Festival de Folclore da Beira Serra acontece há 39 anos em S. Paio de Gramaços (com vídeo)
10 Julho, 2019 1851 Views

Festival de Folclore da Beira Serra acontece há 39 anos em S. Paio de Gramaços (com vídeo)

image_pdfimage_print

O Rancho Folclórico Sampaense, de S. Paio de Gramaços, conta com 42 anos de atividade e há 39 anos que promove o Festival de Folclore da Beira Serra.

Nos dias 12 e 13 de julho, o pavilhão Serafim Marques volta a ser palco do evento, que conta com quatro ranchos convidados.

O Grupo Folclórico de Centro de C. De Abitureiras (Ribatejo/Santarém), Rancho Folclórico da Casa do Povo de Angeja (Beira Litoral/ Albergaria-a-Velha), Grupo Folclórico de Santa Eulália de Barrosa (Entre Douro e Minho/ Vizela) e Rancho Regional de Fânzeres (Douro Litoral/ Gondomar), são os grupos que no sábado , dia 13 de julho, se associam ao Rancho Folclórico Sampaense para a 39ª edição do Festival de Folclore da Beira Serra.


Manuel Mendes, presidente da direção do Rancho de S. Paio de Gramaços, referiu, esta manhã, na Rádio Boa Nova que está tudo preparado para “recebermos muita gente da região”. Segundo o responsável, que dirige o Rancho nos últimos 40 anos, o Festival pretende “representar as várias regiões do país, com trajes e danças diferentes”. No caso do Rancho Folclórico Sampaense, Manuel Mendes, explicou que se trata de um “rancho da Beira Alta que representa danças, usos e costumes das suas terras”. “Procuramos representar dignamente a Beira Alta Serrana, que é a zona onde estamos inseridos. No rancho, cada traje tem a sua função: os mordomos, os romeiros, os trabalhadores, os canastreiros e cesteiros, noivos… Tudo isso são trajes que nós recolhemos e apresentamos”, explicou.

Com 42 anos de existência, o Rancho Folclórico Sampaense integra a Federação do Folclore Português (FFP). “Fomos os primeiros (do concelho) a entrar na FFP, o que é resultado de trabalho feito”, contou Manuel Mendes que é membro do Conselho Técnico da Beira Alta Serrana da FFP, a quem cabe “avaliar e ajudar” os ranchos da região para que cumpram com os requisitos. “Os grupos têm que ser por nós aconselhados para que sejam dignos representantes da sua região”, contou.

Com 82 anos, Manuel Mendes é o elemento que há mais anos integra (no ativo) o Rancho Folclórico Sampaense. Na Rádio Boa Nova, o responsável referiu que o grupo conta com cerca de 40 elementos. “Temos tido bastante sorte com os elementos. Pessoas com educação, compreensão e ativos”, verificou, contando que os ensaios são semanais. “É uma horazinha que ajuda a viver as pessoas. Ficar em casa é bem pior. Assim faz-se convívio e dança-se. Faz melhor dançar do que caminhar”.

Às portas do 39º Festival de Folclore da Beira Serra que começa no dia 12, com os concertos didáticos “MúsicaLinc” e reserva para o dia 13, a partir das 21h30, a noite de Folclore, Manuel Mendes convida “toda a população em geral” a marcar presença. “Vão gostar e sair de lá maravilhados”, assegurou.

Previous ASAE instaurou 19 processos a operadores de “Fast Food”
Next Portugal é o país que mais arde na zona do Mediterrâneo, revela relatório da WWF

Artigos Relacionados

Última Hora

Leiria: Mulher detida por tentativa de homicídio

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, deteve, na madrugada de hoje, uma mulher suspeita de tentar matar o companheiro, no dia de ontem, em

Última Hora

Idosa encontrada sem vida num poço na Tocha

Uma idosa de 91 anos foi encontrada morta num poço, ontem, na freguesia da Tocha, concelho de Cantanhede.

Informação

Alunos visitaram a GNR em Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra, no dia 8 e 18 de março, recebeu a visita do Agrupamento de Escolas Martim de Freitas e da Escola Básica 1 de Penacova.

Educação

Feira do ensino esclarece jovens de Oliveira do Hospital sobre futuro a seguir

Cerca de 20 instituições, entre universidades, escolas profissionais, forças armadas e INEM marcam hoje presença na Feira do Ensino Secundário e Superior que decorre na sede do Agrupamento de Escolas

Informação

Eptoliva bate recorde na entrada de novos alunos

A Eptoliva- Escola Profissional de Oliveira do Hospital, Tábua e Arganil, abriu hoje portas ao novo ano letivo com o recorde de entrada de novos alunos. Entraram cerca de 100

Informação

Drogas e armas apreendidas em bairro de Coimbra

Uma operação conjunta da PSP e da PJ, no bairro do Ingote, em Coimbra, culminou esta terça-feira com vários detidos e a apreensão de armas e doses elevadas de droga.

Sociedade

Homem matou os pais e a avó a tiro e depois suicidou-se em Montemor-o-Velho

Um homem matou ontem os pais e a avó em Montemor-o-Velho com tiros de caçadeira e depois suicidou-se. Operações das forças de segurança prolongaram-se durante a madrugada.

Informação

Carnaval animou Lagares da Beira

O desfile de Carnaval animou, ontem, Lagares da Beira. A 42ª edição do Carnaval da Beira Serra, em Lagares da Beira, promovida pela Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários (AHBV) de Lagares da

Região

Região: Colisão entre viatura ligeira e moto provoca um morto

Uma colisão entre uma viatura ligeira e uma moto provocou hoje um morto em Gatões, Montemor-o-Velho, no distrito de Coimbra.

Educação

“Eptoliva em Ação” resultou na oferta de uma centena de pijamas a Centro de Acolhimento Temporário

No âmbito do 25º Aniversário da Eptoliva, realizou-se a primeira das 25 ações do Projeto “Eptoliva em Ação”.

Última Hora

FCOH 1 – Praiense 1 – Transmissão em direto (Parceria com o FCOH)

Campeonato de Portugal – Série C – 2ª Jornada FCOH empata em casa frente ao SC Praiense, num jogo que merecia mais. O FCOH e a Rádio Boa Nova transmitiram

Informação

Obras na escola continuam paradas. Câmara admite avançar com “rescisão litigiosa”

O presidente do Município de Oliveira do Hospital, José Carlos Alexandrino, disse hoje em reunião pública do executivo, que pondera avançar com a “rescisão litigiosa” …