coimbra, Luís Ribeiro, foi esta segunda-feira condenado a uma pena efetiva de dois anos e meio de prisão por violência doméstica.

Última Hora

ICNF cria aplicação para autorização de queimas e queimadas seguras

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) anunciou hoje a criação de uma aplicação informática para autorização de queimas e queimadas seguras,…

Informação

Grande Hotel assume gestão das Termas do Luso

A Sociedade Água do Luso (SAL), proprietária das Termas do Luso, chegou a acordo com a Fundação Bissaya Barreto,  que detém o Grande Hotel do Luso, para a gestão da estância termal.

Região

Inscrições abertas para Festival de Artes de Seia

Decorre, até ao próximo dia 4 de abril, o período de inscrições para a mostra coletiva de Pintura, Escultura e Fotografia do Festival ARTIS, …

Informação

Vila Real, Bragança e Guarda sob aviso laranja devido à queda de neve

Os distritos de Vila Real, Bragança e Guarda estão hoje sob aviso laranja devido à queda de neve, encontrando-se o resto do país a amarelo devido ao vento forte, chuva

Informação

Eptoradio esta sexta-feira na Rádio Boa Nova

Esta sexta-feira, 10 de fevereiro, pelas 14h00, o programa da EPTORADIO apresenta, na primeira parte, as principais notícias sobre as várias atividades que se desenvolvem na EPTOLIVA, …

Região

Município de Oliveira do Hospital pede “desculpa” pelo estado “lastimável” da EN17

O vice-presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Francisco Rolo considerou ontem que “é penoso” para quem passa na EN 17 e “vergonhoso” para quem é responsável pela

Última Hora

Seia com minorações da taxa de IMI em 20 freguesias

A Câmara Municipal viu aprovada, na Assembleia Municipal do dia 23 de setembro, a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) a aplicar em 2017,…

Última Hora

Arganil: Eleito pela CDU queixa-se de vandalismo

O deputado da CDU na Assembleia Municipal de Arganil apresentou queixa contra desconhecidos, junto das autoridades policiais, denunciando o facto “de sua viatura ter sido alvo de actos…

Informação

Arganil: Jovem condenado a 18 anos de prisão por matar namorada

O Tribunal de Coimbra condenou hoje a 18 anos de prisão o jovem de Arganil acusado de empurrar a namorada, de 20 anos, …

Última Hora

Oliveira do Hospital quer que seja o Estado a requalificar o Castelo de Avô

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital (AMOH), que reuniu em sessão extraordinária, ao final da tarde de sexta-feira deliberou pela não aceitação da competência da Cultura, …

Destaque

FCOH e Nogueirense lutam pela vitória em dérbi concelhio

No próximo domingo, 24 de março, joga-se a jornada 27 do campeonato de Portugal Série C, que coloca o Futebol Clube de Oliveira do Hospital e a Associação …