“Este é o dia mais dramático de Oliveira do Hospital”

“Este é o dia mais dramático de Oliveira do Hospital”

É trágico o balanço que resulta do forte incêndio que no domingo afetou o concelho de Oliveira do Hospital, considerando o….

… presidente da Câmara que foi o “dia mais dramático” da história do concelho.

Cerca de 98 por cento da floresta do concelho foi dizimada por um incêndio de grandes dimensões. “Isto foi um furacão autêntico”, constata José Carlos Alexandrino a propósito de “uma coisa medonha” em que “não há palavras que expliquem”. Num primeiro momento a preocupação  foi proteger as habitações, mas depressa se passou para o plano de defender as pessoas, obrigando à evacuação de centenas de oliveirenses. “Fizemos o que era possível e o impossível. Mas, não foi o suficiente para evitar as oito mortes”, lamenta o autarca, que ainda assim realça as “muitas vidas” que foram salvas pela ação dos bombeiros, sapadores e todos os elementos afetos à Proteção Civil Municipal. “Poderia ter sido uma catástrofe pior que a de Pedrógão”, entende ainda o autarca, para quem o dia 15 de outubro foi “o pior” da história do concelho.

O incêndio causou a destruição de 200 habitações, sendo que mais de metade correspondem a primeira habitação, assim como a morte de mais de três mil ovinos, cavalos e vacas e 3500 perdizes. Várias habitações mantêm-se sem água, nem luz.

À tragédia somam-se ainda várias unidades industriais destruídas. “Poderá ultrapassar as 400 pessoas sem trabalho”, refere o autarca que acredita na recuperação daqueles espaços, por via do esforço dos empresários, com o apoio do Município, de mecanismos do governo e fundos comunitários. “Integraremos as pessoas nas Juntas de freguesia e Câmara Municipal”, admite o autarca até que os empresários recuperem as suas unidades. “Acredito na dinâmica dos empresários de Oliveira do Hospital. Não são homens de desistir e nós não vamos desistir do nosso concelho”, assegura o autarca.

Previous Presidente da República visitou Oliveira do Hospital por causa dos incêndios e fez comunicação ao país
Next Falso alarme gerou pânico total na cidade de Oliveira do Hospital

Artigos Relacionados

Região

Tempestade Leslie: Governo alarga apoios a mais oito concelhos na região

A tempestade Leslie atingiu a região Centro do país nos dias 13 e 14 de outubro, provocando estragos em diversas explorações agrícolas.

Última Hora

Carregal do Sal: Jovem de 20 anos detido com 94 doses de haxixe

Um jovem de 20 anos foi detido pela GNR em Carregal do Sal por tráfico de droga.

Informação

Penacovense Rui Coimbra é campeão nacional de pesca

Rui Coimbra, 42 anos, natural de Penacova, sagrou-se este fim-de-semana Campeão Nacional individual de pesca desportiva em água doce, na última prova da primeira divisão nacional.

Educação

Município de Tábua entrega flautas aos alunos do 1º Ano

No âmbito das Atividades de Enriquecimento Curricular, Ensino da Música, o Município de Tábua procedeu à entrega simbólica das flautas de bisel aos alunos do 1º ano de escolaridade.

Sociedade

CISE promove caminhada na neve

Caminhar sobre a neve e apreciar a beleza única da natureza e paisagem na montanha mais alta de Portugal Continental é a proposta do CISE – Centro de Interpretação da

Região

Coimbra chumba proposta que defendia ligação para Viseu em autoestrada

A Câmara de Coimbra chumbou ontem uma proposta do movimento Somos Coimbra e da coligação Mais Coimbra para que o município defendesse a construção da autoestrada entre Coimbra e Viseu.

Região

Homem encontrou cannabis quando apanhava míscaros no concelho de Oliveira do Hospital

Um homem encontrou um porta sacos com mais de dois quilos de cannabis, quando procedia à apanha de míscaros na localidade de Pinheirinho, freguesia de Lourosa, no concelho de Oliveira

Região

Rotary Clube de Oliveira do Hospital homenageia Luís Falcão de Brito

O Rotary Club de Oliveira do Hospital vai distinguir Luís Falcão de Brito, na Cerimónia de Homenagem ao Profissional, no próximo dia 10 de fevereiro de 2018, pelas 19h30,…

Informação

Mangualde: Homem morre atingido por uma árvore

Um homem, com cerca de 35 anos, morreu atingido por uma árvore na manhã de sábado, 24 de novembro, em Mangualde, no distrito de Viseu.

Última Hora

Relatório sobre fogos de outubro é entregue hoje no Parlamento

O relatório de análise aos incêndios de outubro de 2017, produzido pela comissão técnica independente, que integra 12 peritos e que é liderada pelo professor universitário João Guerreiro, vai hoje

Destaque

Carnaval da Beira Serra sai pelas ruas de Lagares da Beira “seja a chover ou a nevar”

Em Lagares da Beira ultimam-se os preparativos  para o Carnaval da Beira Serra. O momento alto está reservado para a tarde de terça-feira, dia 28,…

Educação

Projeto “Heróis da Fruta” quer chegar a todas as escolas do município

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital é parceira da 6ª edição do projeto “Heróis da Fruta – Lanche Escolar Saudável”, o maior programa gratuito de educação para a saúde