Episódio de violência põe a descoberto “insegurança” no Bairro João Rodrigues Lagos
10 Maio, 2016 3848 Views

Episódio de violência põe a descoberto “insegurança” no Bairro João Rodrigues Lagos

Os moradores do Bairro João Rodrigues Lagos, na cidade de Oliveira do Hospital, não podiam estar mais receosos. O episódio de violência extrema, que deixou “quase morta” uma moradora na madrugada de sábado, fez disparar o sentimento de insegurança que já há algum tempo toma conta dos moradores.

Uma mulher de 56 anos foi encontrada na manhã de sábado, violentamente agredida com sinais de tentativa de violação no interior da casa onde habitava, logo à entrada do Bairro João Rodrigues Lagos. Há vários anos que por ali se vivem dias de medo e de insegurança, porém confessam os moradores que estavam longe de imaginar que um episódio desta violência ali pudesse acontecer. Mais estupefactos ficam por a vítima ser uma mulher vista como “uma jóia de rapariga” que “falava com toda a gente, mas não dizia mal de ninguém”. A optar pelo anonimato por receio de represálias, os moradores contam que nunca ali houve problemas. Para um dois mais recentes habitantes do bairro “até devia haver pena de morte” param quem maltratou a vizinha.

O caso fez adensar o sentimento de insegurança no Bairro social da cidade já referenciado por crimes de roubo e tráfico de droga. “Eu tenho medo. A Guarda mandou-nos tirar a chave”, contou uma moradora, enquanto outra referenciou o caso de um assalto de que também foi alvo há pouco tempo. “Dantes a polícia andava aqui mais. Agora não vêm cá”, concordam as moradoras, contando que durante a noite anda sempre gente no bairro e batem às portas, fazendo até os cães ladrar. São várias as vezes que os moradores chamam a GNR que acorre ao local.

No bairro há três anos, um outro morador conta que só ali está porque precisa. À Rádio Boa Nova conta que não receia por si, mas antes pela esposa e os filhos. No entanto não esperava uma situação como a que ocorreu de sexta feira para sábado, porque até aqui o que se pressentia era a droga. Entende que este é “um bairro inseguro”.

Com medo de dia e de noite, os moradores querem maior vigilância no bairro onde já se viveu em paz e com segurança e onde se podia estar “sentados na escada até às duas ou três da manhã”. Tudo mudou, segundo contam, desde a chegada de gente estranha, que chamam de “tralha”. “Vêm para aqui raparigas com Mercedes e tudo. Vão ali para o lar que andam a fazer, metem-se lá dentro. Aquilo é uma palhaçada, sei lá…”

Previous Um ano depois da morte de cinco peregrinos, ainda não há despacho final
Next Dois acidentes, quase à mesma hora, envolveram seis viaturas e causaram três feridos ligeiros em Oliveira do Hospital

Artigos Relacionados

Última Hora

Proteção Civil emite aviso à população devido a precipitação e agitação marítima

Num aviso à população, a Proteção Civil refere que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) prevê, para as próximas 48 horas, um agravamento das condições meteorológicas, com

Educação

IPC e autarquia de Oliveira do Hospital juntos na valorização da ESTGOH

O Presidente do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), Jorge Conde, esteve esta segunda-feira na Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, onde foi recebido pelo Presidente da autarquia, José Carlos Alexandrino.

Informação

Sinistralidade: 18 detenções, 872 infrações e 62 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 8 a 14 de janeiro, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Região

Despiste no IC6 faz quatro feridos

O IC6 está cortado no sentido Oliveira do Hospital – Coimbra. O incidente fez quatro vítimas, duas delas estão encarceradas.

Região

Piódão distinguido com prémio “Portugal Cinco Estrelas 2018”

A Aldeia Histórica do Piódão foi uma das grandes protagonistas dos prémios Portugal Cinco Estrelas, ao conquistar o galardão na categoria de Aldeias e Vilas.

Informação

Mangualde: Bloco de Esquerda preocupado com a poluição da Ribeira da Lavandeira

A Comissão Coordenadora Distrital de Viseu do Bloco de Esquerda (BE) tem, junto com a população de Mangualde, registado a poluição da Ribeira da Lavandeira e de toda a zona

Informação

Município de Penacova assume compromisso sustentável com Ambiente

O Município de Penacova assinou, na passada quinta-feira, dia 19 de abril, um protocolo de colaboração com a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que visa regular a prossecução dos objetivos

Sociedade

Recolha de bens “Pirâmide de Natal Solidário” acontece este fim-de-semana em Oliveira do Hospital

No próximo fim-de-semana, dias 24 e 25 de novembro, realiza-se mais uma edição da iniciativa “Pirâmide de Natal Solidário”, promovida pelo Município de Oliveira do Hospital,…

Desporto

AD de Lagares da Beira vive “ponto alto” com inauguração de balneários e bancada do complexo desportivo

A Associação Desportiva de Lagares da Beira (ADLB) prepara-se para, no próximo domingo, dia 21 de maio, viver um dia grande naqueles que já são os seus 40 anos de

Última Hora

Incêndio em Monchique já destruiu mais de 21 300 hectares

O incêndio que deflagrou na sexta-feira em Monchique já destruiu mais de 21 300 hectares, metade da área ardida na região em 2003, segundo o Sistema Europeu de Informação de

Região

Ministério da Agricultura rejeita críticas dos agricultores de Coimbra

O Ministério da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural rejeitou, ontem, as críticas dos agricultores e produtores florestais do distrito de Coimbra, afetados pelos incêndios de 15 de outubro, que consideram

Informação

Santuário de N. S. das Preces recebe Prémio Vilalva na próxima terça-feira

O Prémio Vilalva, que distinguiu o projeto de recuperação dos jardins do Santuário de Nossa Senhora das Preces, em Oliveira do Hospital, é entregue na próxima terça-feira.