Fogo em Soure consumiu 1.400 hectares e afetou pastagens e olivais

Fogo em Soure consumiu 1.400 hectares e afetou pastagens e olivais

O incêndio em Soure, distrito de Coimbra, que foi dado como dominado hoje de madrugada, consumiu 1.400 hectares e afetou olivais, assim como pastagens essenciais para 4.000 cabeças de gado do concelho, disse à agência Lusa o presidente do município.

O incêndio que começou na segunda-feira terá consumido 1.400 hectares, dos quais 100 no concelho de Penela e cerca de 50 no concelho de Condeixa-a-Nova, tendo sido Soure o principal município afetado pelas chamas, afirmou o presidente Mário Jorge Nunes.

O incêndio consumiu cerca de 400 hectares de olival, 200 dos quais “de castas e variedades recentes que se encontravam em plena laboração”, e muita zona de pastagem “essencial para 4.000 cabeças” de ovelhas e cabras das localidades de Cotas, Degracias, Ramalheira, Quatro Lagoas e Vale Centeio, sublinhou o autarca.

Mário Jorge Nunes referiu que três anexos com algumas alfaias agrícolas foram afetados pelas chamas, mas não há qualquer registo de habitações destruídas pelas chamas ou de perda “de uma única cabeça de gado”.

De momento, a situação mais preocupante para o município é a falta de pastagens para as 4.000 cabeças de gado que alimentam a produção de queijo, nomeadamente de uma queijaria situada em Cotas, que produz queijo do Rabaçal, e que “tem obtido primeiros prémios a nível nacional”. A erva-de-santa-maria, que dá o sabor e características do queijo daquela região, “desapareceu” com as chamas, constatou o presidente da Câmara de Soure, considerando que a produção de queijos poderá sair afetada do incêndio.

“Estamos agora a estudar a possibilidade de mandar comprar palha e feno para não faltar alimento ao gado”, avançou Mário Jorge Nunes, referindo que também será feito um “inventário para se saber quais as necessidades dos agricultores”.

As localidades afetadas pelo incêndio são maioritariamente habitadas por população idosa “que encontra no pastoreio e no olival uma fonte de rendimento complementar às suas pequenas reformas. Esse rendimento deixa de existir para já”, constatou o autarca.

Para além das zonas de pastagem e olival, o incêndio também consumiu “algumas explorações agrícolas e manchas de pinheiro e de eucaliptos”, informou. “Lamenta-se a grande área ardida, mas deve ressalvar-se que foram salvas todas as habitações que estiveram em risco na Ramalheira, Degracias e Quatro Lagoas”, salientou Mário Jorge Nunes.

O incêndio em Soure começou na segunda-feira, pelas 15:30, tendo chegado a ter três frentes ativas.

Previous Novo ano letivo arranca com 2441 alunos e de olhos postos no sucesso educativo (com vídeo)
Next IP lança concurso para arranjo de estrada em Teixeira de Cima (Seia)

Artigos Relacionados

Região

Município de Tábua assina contrato de execução de empreitada na União de Freguesias Pinheiro de Côja / Meda de Mouros

O Município de Tábua assinou hoje o contrato para a execução da empreitada de “Construção do Sistema de Drenagem de Águas Residuais de…

Sociedade

Oliveira do Hospital dedica o mês de junho à Igualdade

O Município de Oliveira do Hospital, através da equipa “Igualdade Local: Cidadania Responsável” vai dedicar o mês de junho à promoção da igualdade de género, com um programa diversificado, …

Desporto

FCOH e Condeixa não dão tréguas na luta pela subida de divisão

A luta pela subida no Campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra continua ao rubro. A faltarem apenas duas jornadas para o término da época, o

Opinião

“Ca$h Resto Z€ro” com olhar sobre 31º aniversário da Rádio Boa Nova

No habitual espaço de opinião na Rádio Boa Nova – Ca$h Resto Z€ro- Vítor Neves convida a um olhar para a Rádio Boa Nova e para o 31º aniversário.

Informação

Nuno Alves é o candidato do CDS-PP à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Nuno Alves, presidente da Concelhia do CDS-PP de Oliveira do Hospital, é candidato da coligação liderada por aquele partido à Câmara Municipal oliveirense.

Região

“Instrumentos musicais de todo o mundo” em exposição no Museu do Brinquedo

O Museu do Brinquedo, em Seia, tem  patente ao público a exposição temporária “Instrumentos musicais de todo o mundo”.

Informação

Vento e chuva colocam dez distritos do continente sob aviso amarelo

Dez distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, vento e agitação marítima, segundo o Instituto Português do Mar e da

Última Hora

Município de Tábua  assinala os 150 Anos do nascimento de Camilo Pessanha

O Município de Tábua irá assinalar os 150 anos do nascimento do poeta com raízes tabuenses, Camilo Pessanha, no próximo dia 9 de setembro, …

Última Hora

Virgílio Ribeiro & Costa “ganha força” com nova e moderna exposição de mobiliário

A empresa Virgílio Ribeiro & Costa, de Oliveira do Hospital, inaugura no próximo sábado, 18 de junho, o renovado espaço de venda ao público, apostando numa ampla…

Informação

Atleta oliveirense sagra-se campeão nacional de atletismo

O jovem atleta José Carlos Pinto, de Lagares da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, venceu o Campeonato de Portugal de Atletismo 2018, na distância de 800 metros,…

Informação

Mostra “Da Nossa Terra” realiza-se este sábado no Mercado Municipal

A Mostra de Produtos Biológicos e Agrícolas em Modo de Produção Tradicional de Oliveira do Hospital – “Da Nossa Terra” realiza-se no próximo sábado, …

Última Hora

Proteção Civil emite aviso à população por perigo de incêndio

Devido às condições meteorológicas previstas para as próximas horas, a Proteção Civil coloca em risco de incêndio nível muito levado e máximo na generalidade dos municípios do Norte e Centro,…