“Convidámos mil e outros poderiam cá estar. O meu coração e o coração de Oliveira do Hospital está com todos aqueles que nos ajudaram a renascer”

 “Convidámos mil e outros poderiam cá estar. O meu coração e o coração de Oliveira do Hospital está com todos aqueles que nos ajudaram a renascer”

A Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital ficou marcada, este fim de semana, pela realização do almoço solidário com mil pessoas organizado pela Câmara Municipal, …

… com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Ao palco da mega tenda onde decorreu a iniciativa subiram pessoas que a título particular ou em representação de entidades, empresas e outras instituições deram o seu contributo para o renascer do concelho, na certeza de que muitos mais haveria para homenagear. “Em Oliveira do Hospital registámos mais de 10 mil pessoas e não era possível convidar essas 10 mil pessoas”, começou por referir o presidente da Câmara Municipal que ontem quis fazer um “agradecimento coletivo”.

“Convidámos mil e outros poderiam cá estar. O meu coração e o coração de Oliveira do Hospital está com todos aqueles que nos ajudaram a renascer”, reforçou José Carlos Alexandrino.

Cerca de 20 entidades foram distinguidas, com destaque para o próprio presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, a Altice, a Cruz Vermelha, bombeiros, GNR, juntas de freguesia, movimento “Rumo ao Camião”, artistas, voluntários entre outras entidades e empresas . “Se me perguntarem de deixámos centenas, milhares por distinguir, deixámos”, reforçou o autarca oliveirense, explicando que o almoço solidário foi “uma forma simbólica de homenagear todos esses que foram os heróis e nos ajudaram a reconstruir e a ter esperança”.

A registar o esforço de renascimento por parte produtores agrícolas, empresários e dos muitos particulares na recuperação das suas casas, o autarca não esqueceu que foi neste concelho que, por ocasião do incêndio de 15 de outubro, se registou o maior número de vítimas mortais. Trocou, porém, o habitual minuto de silêncio por “uma grande salva de palmas” que dirigiu aos familiares das 12 vítimas mortais “para que tenham força para continuar a sua vida”.

Previous “Quando nascemos foi para sermos todos portugueses de primeira”, disse Marcelo em Oliveira do Hospital
Next Carlos Bica foi homenageado em Arganil

Artigos Relacionados

Sociedade

GAL ADIBER aprovou 1,4 milhões de Euros em novos incentivos para as micro e pequenas empresas

O Órgão de Gestão do GAL ADIBER / Beira Serra 14- 20 reunido, ontem, em Oliveira do Hospital, aprovou os termos do Aviso de Concurso às medidas do DLBC Rural

Informação

Empresas do interior podem ter redução até 80% nas taxas de portagem

O ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, anunciou ontem que as empresas que se localizem e tenham atividade no interior…

Última Hora

Coimbra: Detidas doze pessoas suspeitas da autoria do crime de tráfico de estupefacientes

A Polícia Judiciária (PJ), através da Diretoria do Centro, desencadeou, nos últimos dias, duas ações operacionais, no âmbito do combate ao tráfico de estupefacientes, na cidade de Coimbra.

Informação

Confraria do Bucho de Arganil edita livro sobre a História das Farturas

A Confraria do Bucho de Arganil vai promover, no dia 22 de outubro em Lisboa, o lançamento do livro com o título “Farturas: Doce de Lisboa – O Contributo da

Informação

EXPOH “superou objetivos”, mas certame deve melhorar (com áudio)

Ao fim de nove dias de EXPOH – Feira Regional de Oliveira do Hospital, o balanço é muito positivo. Segundo a organização esta foi a “maior feira de sempre”, superando

Última Hora

Mosteiro de Lorvão na Rota das Abadias Cistercienses

O Presidente da Câmara Municipal de Penacova, Humberto Oliveira e a representante da Carta Europeia de Sítios e Abadias Cistercienses, Irene Bien, descerraram, no passado dia 1 de junho,…