CDS-PP vai estar ausente da cerimónia do feriado municipal de Oliveira do Hospital

CDS-PP vai estar ausente da cerimónia do feriado municipal de Oliveira do Hospital

image_pdfimage_print

A Comissão Política concelhia do CPS-PP de Oliveira do Hospital informou, hoje, que o partido não se vai fazer representar na cerimónia comemorativa do feriado municipal,…

… no dia 7 de outubro, vincando assim a sua oposição à atribuição da medalha de Ouro à presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa.

Em comunicado, a concelhia do partido que é presidida por Nuno Alves, recorda a “posição de rejeição incondicional à atribuição do título” que foi demonstrada pelo deputado Rafael Dias em reunião da Assembleia Municipal, considerando que “tamanha ofensa à dignidade dos Oliveirenses não pode merecer outra resposta que não o boicote a tal ode à inoperância e incompetência”.

A estrutura concelhia do CDS-PP diz que é “do conhecimento público a mácula com que está marcado o processo de reconstrução anómalo liderado pela CCDRC dada a redundância grotesca dos seus resultados práticos: zero casas reconstruídas”. “Pautando-se pela exclusão das empresas de construção oliveirenses do processo que viram ser-lhes passado um autêntico atestado de incompetência, e que ainda ganham o epíteto de ignorantes pelo Presidente do Município, como se pode pois renascer se importamos serviços de empresas longínquas que agora acabam a sub-contratar os serviços das nossas empresas, ao invés de auxiliar os nossos empresários injetando dinheiro na economia local, criando postos de trabalho”, sustenta em comunicado.

Entende o CDS-PP que “se esperava” mais do presidente da Câmara, no sentido de reivindicar estas adjudicações para as nossas empresas, não podia ter aceitado menos, pois menos é lesar o interesse oliveirense”. “Não houve qualquer tipo de pressão pública, não houve nenhum processo reivindicativo, nem um simples comunicado escrito de condenação e discordância e, sobretudo, demarcação dos atos incompetentes perpetrados por esta CCDRC que tem zero casas reconstruídas a seu cargo no nosso concelho. Pelo contrário, parece haver uma cumplicidade imaculada entre o Sr. Presidente do Município e a Sra. Presidente daquela instituição que culminam, pasme-se, numa atribuição da medalha de ouro do nosso concelho à referida senhora”, defende em comunicado.

Conclui o CDS-PP que o presidente do Município “prefere a defesa do interesse do Partido Socialista, que é como quem diz da presidente da CCDRC, bem como do governo socialista em detrimento dos oliveirenses que o elegeram”.

No mesmo comunicado, o CDS-PP refere que “reconstrução total não é reabilitação ou requalificação, reconstrução total implica a destruição total de determinada habitação, tendo portanto valores sempre superiores a 25.000”. “Podemos portanto constatar que até data, e volvido quase um ano, não houve efetivamente qualquer tipo de obra concluída, ao contrário das 48 casas requalificadas apontadas pelo Sr. Presidente da Câmara, tendo inclusive publicamente reconhecido, que não há possibilidade de cumprimento do prazo de 31 de Dezembro de 2018 avançado pela CCDRC”, refere.

“Em coerência com os seus princípios, e em solidariedade com os ainda desalojados”, o CDS-PP entende que não pode estar presente em tão “despropositada homenagem”.

Previous Oliveira do Hospital comemora Feriado Municipal no dia 7 de outubro
Next Aveiro: Homem detido por “Card Sharing”

Artigos Relacionados

Politica

CM de Oliveira do Hospital assina contrato do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano no valor de 5.764.705,88 milhões de euros

A implementação do PEDU de Oliveira do Hospital, que é fruto de uma candidatura  ao Centro2020, tem associado um investimento público de mais de 5, 7 milhões de Euros.

Desporto

Desporto de fim de semana: Nogueirense, FCOH e AD Lagares da Beira empataram. Sampaense perde no Dragão Caixa

Campeonato de Portugal Prio – Jornada 8 – série D. O Nogueirense empatou com o Gafanha 0-0.

Informação

Carregal do Sal: Incêndio em habitação causa dois desalojados

Um incêndio numa habitação em Travanca de S. Tomé, em Cabanas de Viriato, no concelho de Carregal do Sal, causou, esta tarde, dois desalojados.

Informação

Animação de Natal incentiva às compras em Oliveira do Hospital

A ADI – Agência para o Desenvolvimento de Tábua e Oliveira do Hospital, em parceria com o Município de Oliveira do Hospital, lançou a campanha “Este Natal faça compras no

Última Hora

Praia fluvial de Alvoco das Várzeas galardoada pela primeira vez qualidade de ouro

A praia fluvial de Alvoco das Várzeas foi, pelo quinto ano consecutivo, galardoada pela bandeira azul e “considerada pela primeira vez qualidade de ouro”.

Informação

Oliveira do Hospital novamente reconhecida como “Autarquia Mais Familiarmente Responsável 2018”

O Município de Oliveira do Hospital foi novamente distinguido, pelo quarto ano consecutivo, como “Autarquia Mais Familiarmente Responsável 2018” – um galardão atribuído pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR),…

Informação

Autarca de Seia exige que Governo cumpra “o que prometeu” sobre itinerários na Serra da Estrela

O presidente da Câmara Municipal de Seia, Carlos Filipe Camelo, considerou ontem que o Governo “tem de cumprir o que prometeu”, em relação às acessibilidades …

Região

Presépio avaliado em mais de 10 mil euros exposto em Viseu

Um presépio avaliado em mais de 10 mil euros foi, ontem, instalado em pleno coração da cidade de Viseu, podendo as três esculturas com mais de 400 quilogramas ser visitadas

Última Hora

Oliveira do Hospital apresentou projetos ao Orçamento Participativo Portugal 2018

Vários grupos de trabalho contribuíram, ontem, com ideias e propostas para o Orçamento Participativo Portugal (OPP) 2018, no âmbito de um encontro promovido…

Sociedade

Seia promove Simpósio sobre Envelhecimento Ativo

No próximo dia 27 de janeiro, entre as 9h00 e as 16h30, o CISE – Centro de Interpretação da Serra da Estrela,em Seia,  acolhe o I Simpósio sobre Envelhecimento Ativo.

Informação

Cidade de Oliveira do Hospital “encheu-se” de gente com o regresso do Downtown Nocturno

Passados oito anos o Downtown Nocturno regressou a Oliveira do Hospital e foi motivo para que muitas centenas de pessoas mostrassem o interesse por este tipo de prova.

Região

Despiste em perseguição policial provoca quatro feridos

Na madrugada desta quarta-feira, quatro pessoas ficaram feridas num despiste automóvel em Carvalhais, freguesia da Branca, no concelho de Albergaria-a-Velha.