Especialista diz que “ainda há muito para fazer” na prevenção dos incêndios

Especialista diz que “ainda há muito para fazer” na prevenção dos incêndios

image_pdfimage_print

O especialista em incêndios Domingos Xavier Viegas disse hoje, em Leiria, que “ainda há muito para fazer” na prevenção dos fogos e defendeu que a limpeza dos terrenos tem de ser feita sempre que necessário.

À margem do seu depoimento no Tribunal de Leiria, na fase de instrução do processo sobre o incêndio de Pedrógão Grande, Domingos Xavier Viegas afirmou que ainda não se adequaram os meios no combate aos fogos e que “ainda há muita coisa a fazer” nessa matéria.

Relativamente ao prazo legal para a limpeza dos terrenos, que terminou no dia 15 de março, o investigador que lidera o Centro de Estudos sobre Incêndios Florestais da Universidade de Coimbra disse compreender que deve haver “uma data para efeitos formais e de aplicação da lei”, mas defendeu que “tem que haver flexibilidade”. O professor considerou que “o trabalho de limpeza, sobretudo em torno das casas e das vias de circulação, é fundamental”.

Domingos Xavier Viegas admitiu que as condições de seca e de falta de pluviosidade, como as que se estão a registar atualmente no nosso país, vão tornar-se cada vez mais frequentes.

“Tudo nos leva a crer que as mudanças climáticas apontam nesse sentido. Ou seja, que tenhamos cada vez temperaturas mais elevadas, temperaturas médias e máximas mais elevadas e mais frequentes. Por outro lado, também estamos a ter um défice de precipitação que está a trazer esta situação de seca, que nos últimos 20 anos, está associado aos piores incêndios que temos tido”, rematou.

com:lusa.pt

Previous Incêndio em Esposende leva a evacuação de duas escolas
Next Parlamento Europeu vota a favor da abolição da mudança de hora

Artigos Relacionados

Desporto

FCOH aumenta vantagem após vitória frente a Tourizense. AD Lagares derrotada pela Académica SF

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) assegura 1º lugar na tabela da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra…

Informação

“The Black Mamba” animou a sexta noite da EXPOH

O grupo “The Black Mamba” subiu ontem ao palco principal do parque do Mandanelho naquela que foi a sexta noite da EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital.

Cultura

Aristides Sousa Mendes homenageado com Grã-Cruz da Ordem da Liberdade

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai condecorar hoje a título póstumo Aristides Sousa Mendes (1885-1954) com a Grã-Cruz da Ordem da Liberdade, no dia em que passam

Última Hora

Dia do Emigrante e do Ouvinte acontece no último dia da EXPOH

A EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital dedica o último dia, 7 de agosto, à comunidade emigrante e ouvintes da Rádio Boa Nova.

Informação

Seia rejeita delegação de competências para 2019

A Assembleia Municipal de Seia pronunciou-se ontem, dia 28 de janeiro, positivamente sobre a intenção do Município de Seia não pretender assumir em 2019 …

Última Hora

Granizo, chuva e trovoada colocam cinco distritos sob aviso amarelo

Cinco distritos de Portugal continental estão hoje sob ‘aviso amarelo’ devido à previsão de aguaceiros, por vezes fortes, informou o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Última Hora

José Carlos Mendes afasta cenário de candidatura à Câmara de Oliveira do Hospital

O ex candidato independente à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital negou, em declarações à Rádio Boa Nova, qualquer intenção de voltar a ser candidato, mas pela bandeira do PSD.

Última Hora

Câmara Municipal de Oliveira do Hospital isenta de IMI imóveis destruídos pelos incêndios

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital deliberou esta quinta-feira, dia 28 de dezembro, em reunião do executivo camarário,…

Informação

Dois concelhos em risco máximo de incêndio e 26 muito elevado

Os concelhos de Pampilhosa da Serra (Coimbra) e Monchique (Faro) estão hoje em risco Máximo de incêndio e outros 26 em risco Muito Elevado.

Região

Doente internado com legionella morreu em Coimbra

Um doente com diagnóstico inicial de legionella morreu no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), onde estava internado, informou ontem a Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro.

Região

António Costa quer saber por que estrada 236-1 não foi fechada

Despacho assinado pelo primeiro-ministro faz várias perguntas ao Instituto Português do Mar e da Atmosfera, a Autoridade Nacional de Proteção Civil e a GNR. Primeiro-ministro quer respostas urgentes.

Informação

Depressão “Helena” provoca queda de árvores e deslizamento de terras em Oliveira do Hospital

A última noite e manhã de hoje foram marcadas pelo mau tempo, provocado pela depressão “Helena”, que teve o seu pico a meio da manhã, prevendo-se que a intempérie se