Especialista em fogos diz que “falhámos todos” nos incêndios de Junho e de Outubro

Especialista em fogos diz que “falhámos todos” nos incêndios de Junho e de Outubro

Domingos Xavier Viegas, especialista em incêndios florestais e responsável pelo relatório ao grande incêndio de Pedrógão Grande disse em Oliveira do Hospital que, quer naquele incêndio, quer no de outubro, “falhámos todos”.



A participar no debate “A Floresta – Presente e Futuro” promovido pelo Departamento de Ciências Socais e Humanas do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital, Xavier Viegas recordou as circunstâncias do incêndio de junho e que incluiu no relatório àquele incêndio com a indicação de que “aquele tipo de circunstâncias de Junho poderia vir a repetir-se”. “Mal sabíamos que nos mesmos dias em que escrevíamos (o relatório) estava a acontecer esta tragédia. A nossa pergunta foi como é que isto aconteceu?”, referiu  o especialista que apontou o dedo ao elevado número de ocorrências de incêndios florestais, à falta de limpeza dos terrenos e às condições excecionais do tempo que foram comuns a junho e a outubro, não deixando também de responsabilizar a EDP por descargas elétricas que terão estado na origem de focos de incêndio. No caso de outubro, destacou o furacão Ofélia que “ganhou grande intensidade passou pela costa do país e causou esta forte desgraça”.

“Poderiam cá estar cinco mil ou 50 mil bombeiros que ardia tudo”

“Logicamente que todos teremos responsabilidades. Mas o fenómeno que existiu aqui, nunca existiu na nossa história”, reagiu o presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, verificando que o que aconteceu no concelho “não foi um grande incêndio”, mas antes uma “catástrofe, um ciclone de fogo que nunca tinha existido em Portugal”. José Carlos Alexandrino admite que “poderia ter-se feito mais”, referindo que naquela manhã pediu “meios ao secretário de Estado” que lhe disse que “os meios aéreos não tinham teto para voar devido aos ventos”.

Dadas as condições excecionais, o autarca não tem dúvida de que naquele fogo “poderiam cá estar cinco mil ou 50 mil bombeiros que ardia tudo”. Observou, porém que Oliveira do Hospital era um concelho modelo na forma como trabalhava a floresta mas “não estávamos preparados para este ciclone de fogo”.

Uma posição que já antes tinha sido defendida por José Vasco Campos, presidente da CAULE recordando que naquele dia “tudo ardia”. “Com aquelas condições de fogo e de vento nada, nada havia a fazer”, referiu.

Uma ideia não corroborada por Luís Lagos, que do mesmo modo se manifestou contra a primeira mensagem saída do relatório sobre os incêndios de outubro, de que “não havia nada a fazer”. Considerou, por isso, que o documento é “perigosíssimo” porque é “preciso que se perceba o que falhou para que não se volte a falhar”.

Emídio Camacho, comandante dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital não esconde a sensação de “impotência” que sentiu naquele dia ao ver “243 km quadrados de área a ser dizimada”. Aponta como causa o êxodo rural e verifica que diante de um fogo como o de 15 de outubro “não haveria bombeiros que o conseguissem segurar”.

Após a tragédia, o caminho passa por sensibilizar os proprietários para a importância da limpeza e ordenamento florestal. Marco Pereira, sargento do Destacamento Territorial da GNR da Lousã disse que o momento é de “fiscalização exaustiva não virada para as coimas, mas para a sensibilização”

Num debate moderado por Vítor Neves e transmitido pela Rádio Boa Nova impunha-se saber para quando será possível que um território como o do Vale do Alva volte a ser aquilo que era. “Vinte ou 30 anos”, reagiu Xavier Viegas, considerando no entanto José Vasco Campos, da Caule que “o tempo da floresta, não é o tempo dos homens” que com a avidez do lucro optaram, nos últimos anos, por espécies mais rentáveis que permitiram que acontecesse a tragédia que aconteceu.

image_pdfimage_print
Previous Sensibilização para a limpeza de terrenos em Góis
Next Feridos graves têm até 30 de maio para requerer indemnizações

Artigos Relacionados

Última Hora

Temperaturas altas com aguaceiros e trovoada

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê para hoje na região norte do continente céu pouco nublado ou limpo, vento fraco, sendo temporariamente moderado…

Informação

Feliciano da Silva lançou novo livro de poesia: “O Meu Lindo Jardim Florido” (Com áudio)

Foi mais uma vez rodeado de muitos amigos e familiares que Feliciano da Silva lançou o seu quinto livro de poesia, uma obra editada pelo autor e com a parceria

Última Hora

Viseu: Cinco pessoas intoxicadas por cogumelos, uma está em estado grave

Cinco pessoas sofreram uma intoxicação devido à ingestão de cogumelos, em Lordosa, no concelho de Viseu, na quarta-feira à noite, tendo sido assistidas no hospital.

Região

Sismo de magnitude 2,8 registado na Mealhada

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera detetou, pelas 12h30 de ontem, um sismo de magnitude 2,8 na escala de Richter na Mealhada, distrito de Aveiro.

