Centro Qualifica entregou 45 diplomas a “pessoas que tiveram coragem para se qualificar mais”
29 Maio, 2019 899 Views

Centro Qualifica entregou 45 diplomas a “pessoas que tiveram coragem para se qualificar mais”

image_pdfimage_print

O Centro Qualifica do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital (AEOH) entregou, na tarde de ontem, 45 diplomas a candidatos certificados que terminaram os ciclos de estudos pretendidos, desde o ensino primário ao ensino secundário.

Com o objetivo de compensar “uma lacuna” na vida das pessoas que, por vários motivos, não concluíram os seus estudos, o Centro Qualifica pretende “qualificar mais” a população do concelho de Oliveira do Hospital.

Para Carlos Carvalheira, diretor do AEOH, a sessão de entrega dos diplomas pretendeu “relevar e enaltecer o esforço e dedicação de um conjunto de pessoas que, depois de alguns anos, quiseram qualificar-se mais”. “Queria mostrar o meu orgulho e o meu contentamento por aquilo que o Agrupamento tem feito em prol da valorização do conhecimento”, disse, referindo que este é o exemplo que quer “transmitir a todos aqueles que não acabaram o 9º ou 12º ano”. “Nunca é tarde para aprender”, rematou Carlos Carvalheira.

 

Por sua vez, Cristina Borges, Coordenadora do Centro Qualifica, referiu que “definitivamente esta é uma causa pública que carece de articulação entre o AEOH, o Centro Qualifica e o Município”. “Ainda há um baixo índice de escolaridade na população adulta no nosso concelho e esta é uma tarefa de todos nós e, em conjunto, temos de lutar para dar uma reviravolta a estes números”, afirmou a responsável.

Na ocasião, Graça Silva, vereadora da Educação do Município oliveirense, deu os parabéns aos diplomados “por mais uma meta alcançada”. “Sem dúvida nenhuma que é um orgulho para nós, Câmara Municipal”, disse, mostrando-se “muito sensibilizada”. “Toca-me profundamente ver um conjunto de idades que é transversal, com mais qualificação, capacidade argumentativa, dom da palavra, mais informada e com mais possibilidade de reivindicar os seus direitos”, justificou.

Na sessão de entrega, que teve lugar na Feira do Livro, houve ainda oportunidade de ouvir um testemunho. Vítor Fernandes, que agora vê concluído o 12º ano, relembrou a dificuldade em “regressar aos livros” depois de ter sido chamado para o serviço militar e, por isso, ingressou no mercado de trabalho. Recordou que depois de trabalhar 23 anos nos escritórios da IRAL, a empresa entrou em dissolvência. “Caí no flagelo do desemprego numa idade em que ninguém quer saber de competências. Somos novos demais para a reforma e velhos demais para trabalhar”, desabafou. Foi nesse momento que ouviu falar do Centro Qualifica. Hoje está certo de que “valeu a pena” pois encontra-se a trabalhar. “O saber não pesa nem ocupa lugar. Nunca é tarde para aprender”, salienta Vítor Fernandes que convida a todos para este desafio.

Previous Nuno Ribeiro: “O desporto é um parceiro fundamental da saúde”
Next Tempo vai manter-se quente. Governo vai prolongar o estado de alerta

Artigos Relacionados

Região

Um morto, 54 acidentes e 16 detenções na última semana no distrito de Coimbra

O Comando Territorial Coimbra da GNR procedeu à detenção, na semana de 18 a 24 de outubro, de 16 indivíduos por condução sob efeito de álcool,…

Região

Homem morre após cair em buraco em Coimbra

Um homem de 83 anos morreu ao final da tarde de ontem após cair num buraco na zona de Celas, em Coimbra.

Informação

Luís Marinho e Jorge Brito reconduzidos na Assembleia Intermunicipal da CIM da Região de Coimbra

A Assembleia Intermunicipal da CIM Região de Coimbra aprovou, por maioria a proposta apresentada pelo deputado Ferreira da Silva, …

Última Hora

Distrito da Guarda conta com mais elementos no combate a incêndios

O Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais (DECIR) no distrito da Guarda inclui, este ano, mais elementos devido à constituição de nove Equipas de Intervenção Permanente.

Nacional

GNR realiza operação “Censos Sénior 2018”

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realiza, durante todo o mês de outubro e em todo o território nacional, mais uma edição dos “Censos Sénior”,…

Região

Operação Natal da GNR, terminou com mais acidentes.

Terminou com mais acidentes a operação Natal Tranquilo da GNR. Este ano, entre sexta e domingo, houve 594 acidentes, mais do que em 2015. Por outro lado, foram menos as

Sociedade

Pescador desaparecido em Seia encontrado morto no rio Mondego

O corpo do homem de 64 anos que estava desaparecido desde segunda-feira no rio Mondego, em Seia, foi hoje encontrado pelas 11h00 junto do local onde estava a pescar.

Última Hora

CCPOH realiza 16º Torneio Aberto de Ténis de Mesa

O Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital vai levar a efeito, no próximo dia 6 de agosto, o XIV Torneio Aberto de Ténis de Mesa de Oliveira

Nacional

Operação “DRUGS” da GNR: 24 detenções e 174 indivíduos identificados por tráfico de droga

A Guarda Nacional Republicana (GNR), entre os dias 28 e 30 de dezembro, na sua área de responsabilidade, desenvolveu uma operação policial de controlo e deteção de atividades criminosas relativas

Informação

15 detenções, 684 infrações e 88 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu a um conjunto de operações no distrito, na semana de 14 a 20 de novembro,…

Região

Tábua recebe XXIX Feira do Queijo, do Pão, dos Enchidos e do Mel

A XXIX Feira do Queijo, do Pão, dos Enchidos e do Mel | IX Mostra de Gastronomia e Artesanato vai realizar-se este fim-de-semana, nos dias 3 e 4 de março, no

Última Hora

Seilimp completou 15 anos de sucesso

A empresa Seilimp, que se dedica ao comércio de produtos de higiene e limpeza, completou no passado dia 14 de julho, 15 anos de atividade. Nascida em Seia, mas a