Gouveia limpa nascente do rio Mondego e fontanários na Serra da Estrela

Gouveia limpa nascente do rio Mondego e fontanários na Serra da Estrela

image_pdfimage_print

A Câmara Municipal de Gouveia anunciou, ontem, que procedeu à limpeza dos fontanários e dos espaços de lazer que se encontram ao longo da Estrada Nacional (EN) 232, na Serra da Estrela, incluindo a nascente do rio Mondego

A autarquia de Gouveia, presidida por Luís Tadeu, refere em comunicado que os seus técnicos realizaram ações “nas fontes do Lagarto, das Costeiras e do Tio Filipe, apesar da sua manutenção e limpeza não ser da responsabilidade da Câmara Municipal de Gouveia, já que a entidade que tem responsabilidade de manutenção destes espaços é a Infraestruturas de Portugal”.

“No entanto, trata-se de áreas de lazer e de espaços naturais que contribuem fortemente para a atratividade turística da Serra da Estrela, do concelho e do município”, reconhece.

Para além das intervenções realizadas nas fontes existentes ao longo da EN 232, a Câmara Municipal de Gouveia, no distrito da Guarda, também realizou trabalhos de limpeza no fontanário do Mondeguinho, o local onde nasce o rio Mondego, e na sua área envolvente.

A intervenção realizada naquele local incluiu o fornecimento e a aplicação das pedras em falta nas mesas e nos bancos, o corte de uma árvore seca, afetada pelo incêndio de 15 de outubro de 2017, que será substituída em breve por outra mesma espécie, o calcetamento do círculo da mesma árvore e a limpeza e o arranjo da encosta, segundo a nota.

Nos fontanários da EN 232, a autarquia podou árvores, procedeu ao desassoreamento e à desobstrução das bacias, ao desentupimento dos escoamentos e à limpeza de grelhas, à remoção de lixo, lamas e cinzas e à lavagem à pressão das paredes e do chão dos equipamentos.

A degradação do local onde nasce o rio Mondego, na Serra da Estrela, levou, em maio, os deputados socialistas Carlos César, Santinho Pacheco e Maria Antónia Almeida Santos a apresentarem um projeto de resolução na Assembleia da República, a recomendar ao Governo que desenvolva as ações necessárias para a sua recuperação e valorização.

No documento, os deputados sugeriam a elaboração e execução “urgentes” de um projeto de salvaguarda e valorização da nascente do rio Mondego, conhecida na região como Mondeguinho, “nas suas componentes patrimonial, ambiental, florestal, cultural e arquitetónica, devolvendo ao local o simbolismo que justifica e merece, como marca do turismo da Serra da Estrela e identidade de toda a Região Centro”.

No texto do projeto de resolução lembravam que o último arranjo da esplanada da nascente do Mondego “terá ocorrido nos anos 50 do século XX”.

Previous António Costa desloca-se hoje a Nelas para assinar contrato de investimento na Luso Finsa
Next Sinistralidade: oito detenções, 642 infrações e 69 acidentes no distrito de Coimbra

Artigos Relacionados

Última Hora

Seia: ASAE apreende mais de duas toneladas de Queijo Serra da Estrela

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE), através da brigada especializada das indústrias da Unidade Regional do Centro, desencadeou uma ação inspetiva a uma queijaria, no concelho de Seia,…

Região

Região: Homem de 83 anos detido por incêndio florestal

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial da Mêda, deteve ontem, dia 26 de fevereiro, um homem de 83 anos, pelo crime de incêndio florestal, no concelho da

Última Hora

Carnaval menos frio e molhado no Norte e Centro

Uma pequena subida das temperaturas mínimas vai trazer um Carnaval menos frio, mas molhado, sobretudo nas regiões do Norte e Centro, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera

Cultura

22ª edição do CineEco com 90 filmes a concurso

Feitas as apresentações, começou a contagem decrescente para a 22ª edição do CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela.

Última Hora

Mais de 10 mil doses de haxixe apreendidas em Viseu pela GNR

Seis homens, com idades compreendidas entre os 16 e os 32 anos, foram detidos pela Guarda Nacional Republicana de Viseu nesta segunda-feira.

Informação

Encontrado idoso desaparecido na Guarda

Um idoso de 89 anos de idade desaparecido desde segunda-feira na Guarda foi ontem localizado pela GNR num campo agrícola de difícil acesso.

Última Hora

Homem detido em Gouveia por posse de 23 armas

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Seia, deteve ontem, um homem de 61 anos, por violência doméstica, no concelho de Gouveia.

Sociedade

Praia Fluvial de Alvôco das Várzeas distinguida com Certificado Internacional Blue Flag

A Praia Fluvial de Alvôco das Várzeas, no Município de Oliveira do Hospital, foi distinguida com o Certificado Internacional Blue Flag, pelos seus cinco anos consecutivos de Bandeira Azul.

Região

PJ deteve duas mulheres que queriam introduzir droga na prisão de Coimbra

A Polícia Judiciária, através da Diretora do Centro, deteve duas mulheres que se preparavam para introduzir 200 doses de haxixe, esteroides anabolizantes injetáveis e seringas, no Estabelecimento Prisional de Coimbra,

Última Hora

Empresas: A Ópticas Lince chegou a Oliveira do Hospital

A Ópticas Lince abriu hoje, dia 15 de novembro, uma nova loja. A aposta recaiu na cidade de Oliveira do Hospital, na rua do Hotel, numa loja moderna, com uma

Cultura

“Rapada Village” volta a animar Santo António do Alva

Associação Progressiva de Santo António do Alva promove entre os dias 7 de junho e 6 de Julho a iniciativa “Rapada Village” no…

Última Hora

IP justifica demora no arranjo da Estrada da Beira com o mau tempo

A Infraestruturas de Portugal não avança com uma data para a conclusão das obras de requalificação da Estrada da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital. Ao jornal online Notícias