Região

PCP apresenta projeto de requalificação do IP3 na Assembleia da República

O Partido Comunista Português (PCP) apresentou na Assembleia da República um Projeto de Resolução que “Recomenda a requalificação do IP3, a sua manutenção sem portagens e em condições de segurança”.

Informação

Calendário desportivo de fim-de-semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH), que continua a lutar pela liderança do Campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra,…

Região

Sete bombeiros feridos em incêndio em Abrantes

Dois incêndios lavram, esta segunda-feira, perto da Base Aérea de Tancos, no distrito de Santarém, de onde foram roubadas armas e munições na passada quinta-feira.

Última Hora

EPTOLIVA premiada no Projeto “Ciência na Escola” – Fundação Ilídio Pinho

A EPTOLIVA recebeu a Menção Honrosa da Fundação Ilídio Pinho, no âmbito do concurso “Ciência na Escola” 2015-2016, …

Informação

Ex líder do PSD nega apoio a candidato do partido à Câmara de Oliveira do Hospital

José Carlos Mendes, ex presidente da Comissão Política de Secção do PSD de Oliveira do Hospital, nega apoiar a candidatura de João Paulo Albuquerque à Câmara Municipal oliveirense.

Região

Nogueirense e FCOH vencem partidas e sobem nas respectivas tabelas classificativas

Campeonato de Portugal Prio  –  Série C – Fase de manutenção  – Jornada 3 AD Nogueirense 1 Pampilhosa 0 Vitória sofrida do Nogueirense com um golo marcado ao minuto 75

Destaque

Luís Lagos considera fundamental que “determinadas pessoas que ocupam o centro-direita se afastem de vez”

Luís Lagos foi um dos vencedores da noite eleitoral em Oliveira do Hospital, ao conseguir a sua reeleição e a eleição de um segundo deputado do CDS-PP, por via da

Última Hora

PJ deteve a mãe de criança colhida por comboio por suspeita de crime de exposição ou abandono

A Polícia Judiciária anunciou a detenção da mãe do menino de dois anos e meio que foi colhido por um comboio Intercidades…

Informação

Mangualde: Apreendidos 11 furões albinos

O Comando Territorial de Viseu identificou um indivíduo de 56 anos por posse ilegal de 11 furões albinos, uma espécie protegida.

Última Hora

PCP exige remoção de amianto do telhado do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital

O PCP reclamou a substituição parcial do telhado do Centro de Saúde de Oliveira do Hospital, por conter amianto, após o grupo parlamentar comunista ter questionado também o Governo sobre

Região

Preocupações com o DLBC marcam tomada de posse na ADIBER

A tomada de posse dos novos Órgãos Sociais da ADIBER que, ontem, decorreu perante a presença de mais de meia centena de Parceiros de toda a Região,…

Região

Polícia Judiciária detém incendiários florestais em Figueira de Castelo Rodrigo

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, com a colaboração da GNR e de elementos dos Bombeiros Voluntários de Figueira de Castelo Rodrigo, identificou e

Informação

Serra da Estrela: Estradas de acesso encerradas devido à neve

As estradas de acesso ao maciço central da Serra da Estrela estão hoje encerradas ao trânsito devido à queda de neve.

Informação

Cáritas inicia hoje peditório de quatro dias em todo o país

A Cáritas Portuguesa inicia hoje o seu Peditório Público Nacional de quatro dias, que visa angariar fundos para apoiar milhares de famílias carenciadas.

Desporto

Conheça os resultados desportivos de fim-de-semana

Disputou-se, ontem, a 12º jornada da Série C do Campeonato Nacional, que ditou uma vitória para a Associação Desportiva Nogueirense (ADN) e um empate para o Futebol Clube de Oliveira

Informação

FCOH mantém luta pela liderança. ADN termina época com derrota mas assegura manutenção

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) venceu a 27ª jornada do Campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra frente ao Penelense por 1-0. A

Última Hora

Circulação ferroviária mantém-se cortada devido à “complexidade dos trabalhos”

A circulação na linha ferroviária do Norte vai continuar cortada no troço Pampilhosa-Coimbra B até ao final do dia de hoje, na sequência do descarrilamento…

Destaque

Peditório anual a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro rendeu mais de 13 mil euros

O resultado do peditório anual a favor da Liga Portuguesa Contra o Cancro rendeu, no concelho de Oliveira do Hospital, um total de 13.331.07 euros. O Grupo de Voluntariado Comunitário

Informação

Coimbra com 45 dias de festa em Programa de Natal e Fim de Ano

Coimbra prepara-se para receber a quinta edição do programa “Luzes Sobre a Baixa”, com início dia 1 de dezembro, que pretende assinalar a época natalícia, ao longo de 45 dias.

Última Hora

Misericórdia de Galizes promove 3º Encontro do Desporto Adaptado

 Sexta-feira, dia 6 de abril, a Misericórdia de Galizes vai realizar o 3º Encontro do Desporto Adaptado, no Pavilhão Municipal de Oliveira do Hospital, a partir das 10 horas, inserido