GNR realiza operação “Residência Segura”

GNR realiza operação “Residência Segura”

image_pdfimage_print

A Guarda Nacional de Republicana (GNR), entre os dias 11 e 15 de março, irá reforçar o patrulhamento junto das zonas residenciais e sensibilizar os cidadãos para que…

… adotem procedimentos de segurança, no sentido de prevenir situações de furto e roubo nas suas residências.

“Os furtos e roubos em residência carecem de uma atenção redobrada por parte da Guarda, não só pela perda dos bens pessoais que acarreta, mas pelo significado que a invasão da esfera privada e dos espaços íntimos dos cidadãos comporta”, refere a GNR em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

A GNR refere ainda que “apesar dos crimes de furto e roubo em residência ocorrerem em diversos períodos do dia e dias da semana, existe uma especial preponderância nos dias úteis e no período da tarde, período este em que as pessoas estão ausentes das suas residências por se encontrarem nos seus empregos.

Em 2018, a GNR, registou 175 situações de roubos em residências, dos quais, cerca de 61% visaram pessoas idosas, decorrendo um trabalho contínuo de georreferenciação das residências mais isoladas, o que permite otimizar e direcionar o patrulhamento de proximidade, assim como melhorar a capacidade de resposta em caso de ocorrência. No ano transato, verificou-se que, dos cerca de 6 900 furtos ocorridos em interior de residência, 32% tiveram origem em mero descuido dos proprietários.

“Sendo a segurança uma responsabilidade de todos, é importante a adoção de comportamentos preventivos para contribuir para a redução desta criminalidade, tais como: não abra a porta de sua casa, nem a do prédio, sem ter a certeza quem são as pessoas; quando sair de casa, feche bem todas as janelas e tranque sempre as portas e portões de acesso, guarde num local seguro todas as cópias das chaves da sua residência, coloque um óculo e uma corrente de segurança na sua porta, durante a noite, mesmo estando em casa, tranque todas as janelas e portas, não deixe escritos na porta, janela ou caixa do correio, que indiciem a sua ausência, não deixe acumular correspondência na caixa do correio e coloque na mesma uma fechadura segura, aos moradores do rés-do-chão e do 1.º andar, recomenda-se a instalação de sistemas de segurança nas janelas; ilumine bem todas as entradas, se notar presenças estranhas nas redondezas da sua casa, tente confirmar as suas suspeitas. Em caso de dúvida, ligue para a GNR”, refere.

Caso se confronte com um assaltante em casa, a GNR recomenda a que “ tente manter a calma, não discuta, nem o confronte. Procure memorizar as suas feições e a roupa que traz vestida,  para as descrever às autoridades. E, principalmente, não reaja!”.

“Tenha sempre à mão os números de telefone do posto da GNR da área da sua residência. Em caso de emergência, ligue o 112”, acrescenta.

A GNR,  com o empenhamento das suas Secções de Prevenção Criminal e Policiamento Comunitário, da sua estrutura de Investigação Criminal e dos militares afetos aos Postos Territoriais, irão promover o contacto direto com os cidadãos, distribuindo um folheto alusivo à operação “Residência Segura”, o que certamente contribuirá para um aumento do sentimento de segurança, proximidade e confiança na população.

Previous Pulseira eletrónica para homem que ameaçava de morte a ex-mulher
Next Arganil: PSD destaca apoio a Paulo Leitão que foi eleito presidente da Comissão Politica Distrital do PSD

Artigos Relacionados

Informação

Paulo Marques tem mais de 150 animais a seu cargo. Já cuidou de muitos mais…

Neste dia Mundial do Animal, a Rádio Boa Nova foi falar com Paulo Marques, um oliveirense que não esconde a enorme paixão pelos seus amigos de duas e quatro patas.

Última Hora

Politécnico de Coimbra inaugura Centro Cultural Penedo da Saudade

O Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) vai inaugurar Centro Cultural Penedo da Saudade, no próximo dia 18 de janeiro, pelas 17h00.

Destaque

Tribunal de Coimbra vai julgar homem que abusou da mãe em Fiais da Beira, Oliveira do Hospital

O Tribunal de Coimbra vai julgar um homem de 53 anos que, em fevereiro do ano passado, terá abusado da mãe, uma mulher de 70 anos, na sua casa em

Região

Proteção Civil alerta para precipitação, neve, vento e agitação marítima

No seguimento de contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, a Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alerta para o agravamento das condições meteorológicas…

Última Hora

Seia: Feira do Queijo Serra da Estrela com inscrições abertas

A Câmara Municipal de Seia realiza, na altura do Carnaval, mais uma edição da Feira do Queijo. A 42ª Feira do Queijo decorre, como vem sendo habitual, ao longo de

Informação

11 detenções, 591 infrações e 69 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 3 a 9 de julho, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Última Hora

Centenas de escolas fechadas no país devido a manifestação dos trabalhadores em funções públicas

Centenas de escolas de norte a sul do país estão encerradas por causa do pré-aviso de greve emitido pelos dos sindicatos dos trabalhadores em funções públicas…

Informação

PSD acusa presidente da Câmara de “falsear” os oliveirenses sobre o IC6

O PSD de Oliveira do Hospital não poupa o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, e o seu executivo sobre a “festa” em volta da

Programas

A Escola e o Meio na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 22 de dezembro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 11.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Destaque

Cinco viaturas assaltadas enquanto decorria velório em Aldeia de Nogueira

Pelo menos quatro viaturas foram assaltadas, no início da tarde da passada sexta-feira, dia 20 de abril, na localidade de Aldeia de Nogueira, numa altura em que a população participava

Informação

CIM da REgião de Coimbra promove Expo | Empresas, Artes e Ofícios em Condeixa-a-Nova

A Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM RC), promove amanhã, dia 26 de maio, a Expo | Empresas, Artes e Ofícios, na Praça da República, em Condeixa-a-Nova.

Última Hora

Grupo CIMA nega fecho de centros de inspeção baseado em providência cautelar

O grupo dono dos centros de inspeção em Sines, Seia, Castelo Paiva e Ponte de Lima garante que estes não vão fechar, como anunciou hoje o Instituto da Mobilidade e