Diferenças entre executivos de Mário Alves e Alexandrino aqueceram reunião de Câmara oliveirense

Diferenças entre executivos de Mário Alves e Alexandrino aqueceram reunião de Câmara oliveirense

image_pdfimage_print

A reunião do executivo municipal de Oliveira do Hospital ficou hoje marcada pela troca de palavras entre o presidente da Câmara e o vereador do PSD…

… a propósito das diferenças com o anterior executivo liderado por Mário Alves.

João Paulo Albuquerque (PSD) pediu hoje ao presidente da Câmara para lhe facultar a as contas de gerência sobre os investimentos nos últimos oito anos, para poder comparar com os investimentos feitos na governação do PSD e, assim clarificar aquilo que foi dito pelo deputado do PS, João Ramalhete, na última reunião da Assembleia, segundo o qual se verificou um maior investimento público na governação de José Carlos Alexandrino. “Que há diferenças, há. Nunca o PSD conseguiu comprar granito amarelo a menos de um euro a metro cúbico e jamais pagaria 52 metros de terreno rústico pela módica quantia de 10 mil Euros ou seja 192,30 Euros por metro quadrado”, chegou a referir o vereador.

Em reação, o presidente da Câmara Municipal mostrou-se indisponível para pesquisar e facultar as contas de gerência, notando de igual modo que a reunião pública não é o local para de discutirem assuntos da Assembleia Municipal. José Carlos Alexandrino não se escusou, porém, a notar que “maior diferença” entre os executivos é logo visível na forma como as pessoas apanhavam o autocarro na cidade que era “de chapéu na mão”. Sem pôr em causa a seriedade do anterior executivo – “nem o professor Mário Alves é mais sério do que eu, nem eu serei mais sério do que ele”, referiu_ Alexandrino aproveitou para frisar que nunca fez ou pagou obras feitas em tempo de eleições e sem procedimento. “Tem a certeza?”, questionou o vereador do PSD. No caso de dúvida, Alexandrino sugeriu ao vereador para que recorra ao Tribunal.

Ainda no âmbito das diferenças, o autarca oliveirense disse “não ser homem para embargar a um pobre uma obra de 12 metros quadrados e deixar um pavilhão de 350 ou 400 metros quadrados sem embargo”. “Mas, essas coisas não as quero trazer para aqui”, observou o autarca.

Previous Incêndios: CDS-PP recomenda ao Governo que conclua IC6 para ajudar vítimas e empresas
Next Estradas da Serra da Estrela foram reabertas

Artigos Relacionados

Última Hora

Figueira da Foz: Detido por tráfico de produtos estupefacientes

O Comando Territorial de Coimbra, através do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho, deteve, no passado dia 29 de outubro, um homem com 60 anos, por tráfico de estupefacientes, no concelho da

Destaque

Aviso amarelo para todos os distritos do país devido ao frio

Todos os distritos de Portugal continental estão sob ‘Aviso Amarelo’, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, por causa do tempo frio.

Informação

Idosa morta durante roubo em Vila Nova de Foz Côa

Uma mulher de 80 anos foi morta e o marido ficou ferido durante um alegado roubo ocorrido durante a noite, numa localidade do concelho de Vila Nova de Foz Côa,

Sociedade

Quase uma centena de concelhos do continente em risco máximo de incêndios

Quase uma centena de concelhos de 14 distritos de Portugal continental apresentam hoje risco ‘máximo’ de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Informação

Tenda ClimAgir vai estar na praia fluvial de Avô

A tenda expositiva do projeto ClimAgir irá estar presente amanhã, 31 de julho, na Praia Fluvial de Avô, no Município de Oliveira do Hospital, entre as 10h00 e as 17h00.

Última Hora

Dois detidos por tráfico de estupefacientes em Vilar Formoso

O Comando Territorial da GNR da Guarda, através do Núcleo de Investigação Criminal do Destacamento Territorial de Vilar Formoso, deteve, no dia 10 de março, em Vilar Formoso, dois homens

Educação

Tábua acolhe 2º encontro do Projeto “YOUNG LAB”

Depois de um primeiro encontro realizado em Lugo, Espanha, a Biblioteca Municipal de Tábua acolhe nos dias 19 e 20 de maio o segundo encontro do projeto “Young Lab”.

Informação

Gondelim: Explosão provocou um morto e 24 feridos. Dois estão em estado crítico (com áudio)

A explosão ocorrida hoje, pelas 12h20, na aldeia de Gondelim, no concelho de Penacova, provocou um morto e 24 feridos, sendo dois feridos “críticos”, três graves e 19 feridos ligeiros,

Última Hora

IPC estabelece parceria com Hospital da Luz

O Politécnico de Coimbra celebrou, no passado dia 19 de fevereiro, um protocolo com o Hospital da Luz que, “para além de fortalecer as relações institucionais e de favorecer a

Nacional

Frio e queda de neve vão continuar no fim-de-semana

O frio, a chuva, a queda de neve, a agitação marítima e o vento levaram a Proteção Civil a emitir esta quinta-feira um aviso à população. Para esta sexta-feira e fim-de-semana, o cenário de

Informação

GNR apreendeu 14 quilos de cannabis no concelho de Oliveira do Hospital

O Núcleo de Investigação Criminal da GNR da Lousã apreendeu ontem, dia 10 de novembro, em Oliveira do Hospital, 14 quilos de cannabis.

Última Hora

De 8 a 17 de março: Semana da Gastronomia de Oliveira do Hospital

No âmbito da Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital, que se realiza nos dias 16 e 17 de março, no Largo Ribeiro do Amaral, é promovida