Empresas: NOS chegou a Oliveira do Hospital “para ficar”

Empresas: NOS chegou a Oliveira do Hospital “para ficar”

A operadora “NOS” conta, a partir de hoje, com uma loja na cidade de Oliveira do Hospital. O espaço foi inaugurado, esta tarde, pelos promotores Joel Pina e Nuno Amaral, que esperam vir ao encontro das necessidades dos oliveirenses, no que respeita aos serviços de internet, telefone, televisão e telemóvel.


Aquela que é uma das principais artérias da cidade de Oliveira do Hospital, a Rua Prof. Dr. António Garcia Ribeiro de Vasconcelos, foi a escolhida para a localização da loja NOS, mesmo em frente à conhecida pastelaria Primavera. Um espaço que, segundo Joel Pina, um dos sócios gerentes vai “disponibilizar vários serviços aos clientes”, sendo que o objetivo maior é o de dar resposta às necessidades dos oliveirenses, após o trágico incêndio de 15 de outubro. Com cinco lojas abertas em Gouveia, Seia e Mangualde, Joel Pina e Nuno Amaral constataram a procura dos serviços NOS por parte da população de Oliveira do Hospital. “Fizemos um estudo de mercado e viemos satisfazer as necessidades dos oliveirenses”, referiu Joel Pina, que disse estar a par das dificuldades de outras operadoras na reposição dos serviços de comunicações no concelho e na região.

Na abertura da 6ª loja da empresa Gouvecomunica, os gerentes Joel Pina e Nuno Amaral estão certos da boa resposta da operadora NOS ao assegurar um serviço de “qualidade”. A motivar as boas expectativas dos empresários está a nova tecnologia sem fios – GSM – que permite “ter internet e telefone sem fios”, situação que as outras operadoras “não têm”. “Conseguimos assegurar TV, internet e telefone em todo o concelho de Oliveira do Hospital”, garante Joel Pina, observando que os preços praticados “são abaixo da concorrência”. “Basta que nos visitem e nós apresentamos a melhor solução e a um custo mais baixo”, frisou.

A resposta da população foi imediata. Na primeira hora de funcionamento do espaço, foram vários os clientes a contratar os serviços NOS em Oliveira do Hospital. “Viemos para ficar. A NOS está a investir muito no concelho de Oliveira do Hospital em serviço de fibra, para além da tecnologia com sistema sem fios, o que numa eventualidade como a de outubro, nos permite garantir o serviço”, sublinhou Joel Pina.

A loja NOS em Oliveira do Hospital é um projeto da marca F7Mobilie, da empresa Gouvecomunica, que conta com um percurso de 16 anos no mercado das comunicações. “Temos crescido de forma sustentada, quer em recursos humanos, que em espaços”. Ainda neste ano, Joel Pina e Nuno Amaral, esperam avançar com a abertura de outras lojas na região.

Previous EPTOLIVA: a escola da Região Centro com mais projetos selecionados no Prémio Fundação Ilídio Pinho
Next Homem baleado em Carregal do Sal está em estado grave

Artigos Relacionados

Última Hora

Intermarché abriu loja renovada em Oliveira do Hospital e avança com posto de combustível

A loja Intermarché de Oliveira do Hospital reabriu esta quinta com nova imagem e um melhor serviço.

Educação

Final do concurso Municipal de Ideias de Negócio em Tábua

Vai decorrer no próximo dia 16 de março, pelas 20h30, no Centro Cultural de Tábua, a Final do Concurso Municipal de Ideias de Negócio – Expo Empresas, fruto de uma

Última Hora

Governo disponibiliza 28 milhões para mudar espécies em áreas ardidas

O secretário de Estado das Florestas anunciou hoje que o Governo vai lançar uma medida de 28 milhões de euros para substituição em áreas ardidas de espécies de crescimento rápido,

Informação

Explosão de botija de gás provocou um morto em Moimenta da Beira

Uma pessoa morreu, hoje, no concelho de Moimenta da Beira, no distrito de Viseu, na sequência da explosão de uma botija de gás.

Destaque

Vereador do PSD  quer que desempregados e beneficiários do RSI sejam chamados para limpeza e arranque de eucaliptos

João Paulo Pombo Albuquerque, único vereador do PSD, no executivo municipal de Oliveira do Hospital propôs, hoje, um entendimento com o Instituto de Emprego e Formação Profissional …

Região

Aveiro: detido suspeito do crime de pornografia de menores agravado

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem, operário fabril, fortemente indiciado pela prática do crime de pornografia de menores, na