• Entregues mais três casas no concelho oliveirense. “Na região, cerca de 55% estão concluídas e pagas”
  • Entregues mais três casas no concelho oliveirense. “Na região, cerca de 55% estão concluídas e pagas”
  • Entregues mais três casas no concelho oliveirense. “Na região, cerca de 55% estão concluídas e pagas”
  • Entregues mais três casas no concelho oliveirense. “Na região, cerca de 55% estão concluídas e pagas”

Entregues mais três casas no concelho oliveirense. “Na região, cerca de 55% estão concluídas e pagas”

image_pdfimage_print

Foram entregues mais três habitações que foram destruídas pelo grande incêndio de 2017, no concelho de Oliveira do Hospital. “Na região Centro, das cerca de 800 habitações incluídas no programa de apoio, estão 55% concluídas e pagas”, garantiu Ana Abrunhosa.

Na manhã da passada sexta-feira, aos proprietários das habitações danificadas, nas freguesias de Seixo da Beira e de Nogueira do Cravo, foram-lhes entregues as chaves, na presença de José Carlos Alexandrino, presidente do Município de Oliveira do Hospital Ana Abrunhosa, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC).

Segundo Ana Abrunhosa, “na região Centro estão 55% concluídas e pagas”, sendo que, no concelho de Oliveira do Hospital, das cerca de 123 habitações, 70 estão concluídas”. “Estamos a entregar as últimas”, referiu, adiantando que “as restantes estão em diferentes fases de obra” e, para a semana, “vai ser entregue um conjunto vasto de habitações, cerca de 30”.

“Andaremos nisto todas as semanas. A nossa estimativa é que a esmagadora maioria esteja concluída em finais de março. Outras ainda não estarão concluídas nessa fase mas o prazo limite que temos acordado com as empresas de construção é junho de 2018”, referiu.

Na ocasião, a presidente da CCDRC fez questão de desmentir a falta de dinheiro para pagamento das obras. “Eu nem sei de onde é que surgiu essa ideia. O orçamento da CCDRC foi reforçado em 60 milhões de euros, verba que, neste momento, é mais do que suficiente para o programa de apoio. Dos cerca de 60 milhões, já pagámos 30,6 milhões”, explicou a responsável.

Para Ana Abrunhosa, estas especulações “colocam em causa as entidades que aplicaram a lei”. “Somos todos responsáveis. Não podemos estar à espera que seja o governo a fazer tudo quando, muitas das vezes, basta o nosso tempo, nós ajudarmos quem está a sofrer”, disse, defendendo que “a sociedade não está preparada para estas calamidades”.

Por sua vez, José Carlos Alexandrino, referiu que “cada vez que se entrega uma casa, é conquistar a felicidade de uma família”. “Aquilo que desejamos é chegar ao final deste percurso e ter a certeza que seremos pessoas mais felizes porque também há um conjunto de famílias mais felizes”, disse.

Voltando a frisar as dificuldades associadas à burocracia, o autarca afirma que “o importante não é o que está feito mas sim o que ainda falta fazer”.

Ainda em declarações aos jornalistas, José Carlos Alexandrino fez questão de adiantar que o Município está “a fazer um esforço enorme, em termos orçamentais, para a recuperação das casas de segunda habitação”.

“A Câmara Municipal fará um forte investimento do seu próprio orçamento, o que quer dizer que abdicamos de outras obras para realizar estas”, referiu, concluindo que estas habitações “são importantes no património arquitetónico das aldeias e da sua identidade”.

Maria Conceição, Abílio e Odete Brás, Isabel Rodrigues e Alexandre Gonçalves anseiam agora desfrutar das suas casas reconstruídas e desejam nunca mais passar por tragédia igual.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous População de Seixo da Beira assistiu à inauguração da Sede Clube Desportivo e Recreativo Vasco da Gama
Next Município de Arganil aposta na intervenção em infraestruturas hidráulicas na EN342

Artigos Relacionados

Região

PJ deteve casal suspeito de escravizar cidadão estrangeiro em Viseu

A PJ anunciou hoje a detenção, através da Diretoria do Centro,  de um homem e uma mulher pela presumível prática de um crime de tráfico de pessoas para fins de

Última Hora

Coimbra: Ressonância Magnética tem lista de espera de mais de ano e meio

A secção Regional do Centro da Ordem dos Médicos está preocupada com  o tempo de espera para a realização de um exame de ressonância magnética no Centro Hospitalar…

Desporto

FCOH recebe principal adversário este domingo

A 22ª jornada do Campeonato da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra fica marcada, este domingo, pela disputa do primeiro lugar do campeonato entre os atuais líderes,

Destaque

Eptoliva mantém aposta na componente prática e ligação às empresas

Em dia de conferência sobre “Os Desafios do Ensino Profissional na Atualidade”, realizada ontem no Centro Cultural de Tábua, manteve-se firme o propósito da Eptoliva…

Última Hora

Águeda: Alegado líder de rede de pedofilia confessa maioria dos crimes

O homem acusado de 583 crimes de abuso sexual de crianças e de liderar, a partir de Águeda, uma alegada rede internacional de pedofilia assumiu hoje em tribunal a maioria

Informação

Fórum Vê Portugal mostrou que o turismo abre portas e janelas para os territórios

A 5.ª edição do Fórum de Turismo Interno “Vê Portugal”, que decorreu na Guarda, resultou com sucesso, tanto a nível da qualidade das apresentações como do número de participações.

Informação

Nuno Alves é o candidato do CDS-PP à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Nuno Alves, presidente da Concelhia do CDS-PP de Oliveira do Hospital, é candidato da coligação liderada por aquele partido à Câmara Municipal oliveirense.

Última Hora

Autópsia revela que vítimas de Tondela morreram esmagadas

A autópsia feita às oito vítimas mortais do incêndio que deflagrou, no passado sábado, na Associação Recreativa em Vila Nova da Rainha, em Tondela, revelou que nenhum dos oito mortos

Desporto

Município de Nelas aposta no Turismo de Natureza através da implementação de Percursos Pedestres e de um Centro de BTT

No âmbito da candidatura efetuada pelo Município de Nelas, através da CIMVDL – Comunidade Intermunicipal Viseu Dão Lafões, referente à Sinalização Turística – Produtos Turísticos Integrados e Património Natural e

Região

Dois homens detidos em Coimbra por tráfico de droga

A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de dois homens, de 35 e 38 anos, em Coimbra, pela presumível autoria do crime de tráfico de estupefacientes.

Região

José Manuel Silva apresentou candidatura à Câmara Municipal de Coimbra

O ex-bastonário dos médicos José Manuel Silva é candidato à Câmara Municipal de Coimbra e disse que o que distingue o seu projeto é a independência, a liberdade de pensamento

Informação

PJ de Aveiro deteve homem por burla, extorsão e furto qualificado

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro e em cumprimento de mandado de detenção emitido pela autoridade judiciária competente, identificou e deteve um homem, a