“Fizemos as 15 Memórias do Fogo mas podíamos ter realizado as 15 mil Memórias do Fogo”

“Fizemos as 15 Memórias do Fogo mas podíamos ter realizado as 15 mil Memórias do Fogo”

“15 Memórias do Fogo”, uma websérie produzida e realizada pelo oliveirense Tiago Cerveira e pelo arganilense Rodrigo Oliveira, chega ao fim depois de exibidos 15 episódios que retratam “histórias verdadeiras e reais” sobre a tragédia do grande incêndio de outubro.

Tiago Cerveira foi “desafiado” por Rodrigo Oliveira para iniciar este projeto, uma vez que “a imprensa esteve no local durante algum tempo, mas depois foi-se afastando”. “Nós percebemos que o assunto para ser discutido tinha que estar sempre na ordem do dia. Achámos que tínhamos que dar um contributo para esta causa. É um contributo nosso, enquanto cidadãos, para levar este tema mais longe possível, com histórias verdadeiras e reais desta tragédia”, revelou à Rádio Boa Nova.

Quanto ao elevado número de visualizações conseguidas por esta websérie, o realizador oliveirense refere que “teve impacto porque a área territorial dizimada pelo fogo foi enorme e são milhares e milhares de pessoas que têm ligação com este fogo”. “Nós fizemos as 15 Memórias do Fogo mas podíamos ter realizado as 15 mil Memórias do Fogo”, afirmou.

No conjunto dos episódios, o objetivo era “ouvir pessoas que representassem grupos, isto é, alguém que representasse empresários, associações, pastores, agricultores, entre outros”, tal como explica Tiago.

Passados nove meses do lançamento do primeiro episódio, o sentimento é de satisfação no que respeita ao impacto das histórias. “Estamos satisfeitos, porque a mensagem chegou longe e esse era o objetivo primário da realização. Não estamos é satisfeitos porque muitos problemas que foram levantados durante a série ainda continuam a persistir. Estamos a quase um ano do 15 de outubro e ainda há muito para fazer” disse.

À Rádio Boa Nova, Tiago referiu ainda que o sensacionalismo nunca fez parte do guião. “Podíamos entrevistar realmente pais que perderam filhos, filhos que perderam pais, mas optámos por não fazer isso. Quisemos bater com os problemas de frente mas terra a terra, cara a cara. O nosso guião era questionar «Como é que foi o seu 15 de outubro?» e, a partir daí, a conversa fluía”, explicou.

Tiago Cerveira e Rodrigo Oliveira, ambos jovens profissionais na área da comunicação que presenciaram o grande incêndio, abraçaram o projeto “sem qualquer apoio monetário”. “Privámos da nossa vida familiar e profissional. É difícil, mas ao mesmo tempo, não há nada melhor que estarmos de consciência tranquila, porque fizemos alguma coisa para inverter isto que nos aconteceu”.

Com o projeto “15 Memórias do Fogo” bem conseguido, Tiago adiantou à Rádio Boa Nova que, “no imediato” vão “fazer uma versão para lançar nos festivais internacionais de cinema”. O objetivo é “continuar a meter este tema na agenda, seja em Portugal, seja no estrangeiro porque, afinal de contas, este foi o maior incêndio de 2017”.

“Em breve, no dia 15 de outubro, ou junto dessa data, vamos fazer a sessão de inauguração de um outro trabalho que ainda não posso revelar”, concluiu Tiago Cerveira.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous Oliveira do Hospital: 9 detidos, 35 identificados e 366 doses de droga apreendidas no Festival “Insomnia”
Next 26ª Volta a Portugal do Futuro Liberty Seguros inicia amanhã

Artigos Relacionados

Região

Dois homens e mulher detidos no Sátão por suspeita de tráfico de estupefacientes

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Mangualde, deteve, no dia 16 de junho,  …

Última Hora

Jovem de 17 anos foi detido por suspeita de fogo posto

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um jovem estudante de 17 anos, suspeito de ter ateado três incêndios em Alpedrinha, concelho do Fundão, distrito de Castelo Branco.

Programas

 “Mini repórteres” da Rádio Boa Nova partiram à descoberta da gastronomia local

No âmbito do programa “Férias Ativas”, as crianças voltam a ser “Mini Repórteres” na Rádio Boa Nova numa parceria com o Município de Oliveira do Hospital.

Última Hora

Mais de 50 concelhos do país em risco máximo de incêndio

Mais de 50 concelhos de dez distritos de Portugal continental apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Informação

Fogo que começou na sexta-feira na Pampilhosa da Serra já foi dominado

O incêndio que deflagrou na sexta-feira à noite na Pampilhosa da Serra, distrito de Coimbra, foi considerado dominado hoje pouco depois das 11h00,…

Informação

Rodrigues Gonçalves anunciou que não se vai recandidatar por “perda de confiança” do Partido Socialista  (Notícias atualizada)

António Rodrigues Gonçalves, presidente da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, comunicou na sexta feira ter colocado…

Última Hora

Banco Alimentar promove nova campanha de recolha de alimentos este fim de semana

“É bom saber que ainda há desejos que podemos tornar realidade” é o mote de mais uma campanha de recolha de alimentos do Banco Alimentar que acontece este fim de

Última Hora

Rio de Mel: Habitantes da “Aldeia dos Sonhos” vão passear este fim de semana ao Porto

Os residentes na aldeia de Rio de Mel, Oliveira do Hospital, vão passar o fim de semana no Porto e Viana do Castelo, no âmbito do projeto “Aldeia das Sonhos”

Última Hora

Confraria do Queijo Serra da Estrela presta homenagem a Manuel Leal Freire no 28º capítulo     

  A Confraria do Queijo Serra da Estrela vai homenagear o seu Grão Mestre, Manuel Leal Freire, por ocasião do 28º Capítulo, que se realiza no dia 11 de março…

Última Hora

Equipa de Ciclismo AMPQ Gomark termina época com bons resultados

A equipa de ciclismo da Associação de Melhoramentos da Póvoa das Quartas (AMPQ) Gomark termina época com 30 lugares no pódio.

Última Hora

Pedrógão Grande: sobe para 16 o número de arguidos

A Procuradoria da Comarca de Leiria anunciou hoje que aumentou para 16 o número de arguidos no inquérito que investiga os incêndios de junho de 2017 em Pedrógão Grande, que

Região

Góis: Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa prepara projetos de recuperação de casas ardidas

A Faculdade de Arquitetura da Universidade de Lisboa procede, em Góis, aos trabalhos de levantamento e recolha de informação necessária para a elaboração dos projetos, …