Família faz apelo para encontrar homem desaparecido desde os fogos de outubro

Família faz apelo para encontrar homem desaparecido desde os fogos de outubro

Rui Costa, de 49 anos, está dado como desaparecido desde os incêndios de outubro em Folgosinho, no concelho de Gouveia. A família lançou um apelo no Facebook.

Numa publicação, escrita pela sua irmã, Célia Costa, é dito que já foram feitas buscas tanto pelas autoridades como pela família e amigos, mas sem sucesso ou indícios do que possa ter acontecido.

“Na esperança de que tenha fugido, e, eventualmente, esteja em estado de choque, a família publica esta comunicação com o objetivo de fazer chegar o pedido de ajuda ao máximo de pessoas possível nas redes sociais”, lê-se.

Agradecendo a partilha da publicação e o contacto caso alguém tenha alguma informação, a família pede que sejam evitados contactos desnecessários e que se “respeite a dor que a família atravessa neste momento difícil”.

Rui Costa, recorde-se, sofre de perturbações do foro psiquiátrico. Foi visto na noite de dia 15 pela última vez por uma patrulha, quando decorria o processo de retirada de algumas pessoas da aldeia de Folgosinho, devido ao avanço do fogo.

“A GNR avistou-o e pediu-lhe para acompanhar os outros habitantes, porque havia o perigo de o lugar ser atingido pelas chamas e ele desobedeceu, colocou-se em fuga e desapareceu. A patrulha saiu do local com os moradores e o homem nunca mais apareceu”, fez saber, então,  fonte do Comando Territorial da GNR da Guarda.

No dia 16, a GNR deslocou-se à casa do desaparecido e verificou “que estava intacta e que se encontrava lá [no seu interior] o seu telemóvel”.

“Logo nesse dia começaram as buscas pelos militares da GNR, auxiliados por cães pisteiros, e até quinta-feira [dia 19] foi batida a área e não foi detetado qualquer sinal do homem. Apurou-se na altura que ele andava a falar há já algum tempo que queria ir para Lisboa”, observava, à data, a mesma fonte.

Como a GNR não encontrou qualquer vestígio do desaparecido, terminou as buscas e remeteu um auto de notícia para o Tribunal de Gouveia, a dar conta da situação. “Poderá ter ido para Lisboa ou para outro local qualquer, ou poderá não ter ido e ter sido apanhado pelo incêndio, mas não há provas que indiciem que ele possa ter sido apanhado pelo fogo”.

com:noticiasaominuto.com

Previous Iniciados da Académica de Santarém realizaram estágio solidário em Oliveira do Hospital
Next Produtores pecuários afetados pelos fogos isentos de pagar registo animal

Artigos Relacionados

Última Hora

Proteção Civil emite alerta à população

De acordo com os dados relativos às condições climatéricas disponibilizada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera, prevê-se para as próximas 48 horas um agravamento das condições meteorológicas.

Sociedade

Rui Esteves será o novo comandante nacional operacional da Proteção Civil.

Rui Esteves, até aqui o responsável e líder da Proteção Civil distrital de Castelo Branco, vai agora substituir no cargo José Manuel Moura, que liderava a Proteção Civil já desde

Destaque

GNR: 23 detenções, 600 infrações e 65 acidentes no distrito de Coimbra

A primeira semana do novo ano, de 1 a 7 de janeiro, ficou marcada por 23 detenções, 600 infrações e 65 acidentes nas estradas do distrito de Coimbra.

Sociedade

Agrupamento de Escolas promove debate sobre Fátima que vai ser transmitido pela Rádio Boa Nova

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital realiza, no dia 28 de abril, pelas 18h00, o debate «O sol bailou ao meio dia»?! Fátima, fé e História… 100 anos depois»,

Última Hora

Seia organiza semana dedicada ao turismo

A Câmara Municipal de Seia inicia, no dia 8 de maio, uma semana dedicada ao Turismo, com o fórum “Turismo: Estratégias e Incentivos”, um espaço de debate destinado a agentes

Região

Filarmónica de Coja realiza jantar solidário para repor instrumentos destruídos em explosão de Gondelim (com áudio)

A Associação Filarmónica Pátria Nova de Coja está a promover a realização de um jantar solidário, de angariação de fundos, destinado à aquisição dos instrumentos destruídos na explosão em…

Última Hora

Laço azul e caminhada sensibilizam para a infância e o ambiente em Oliveira do Hospital (com vídeo)

Perto de três centenas de crianças do pré escolar do concelho de Oliveira do Hospital participaram na formação do Laço Azul Humano, com o objetivo de sensibilizar para a prevenção

Informação

ANCOSE quer repor “60 a 70 por cento” dos animais perdidos no ano passado na região

A Associação Nacional de Ovinos da Serra da Estrela (ANCOSE) já procedeu à entrega de 400 borregas aos pastores que perderam animais no grande incêndio, e espera chegar às “800

Desporto

Confira os resultados desportivos do fim-de-semana

Na 18ª jornada da Série C do Campeonato Nacional, disputada ontem, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital conquistou um ponto na sua caminhada após um empate sem golos frente

Informação

Incêndio deflagrou na Câmara de Mortágua devido a caldeira de aquecimento

Um incêndio deflagrou, na tarde de quarta-feira, na Câmara Municipal de Mortágua.

Vídeos

Entregues mais três casas no concelho oliveirense. “Na região, cerca de 55% estão concluídas e pagas”

Foram entregues mais três habitações que foram destruídas pelo grande incêndio de 2017, no concelho de Oliveira do Hospital. “Na região Centro, das cerca de 800 habitações incluídas no programa

Última Hora

Góis: Secretária de Estado da Justiça faz balanço do Balcão Único do Prédio por ocasião das comemorações do 25 de abril

A Secretária de Estado da Justiça, Anabela Pedroso, participa amanhã nas comemorações do 44º aniversário do 25 de abril, em Góis, aproveitando o momento para fazer …