“Educar para Prevenir” alerta para importância de recuperar caminhos e taludes em Oliveira do Hospital

“Educar para Prevenir” alerta para importância de recuperar caminhos e taludes em Oliveira do Hospital

image_pdfimage_print

Passado um ano após o grande incêndio que afetou 95 por cento do concelho, impõe-se a recuperação de caminhos e de taludes no concelho de Oliveira do Hospital.

Esta é a mensagem que resulte do projeto “Educar para Prevenir” que, hoje, realiza uma oficina de recuperação de caminhos e amanhã (dia 27) promove uma oficina de recuperação de taludes e uma caminhada.

Financiado pelo Fundo Ambiental, o projeto “Educar para Prevenir” é promovido pela Federação Portuguesa de Cicloturismo e Utilizadores de Bicicleta (FPCUB), em parceria com o Município de Oliveira do Hospital e a Associação Recreativa e Cultural Catraiense. José Manuel Caetano, presidente da FPCUB disse à Rádio Boa Nova que, desde 1998, que a Federação promove a prevenção dos fogos florestais. “Isto não é estranho para nós”, sublinhou o responsável que diante da disponibilidade de apoio do Ministério do Ambiente, não hesitou em promover a ação no concelho de Oliveira do Hospital, que foi fortemente afetado pelo incêndio. “Estamos a cumprir com a nossa obrigação no âmbito da solidariedade para com os outros povos”, referiu José Manuel Caetano.

Responsável pelo projeto “Educar para Prevenir”, Filipe Beja explicou que com a oficina de limpeza de caminhos se pretende alertar para a importância de recuperar os caminhos rurais/florestais e mantê-los limpos e acessíveis. “Isso tudo contribui para a menor progressão de incêndios, proteção da fauna e flora, para ter caminhos que podem se utilizados como fuga e escape ao fogo”, referiu.

Para José Francisco Rolo, vice-presidente do Município de Oliveira do Hospital, estas oficinas “são exemplos práticos para chegar à comunidade. “É preciso que se conservem e desobstruam caminhos e se faça a conservação de taludes para evitar o deslizamento de terras”, notou. Diante da devastação que o fogo causou, o autarca entende que é importante “assumir a tragédia que aconteceu”, considerando porém que “é preciso recuperar gradualmente e fazer a manutenção”. “É preciso recuperar o concelho num esforço conjunto”, concluiu.

A oficina de recuperação de caminhos, hoje realizada, conta com a colaboração de elementos da Proteção Civil Municipal de Oliveira do Hospital e da ADESA.

Previous "A Escola e o Meio"na Rádio Boa Nova
Next Proteção Civil: Temperatura desce, mas aumenta o risco de incêndio devido ao vento

Artigos Relacionados

Última Hora

Município de Oliveira do Hospital associa-se às comemorações nacionais dedicadas à Igualdade

No âmbito do Dia Municipal para a Igualdade, o Município de Oliveira do Hospital através do projeto “Igualdade Local: Cidadania Responsável” …

Região

Figueira da Foz: PJ deteve autores de roubo com sequestro

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, identificou e deteve dois homens pela presumível autoria da prática de um crime de roubo com sequestro de um homem de

Última Hora

Incêndios lavram na região, ameaçam populações  e provocam densa nuvem de fumo

São vários os incêndios que nesta tarde de segunda feira lavram na região e que estão a devastar várias manchas florestais e ameaçar populações.

Politica

José Carlos Alexandrino apresenta candidatura sob o lema “No Caminho Certo”

José Carlos Alexandrino apresenta no próximo domingo, dia 30 de julho, pelas 18h00, a sua candidatura pelo Partido Socialista à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital.

Informação

Enxurrada de lama agravou estado da Praia Fluvial de Avô

Uma enxurrada de lama agravou, ontem à tarde, o estado da Praia Fluvial de Avô que já se encontrava interdita a banhos devido ao lodo, cinzas e cascalho que foram

Última Hora

PSD: Membros da secção de Arganil tomaram posse na Comissão Política Distrital do PSD

Os novos Órgãos da Comissão Política Distrital do PSD tomaram posse no passado dia 16 de abril, na Casa da Cultura de Coimbra,…

Informação

Agricultores protestam hoje em Coimbra

Os agricultores e produtores florestais afetados pelos incêndios que ocorreram no distrito de Coimbra, entre julho e outubro, consideram…

Última Hora

Congresso Internacional do Termalismo realiza-se em Nelas

O congresso internacional “O Termalismo e Desenvolvimento Regional” vai decorrer, de 2 a 4 de junho,  no Edifício Multiusos de Nelas e Termas da Felgueira.

Sociedade

Oliveira do Hospital é o terceiro melhor exemplo de boa governação local em Portugal

Oliveira do Hospital está entre os três primeiros municípios do país classificados como melhores exemplos de boa governação local, no estudo “Qualidade da governação local em Portugal”…

Região

Feridos dos incêndios do ano passado isentos de taxas moderadoras

As vítimas dos incêndios de junho e de outubro do ano passado vão passar a estar isentas do pagamento de taxas moderadoras na saúde e a ter dispensa gratuita de

Informação

Idosa encontrada sem vida num poço na Tocha

Uma idosa de 91 anos foi encontrada morta num poço, ontem, na freguesia da Tocha, concelho de Cantanhede.

Última Hora

Praia fluvial de Avô entre as melhores de Portugal

A praia fluvial de Avô, no concelho de Oliveira do Hospital integra o top 10 das melhores praias fluviais de Portugal.