Feridos dos incêndios do ano passado isentos de taxas moderadoras
14 Maio, 2018 433 Views

Feridos dos incêndios do ano passado isentos de taxas moderadoras

As vítimas dos incêndios de junho e de outubro do ano passado vão passar a estar isentas do pagamento de taxas moderadoras na saúde e a ter dispensa gratuita de medicamentos.

De acordo com o despacho assinado pelos secretários de Estado do Ministério da Saúde e que é hoje publicado em Diário da República, a isenção será válida durante um ano, determinando que pode ser prolongado por solicitação da vítima e depois de reavaliação das autoridades.

Segundo o diploma, as vítimas dos incêndios de junho e outubro de 2017 “têm direito à isenção do pagamento de taxas moderadoras, à dispensa gratuita de medicamentos, produtos tópicos e ajudas técnicas, e à gratuitidade do transporte não urgente associado à realização de prestações de saúde, tratamentos e ou exames complementares de diagnóstico e terapêutica”.

A identificação e validação da condição de vítima dos incêndios florestais cabe às administrações regionais de Saúde (ARS), mediante requerimento dos interessados, segundo o despacho que entra em vigor na terça-feira.

Previous “Origens” volta a animar Travanca de Lagos
Next Tribunal de Contas valida reconstrução de 31 casas em Arganil no valor de 4,2 milhões

Artigos Relacionados

Última Hora

Arganil: Município resolve empréstimo antigo e contrai um novo de 4 milhões

O Município de Arganil pagou, este mês, a última prestação do empréstimo para saneamento financeiro, contraído em 2006 para pagar dívida herdada em outubro de 2005. Entretanto, a autarquia liderada

Última Hora

País: Morreu a jovem internada com sarampo

A jovem de 17 anos que estava internada com sarampo no Hospital D. Estefânia acabou por morrer “na sequência de uma situação clínica infecciosa com pneumonia bilateral”. A rapariga não

Informação

Casa da Obra vai ser convertida em Casa da Memória em Aldeia das Dez

O Solar Pina Ferraz, também conhecido por “Casa da Obra”, localizado em Aldeia das Dez, no concelho de Oliveira do Hospital, vai ser convertido em Casa da Memória.

Informação

Quatro anos de prisão para assaltante de Oliveira do Hospital

O Tribunal de Coimbra condenou um assaltante de Oliveira do Hospital, com residência em Negrelos, a quatro anos de prisão efetiva, por três furtos em, habitações  e numa empresa.

Informação

Vento forte causou estragos em S. Paio, Gouveia

Um episódio de vento forte registado ao final da tarde de ontem, na aldeia de S. Paio, no concelho de Gouveia , provocou quedas de árvores e de muros e

Última Hora

Novo modelo da Peugeot Citröen vai criar 400 novos postos de trabalho em Mangualde

A produção do novo modelo automóvel na fábrica da Peugeot-Citroen de Mangualde, a partir do próximo ano, poderá criar mais 300 postos de trabalho na linha de produção.