Estado investe 560 mil euros na recuperação da Mata da Margaraça

Estado investe 560 mil euros na recuperação da Mata da Margaraça

image_pdfimage_print

O Estado vai investir 560 mil euros nos próximos três anos na recuperação da Mata da Margaraça, em Arganil, que integra a Paisagem Protegida da Serra do Açor e que foi destruída pelos incêndios.

Luís Paulo Costa, presidente do Município de Arganil entende que “este projeto tem muito a ver com a reconversão de povoamentos florestais em que predominavam as espécies autóctones”, antes dos fogos de 2017.

Com uma área de 68 hectares, a mata constitui “uma das raras amostras ainda existentes da vegetação natural das encostas xistosas da região Centro de Portugal, tal como existiria há séculos, e evidencia-se bem na paisagem alterada pelos fogos florestais da Serra do Açor”, salienta uma resolução do Conselho de Ministros, publicada esta semana no Diário da República.

O programa de recuperação da área ardida da Serra do Açor vai ser concretizado pelo Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), com apoio do município de Arganil, no distrito de Coimbra, que tem a responsabilidade de promover a participação dos pequenos proprietários da freguesia da Benfeita, um trabalho que conta com a ajuda de organizações locais.”O sucesso do projeto depende muito do envolvimento dos privados”, sublinhou Luís Paulo Costa.

Na área protegida da Serra do Açor, com uma extensão de 373 hectares, “encontram-se dois sítios de especial interesse: a Mata da Margaraça e a Fraga da Pena”, refere a resolução do Conselho de Ministros.

“O interesse na proteção, conservação e gestão deste território está sublinhado pelo facto de incluir a Mata da Margaraça, que integra a Rede de Reservas Biogenéticas do Conselho da Europa e por ser considerado um Sítio de Importância Comunitária, o Complexo do Açor (PTCON00051), no âmbito da Rede Natura 20002”, salienta.

Luís Paulo Costa realçou a necessidade de reflorestar as áreas ardidas com árvores e arbustos da primitiva flora lusitana, impedindo ao mesmo tempo a propagação de espécies exóticas e invasores, com destaque para o eucalipto e a mimosa.

O autarca do PSD defendeu uma maior divulgação da Mata da Margaraça, com a Câmara Municipal de Arganil a apostar na sensibilização da comunidade para a sua preservação, objetivo em que as escolas do concelho têm vindo igualmente a empenhar-se nos últimos anos.

Além da aquisição de uma viatura e diverso equipamento, o projeto inclui a contratação de cinco pessoas para executar as ações, designadamente nos domínios da prevenção, como gestão de faixas de combustível, recuperação e abertura de acessos, valorização e recuperação de habitats naturais, vigilância no combate a incêndios e operações de rescaldo. A iniciativa é financiada com verbas do Fundo Ambiental e do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

com:lusa.pt

Previous SRCentro da Ordem dos Enfermeiros entregou Prémios de Equipa do Ano 2018
Next Jovens estrangeiros querem atrair mais pessoas para a região do Pinhal Interior

Artigos Relacionados

Última Hora

Viseu: ASAE apreende quatro toneladas de produtos cárneos impróprios para consumo

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica, na sequência de uma ação de fiscalização através da Unidade Regional do Norte – Unidade de Mirandela,…

Destaque

“Uma mão cheia de empresas” repôs trator que ardeu em Penalva de Alva

A União de Freguesias (UF) de Penalva de Alva e S. Sebastião da Feira recebeu, no sábado, um trator com equipamento de limpa bermas que é resultado da solidariedade de

Vídeos

Rodrigues Gonçalves apresenta livro sobre “Brás Garcia de Mascarenhas” (com vídeo)

O conhecido autor do concelho de Oliveira do Hospital, A.J.Rodrigues Gonçalves vai apresentar no próximo domingo um novo trabalho literário. “Brás Garcia de Mascarenhas, aventureiro, poeta, …

Informação

GNR volta a intensificar a fiscalização nas estradas

A Guarda Nacional Republicana (GNR) intensifica, a partir de hoje, o patrulhamento e a fiscalização rodoviária nos itinerários associados a festividades de Ano Novo.

Informação

Oliveira do Hospital vai ter um local de abrigo contra ondas de calor

Cinco concelhos do Interior do distrito de Coimbra vão ter locais de abrigo contra ondas de calor. Os abrigos terão capacidade para receber cerca de 2 mil pessoas em situações

Informação

Despiste causou um ferido grave na Estrada da Beira

Um homem, com 36 anos, ficou gravemente ferido na sequência de despiste, seguido de capotamento, ocorrido ao início da tarde, na Estrada da Beira, no concelho de Tábua.

Informação

Fogo em Manteigas dado como dominado

O incêndio que deflagrou no domingo na freguesia de Sameiro, no concelho de Manteigas, distrito da Guarda, foi dado como dominado hoje de manhã, disse à agência Lusa fonte dos

Vídeos

Oliveira do Hospital fecha 2015 com saldo positivo de 1,3 milhões de Euros

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital fechou as contas de 2015 com um saldo positivo de 1,3 milhões de Euros. As contas foram aprovadas, na última reunião do executivo

Cultura

“Artes e Ofícios de Oliveira do Hospital” em exposição

“Artes e Ofícios de Oliveira do Hospital” é o mote da exposição coletiva programada para o mês de julho pelo Município de Oliveira do Hospital. A mostra pode ser visitada,

Última Hora

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova

Este sábado, dia 10 de junho, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 33.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Última Hora

Neve cortou estradas na região de Seia e Manteigas

A GNR da Guarda alerta hoje para os condicionamentos de trânsito na manhã desta terça-feira devido à neve que caiu nas regiões de Manteigas e de Seia, distrito da Guarda. 

Última Hora

Coimbra: Três homens detidos por posse de estupefacientes

O Comando Territorial de Coimbra, através do Núcleo de Investigação Criminal de Coimbra, deteve ontem, dia 27 de novembro, três homens, com idades entre os 34 e 47 anos, pelo crime de tráfico de estupefacientes, na localidade de