Empresa substitui IPSS nos almoços a alunos do pré-escolar e 1º CEB. Câmara diz se trata de uma imposição legal

Empresa substitui IPSS nos almoços a alunos do pré-escolar e 1º CEB. Câmara diz se trata de uma imposição legal

image_pdfimage_print

A vereadora da Educação e Cultura do Município de Oliveira do Hospital informou ontem que, desde o dia 2 de setembro, …

… a empresa Eurest iniciou o fornecimento de almoços aos alunos do pré-escolar e do 1º ciclo no concelho de Oliveira do Hospital. Até aqui as refeições eram asseguradas pelas várias Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) do concelho.

Em reunião pública do executivo, a vereadora refere que o valor estabelecido por refeição é de 2,19€, num total de 363 refeições diárias, correspondendo a um valor global de cerca de 200 mil Euros (iva incluído). Graça Silva referiu que esta é a “primeira vez que a Câmara Municipal está a implementar “ a medida e disse esperar e desejar que “corra bem”. Adiantou, porém que esta foi uma medida que custou a aceitar ao Município “porque estávamos bem servidos pelas instituições”. Constatando que nos anos anteriores “tudo correu pelo melhor e as instituições faziam com que as crianças tivesse refeições de qualidade”,  Graça Silva admitiu ter agora “algumas ressalvas”. “É uma empresa. É diferente”, afirmou a vereadora, mostrando-se grata pela competência dos técnicos  das cozinhas, auxiliares, diretores das IPSS e entidades fornecedoras”. Disse mesmo que o Município vai proceder ao envio de uma carta de agradecimento as todas as instituições.

José Carlos Alexandrino, presidente do Município, referiu na ocasião que a autarquia foi “obrigada a isto”. “Não foi uma opção nossa”, afirmou, notando que se trata de uma imposição legal que também afeta o transporte das crianças que até aqui era assegurado pelas instituições e juntas de freguesia. Segundo adiantou, a medida vais custar mais 25 mil Euros ao Município.

“Não me conformo. Tínhamos serviços de excelência”, notou José Carlos Alexandrino, verificando que antes existiam parcerias de proximidade com as instituições que possibilitava o seu desenvolvimento económico. Agora com a contratação da empresa, o Município vê-se obrigado a montar uma cozinha, que ainda não está completa, no Centro Escolar de Nogueira do Cravo, lugar a partir do qual já se iniciou fornecimento das refeições. “Vai-nos ficar a um preço elevado. Não tenho dúvidas, nunca teremos a qualidade que tivemos”, referiu.

Carlos Carvalheira, vereador do PS e diretor do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital considerou que esta é “uma mudança significativa. Apelou a que haja uma “boa vigilância” nas refeições que são servidas. “Que este serviço possa manter o nível que se verificava” com as instituições.

Previous GNR atropelado por condutor que desrespeitou ordens em Albergaria-a-Velha
Next FCOH disputa 1ª eliminatória da Taça de Portugal frente ao Condeixa

Artigos Relacionados

Nacional

Oliveira do Hospital convidado a dar testemunho do projeto “A Friendly Municipality”

O Município de Oliveira do Hospital foi convidado para participar na iniciativa “Pequeno Almoço com a Sustentabilidade”, um fórum temático de debate,…

Última Hora

Banco Alimentar promove nova campanha de recolha de alimentos este fim de semana

“É bom saber que ainda há desejos que podemos tornar realidade” é o mote de mais uma campanha de recolha de alimentos do Banco Alimentar que acontece este fim de

Informação

Coimbra: Despiste de moto fez um morto

Um homem com idade entre os 40 e os 45 anos perdeu, ontem a vida, na sequência de um despiste de motociclo. 

Sociedade

Alexandrino congratula-se pela 7ª posição do município no Índice de Transparência

Oliveira do Hospital é o 7º município mais transparente do país e o primeiro classificado ao nível do distrito de Coimbra, no Índice de Transparência Municipal (ITM) 2017,…

Última Hora

Proteção Civil emite aviso à população pelo perigo de incêndio rural

No seguimento do contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o Comando Nacional de Operações de Socorro (CNOS) da Autoridade Nacional de Proteção Civil alerta para

Informação

“Um livro é um ótimo companheiro da nossa vida” (com vídeo)

É já no próximo domingo, dia 26 de maio, que inicia mais uma edição da Feira do Livro de Oliveira do Hospital, que decorre até 29 de maio, no Largo

Destaque

Oliveira do Hospital organizou as “melhores marchas do país”

Oliveira do Hospital foi palco, no sábado, 17 de junho, de uma grande noite de Marchas Populares. Três marchas infantis, seis seniores e duas convidadas, …

Última Hora

Duas máquinas multibanco roubadas por explosão no distrito de Coimbra

Duas máquinas multibanco foram assaltadas na madrugada de hoje, com recurso a explosão, em Tábua e Vila Nova de Poiares, no distrito de Coimbra.

Informação

Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital reúne em sessão ordinária

Realiza-se hoje, com início às 14h30, a sessão ordinária da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital. Os trabalhos vão decorrer no São Nobre do Município.

Última Hora

Líder de rede internacional de pedofilia em Águeda começa a ser julgado

Um homem acusado de 583 crimes de abuso sexual de crianças e de 73.577 de pornografia de menores, e que, desde Águeda, liderava uma alegada rede internacional de pedofilia, começa

Informação

Município de Oliveira do Hospital presta  reconhecimento público a Empresas Solidárias na EXPOH

  O Município de Oliveira do Hospital prestou reconhecimento público a um conjunto de empresas do concelho de Oliveira do Hospital pela sua …

Informação

Oliveira do Hospital quer uma Escola Feliz

Pelo quinto ano consecutivo, o município de Oliveira do Hospital está empenhado em proporcionar um arranque de ano letivo mais feliz a um conjunto de 30 alunos do 1º ciclo.