FACIT 2019 pretende “promover as empresas e as freguesias”

FACIT 2019 pretende “promover as empresas e as freguesias”

image_pdfimage_print

O Município de Tábua, em parceria com a ADI- Agência para o Desenvolvimento Integrado de Tábua e Oliveira do Hospital, apresentou, na passada terça-feira, o cartaz referente à Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Tábua (FACIT) que,…

…este ano, decorre de 26 a 30 de junho no Pavilhão Multiusos da vila e pretende “promover as empresas e as freguesias”.

Na apresentação da FACIT 2019, Mário Loureiro, presidente do Município de Tábua, referiu que esta edição é “diferente” pois o objetivo é “melhorar todos os anos”. “É para isso que trabalhamos e aqui estamos motivados”, assegurou aos jornalistas.

Para o autarca, a FACIT pretende “dar a possibilidade de desfrutar daquilo que o Município pode oferecer”, isto é, “promover as empresas e as freguesias, consolidando com noites de espetáculo musical. “Queremos que o concelho de Tábua tenha cinco dias de promoção, de mensagem para o exterior e de realização”, afirmou Mário Loureiro que considera o concelho que lidera, um “concelho forte, com capacidades empresariais, com qualidade de vida, com beleza natural e com emprego”.

Na ocasião, Ricardo Cruz, vice-presidente da Câmara Municipal de Tábua e responsável pela organização da FACIT, referiu que a data do certame “já começa a ficar fidelizada”, “naquilo que são as estratégias de promoção do Município de Tábua”.

“Achamos que o programa tem sempre o cuidado de combinar aquilo que são as três áreas fundamentais: as expectativas do visitante, as expectativas dos expositores e os artistas”, referiu, dando conta que o modelo deste ano “mantém-se com dois dias de entrada grátis” e os restantes dias com entradas pagas com diferentes valores, sendo que “crianças dos zero aos 12 anos, inclusive, têm entradas gratuitas”. O bilhete geral da FACIT 2019 tem o custo de seis euros e pode ser adquirido na Ticketline, de forma a “evitar filas”.

Segundo o responsável, “houve um cuidado no programa”, proporcionando uma “programação com gostos musicais e sonoridades para todas as faixas etárias”.

Esta edição da Feira Agrícola, Comercial e Industrial de Tábua, que abre portas já no dia 26 de junho, conta com inúmeras novidades. “Espaço Meet Up” é uma delas e pretende ser um espaço de conversação mais reservado para facilitar troca de ideias entre empresas e clientes, por exemplo. Em parceria com a Eco-festas, a SuperBock e o Planalto Beirão, a FACIT 2019 será mais amiga do ambiente, recorrendo, para isso, à utilização de copos reutilizáveis, de forma a “não produzir resíduos”. Quanto à restauração, esta ficará a cargo de associações locais das várias freguesias que constituem o concelho de Tábua.

E como a FACIT é para ser usufruída por todos, estarão ao dispor espaços infanto-juvenis, como o espaço animal e insufláveis para os mais novos. Para além disso, as pessoas com necessidades de mobilidade e grávidas, terão acesso a um espaço reservado em frente do palco principal.

Para José Francisco Rolo, presidente da ADI, as expetativas estão elevadas. “Quase uma centena e meia de expositores demonstra a pujança e o dinamismo do tecido económico e empresarial de Tábua”, defendeu, realçando que a feira, “para além de mostrar as potencialidades das empresas, quer mostrar a riqueza, a diversidade cultural, mas também económica e social de cada uma das freguesias”.

“A FACIT tem os ingredientes conjugados para ser um evento de sucesso para promover a região da Beira Serra, o interior e a região de Coimbra”, concluiu.

No primeiro (27 de junho) e último (30 de junho) dias, o certame tem entradas gratuitas. Nos dias 27 e 28 de junho, o custo de bilheteira é de 2,50 euros. O valor mais elevado é praticado no dia 29 de junho, com o preço de bilhete de três euros.

Previous Região: Apreendida quase uma tonelada de ostra no valor de 9.500 euros
Next Eurodeputado Álvaro Amaro constituído arguido na operação “Rota Final”

Artigos Relacionados

Informação

Confira os resultados desportivos do fim-de-semana

A 23ª jornada da Série C do Campeonato Nacional ditou, ontem, derrotas para o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) e para a Associação Desportiva Nogueirense.

Região

Guarda: Explosão causa um ferido ligeiro

Uma explosão ocorrida hoje no edifício de uma coletividade do concelho da Guarda provocou um ferido ligeiro.

Destaque

“Há Festa na Zona Histórica” arranca hoje em Oliveira do Hospital

A habitual festividade que marca os Santos Populares, designada “Há Festa na Zona Histórica”, arranca hoje em Oliveira do Hospital.

Região

PJ deteve três suspeitos de tráfico em Coimbra

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, identificou e deteve três homens pela presumível prática do crime de tráfico de estupefacientes.

Cultura

Orquestra comunitária junta 200 músicos de 19 municípios da Região de Coimbra

A orquestra comunitária NÓS 19, criada pelo programa Coimbra Região de Cultura, vai atuar no próximo sábado, 12 de janeiro, às 21h30, no Convento São Francisco.

Última Hora

Incêndio em habitação desalojou três pessoas em Loriga

Um casal e dois filhos menores ficaram desalojados ontem de manhã, na sequência de uma incêndio de habitação, que ocorreu em Loriga, no concelho de Seia.

Informação

Incêndio destruiu novo setor da fábrica da Roca em Cantanhede

Um incêndio que deflagrou ontem, cerca das 19h12, destruiu o setor mais recente da fábrica de torneiras da Roca, localizada na Zona Industrial de Cantanhede.

Última Hora

Piódão entre as aldeias portuguesas vencedoras das Sete Maravilhas

As aldeias de Dornes, Sistelo, Fajã dos Cubres, Piódão, Castelo Rodrigo, Monsaraz e Rio de Onor foram as vencedoras do concurso Sete Maravilhas de Portugal.

Última Hora

Colisão em Nelas faz três feridos, dois em estado grave

Uma colisão na Estrada Nacional 231, em Nelas, provocou ferimentos em três pessoas, sendo que dois dos feridos foram considerados feridos graves, …

Informação

Piódão promove simulacro de evacuação

Decorre no próximo dia 8 de junho um simulacro de evacuação da aldeia do Piódão, inserido no âmbito dos programas “Aldeia Segura” e “Pessoas Seguras”.

Politica

CDS-PP ‘pisca o olho’ a José Carlos Alexandrino

Com as eleições autárquicas quase à porta, o CDS-PP  dirigiu um verdadeiro “piscar de olho” ao atual presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital. José Carlos Alexandrino assegurou não

Informação

Município de Oliveira do Hospital vai cadastrar sistemas de abastecimento de água e saneamento de águas residuais

O Município de Oliveira do Hospital vai cadastrar – através de um sistema de informação georeferenciado – todas as infraestruturas existentes…