Gouveia limpa nascente do rio Mondego e fontanários na Serra da Estrela

Gouveia limpa nascente do rio Mondego e fontanários na Serra da Estrela

image_pdfimage_print

A Câmara Municipal de Gouveia anunciou, ontem, que procedeu à limpeza dos fontanários e dos espaços de lazer que se encontram ao longo da Estrada Nacional (EN) 232, na Serra da Estrela, incluindo a nascente do rio Mondego

A autarquia de Gouveia, presidida por Luís Tadeu, refere em comunicado que os seus técnicos realizaram ações “nas fontes do Lagarto, das Costeiras e do Tio Filipe, apesar da sua manutenção e limpeza não ser da responsabilidade da Câmara Municipal de Gouveia, já que a entidade que tem responsabilidade de manutenção destes espaços é a Infraestruturas de Portugal”.

“No entanto, trata-se de áreas de lazer e de espaços naturais que contribuem fortemente para a atratividade turística da Serra da Estrela, do concelho e do município”, reconhece.

Para além das intervenções realizadas nas fontes existentes ao longo da EN 232, a Câmara Municipal de Gouveia, no distrito da Guarda, também realizou trabalhos de limpeza no fontanário do Mondeguinho, o local onde nasce o rio Mondego, e na sua área envolvente.

A intervenção realizada naquele local incluiu o fornecimento e a aplicação das pedras em falta nas mesas e nos bancos, o corte de uma árvore seca, afetada pelo incêndio de 15 de outubro de 2017, que será substituída em breve por outra mesma espécie, o calcetamento do círculo da mesma árvore e a limpeza e o arranjo da encosta, segundo a nota.

Nos fontanários da EN 232, a autarquia podou árvores, procedeu ao desassoreamento e à desobstrução das bacias, ao desentupimento dos escoamentos e à limpeza de grelhas, à remoção de lixo, lamas e cinzas e à lavagem à pressão das paredes e do chão dos equipamentos.

A degradação do local onde nasce o rio Mondego, na Serra da Estrela, levou, em maio, os deputados socialistas Carlos César, Santinho Pacheco e Maria Antónia Almeida Santos a apresentarem um projeto de resolução na Assembleia da República, a recomendar ao Governo que desenvolva as ações necessárias para a sua recuperação e valorização.

No documento, os deputados sugeriam a elaboração e execução “urgentes” de um projeto de salvaguarda e valorização da nascente do rio Mondego, conhecida na região como Mondeguinho, “nas suas componentes patrimonial, ambiental, florestal, cultural e arquitetónica, devolvendo ao local o simbolismo que justifica e merece, como marca do turismo da Serra da Estrela e identidade de toda a Região Centro”.

No texto do projeto de resolução lembravam que o último arranjo da esplanada da nascente do Mondego “terá ocorrido nos anos 50 do século XX”.

Previous António Costa desloca-se hoje a Nelas para assinar contrato de investimento na Luso Finsa
Next Sinistralidade: oito detenções, 642 infrações e 69 acidentes no distrito de Coimbra

Artigos Relacionados

Última Hora

APROLEP envia camião carregado de feno para Góis para ajudar animais

A Associação dos Produtores de Leite de Portugal (APROLEP) envia esta quinta-feira, para Góis, um carregamento de feno oferecido por um grupo de agricultores…

Informação

Ciência ao Rubro na BLC3

Nos dias 27 e 29 de junho, a BLC3 assinalou o términus do ano letivo e da atividade “Ciência sobre Rodas” que decorreu durante o ano, nos Jardins de Infância

Última Hora

Seia promove Semana da Atividade Física e do Desporto

O Município de Seia promove, ao longo desta semana (de 11 a 15 de junho), um conjunto de atividades desportivas, relacionadas com os programas municipais …

Região

Penela, Góis e Tábua recebem o ‘Teatro Mais Pequeno do Mundo’

‘O Teatro Mais Pequeno do Mundo’ é uma proposta do programa ‘Coimbra Região de Cultura’ que tem como objetivo levar o teatro às pessoas de uma forma mais envolvente e

Informação

Casimiro Santos integra seleção nacional de Pizzaiolos

O pizzaiolo Casimiro Santos da Pizzaria L’Artista, em Oliveira do Hospital, foi convocado para a seleção nacional de pizzaiolos que vai representar Portugal nos mundiais e nos europeus de pizza. 

Última Hora

Oliveira do Hospital é beneficiário do programa CLDS 4G

O Município de Oliveira do Hospital acaba de ser contemplado pelo Programa Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS-4G) tendo-lhe sido atribuído um financiamento no montante de 540 mil euros.

Região

Sinistralidade: 21 detenções, 809 infrações e 64 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 26 de março a 1 de abril, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta

Sociedade

Município de Oliveira do Hospital apela aos proprietários para que procedam ao arranque de eucaliptos

O Município de Oliveira do Hospital está a apelar aos proprietários de terrenos rústicos, para que “procedam rapidamente ao arranque dos pequenos eucaliptos que, depois do incêndio de 15 de

Região

Região: ASAE apreende meia tonelada de leitão abatido clandestinamente

A ASAE apreendeu cerca de meia tonelada de carne de leitão, durante o último período festivo e deteve três pessoas em flagrante delito.

Última Hora

Ca$h Resto Z€ro: “João Paulo Albuquerque não pode, não deve faltar ao debate”

No habitual espaço de opinião “Ca$h Resto Z€ro”, Vítor Neves centra-se esta sexta-feira nas eleições autárquicas e, em particular, na anunciada ausência…

Politica

João Brito é candidato à secção do PSD de Oliveira do Hospital

O vereador do PSD, no executivo da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, é candidato à Comissão Política de Secção social-democrata oliveirense. João Brito entra na corrida à estrutura com

Informação

Viseu: PJ detém homem suspeito da prática de dois incêndios florestais

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, com a relevante colaboração da GNR, Núcleo de Proteção Ambiental de Viseu, procedeu à detenção…