Especialistas em pragas e doenças alertam para novos “riscos” em áreas ardidas
8 Junho, 2018 1212 Views

Especialistas em pragas e doenças alertam para novos “riscos” em áreas ardidas

Dirigentes e técnicos do Centro Pinus – Associação para a Valorização da Floresta de Pinho, INIAV – Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária e da FNAPF – Federação Nacional das …

… Associações de Proprietários Florestais realizaram esta quinta feira uma visita às áreas afetadas pelo grande incêndio de 15 de outubro, no concelho de Oliveira do Hospital e parte do concelho de Seia com o objetivo de chamar a atenção para a importância de prevenir o surgimento de novas pragas e doenças na fileira do pinho no pós incêndio.

No decorrer da visita de campo, o presidente do Centro Pinus, João Gonçalves, deu conta precisamente do “impacto brutal”, que iniciativas desta natureza podem ter em futuras ações na região. “Estamos aqui com o envolvimento da FNAPF para abastecer informação e garantir que a informação chegue aos técnicos que vão dar suporte às ações nesta região” sublinhou o dirigente, que face à “desgraça” que atingiu “profundamente” a região o ano passado, quer poupar de novas pragas e doenças o que resta do património florestal. “Interessa-nos dar suporte técnico aos técnicos que vão interagir com a recuperação desta região para a proteger de futuros ataques do ponto de vista sanitário, que agravem ainda mais as perdas”, referiu, lembrando que a fileira do pinho representa mais de 80% das empresas e do emprego do setor florestal na região interior Centro. E por isso, concluía “ não podemos correr o risco de a perder”.

Também o presidente do INIAV, Nuno Canada, reforçou a importância, nesta altura – uma fase propícia ao surgimento de pragas e doenças, de vir ao terreno partilhar e transferir o “muito conhecimento” que o instituto tem nesta matéria, com os técnicos e produtores florestais. “Há áreas que arderam e outras que não arderam e essas têm de ser tratadas para evitar novas pragas e doenças”, afirmou, mostrando-se “fortemente empenhado” em apoiar a FNAPF neste trabalho.

Anfitrião e parceiro desta iniciativa, o presidente da FNAPF, Vasco Campos, destacou, por sua vez, o “grande conhecimento técnico” daquelas duas instituições em termos de pragas e doenças do pinheiro, conhecimento esse que é “importante” nesta “nova fase que estamos a viver”, pois nunca tinha havido antes um fogo com as dimensões do ocorrido a 15 de outubro.

Previous "A Escola e o Meio" na Rádio Boa Nova
Next Mostra  “Da Nossa Terra” realiza-se este sábado em Oliveira do Hospital

Artigos Relacionados

Última Hora

Primeiro fim de semana de outono com temperaturas a chegar aos 30 graus

O primeiro fim de semana de outono vai ser marcado em Portugal continental por alguma nebulosidade, vento fraco e temperaturas máximas…

Última Hora

Acusado de atropelar peregrinos admite culpa, mas “não estava embriagado”

O arguido que atropelou mortalmente cinco peregrinos em Coimbra admitiu hoje a culpa no acidente, mas assegurou que, apesar de ter bebido “umas cervejas”,

Última Hora

País: Mais de 520 mil utentes vão passar a ter médico de família em agosto

Cerca de 525 mil portugueses até aqui sem médico de família vão passar a ter um clínico atribuído tendo em conta os 276 novos médicos…

Desporto

Começa hoje a XXIII Concentração Internacional de Motos em Góis

São esperados milhares de motociclistas e muitos outros que vão sempre assistir aos muitos concertos e eventos que acontecem neste dias. Segundo a organização, “esta edição terá a entrada principal

Informação

Fogos de outubro: Relatório de comissão será entregue a 20 de março

A comissão técnica independente para analisar os incêndios de outubro de 2017 vai entregar o seu relatório ao parlamento em 20 de março, foi hoje anunciado.

Última Hora

FCOH aumenta vantagem após vitória frente a Tourizense. AD Lagares derrotada pela Académica SF

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) assegura 1º lugar na tabela da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra…

Politica

PSD quer saber se Alexandrino “honra” palavra de não se recandidatar

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, o PSD de Oliveira do Hospital reage aos “desenvolvimentos políticos assistidos na última Assembleia Municipal” e aproveita para perguntar a José Carlos Alexandrino

Sociedade

Idoso ficou gravemente ferido após queda de muro com mais de três metros em Chão Sobral

Um homem, com 78 anos, ficou ontem de manhã gravemente ferido na sequência de uma queda de uma altura de mais de três metros, em Chão Sobral.

Informação

Bombeira sofreu queimaduras numa perna em Santa Comba Dão

Uma bombeira sofreu, ontem à tarde, queimaduras numa perna quando combatia o incêndio que lavrava em Santa Comba Dão, disse fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu.

Nacional

Luís Meira foi nomeado Presidente do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM)

Segundo nota enviada à comunicação social, Luís Meira foi agora nomeado Presidente do Conselho Diretivo do Instituto Nacional de Emergência Médica, por um período de cinco anos, renovável por igual

Cultura

Igreja Matriz de Oliveira do Hospital recebe concerto de música barroca

A igreja matriz de Oliveira do Hospital recebe no próximo domingo, dia 9 de abril, às 18h00, um concerto de música barroca, que terá a participação de executantes da Orquestra

Região

PJ da Guarda deteve jovem de 23 anos por suspeita de abuso sexual de crianças

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, deteve um homem “fortemente suspeito da prática continuada,…