CCDRC lança formulário para denúncias de eventuais fraudes na recuperação de casas

CCDRC lança formulário para denúncias de eventuais fraudes na recuperação de casas

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) lançou um formulário eletrónico para a submissão de denúncias de suspeitas de irregularidades…

… na recuperação de casas e empresas afetadas pelos fogos de outubro de 2017.

O formulário, disponível na página eletrónica daquela instituição, permite a comunicação à CCDRC de denúncias “sobre factos ou processos que não pareçam transparentes” na aplicação de fundos para a recuperação das áreas abrangidas pelos incêndios de outubro de 2017, na região Centro.

A CCDRC garante “total confidencialidade” no processo, sendo que o denunciante pode optar por total anonimato ou deixar informação como o nome, contacto telefónico, ‘e-mail’, morada ou número de contribuinte (se não optar pelo anonimato irá receber informação sobre a decisão da denúncia).

No formulário disponibilizado (http://denuncias.ccdrc.pt/Denuncia.aspx), o denunciante pode identificar a entidade visada, referir a área de intervenção (habitações e empresas nos incêndios de outubro), descrever os factos e aquilo que motivou a denúncia.

No processo, a pessoa pode ainda anexar documentos que comprovem os factos relatados na denúncia.

Este formulário surge na sequência das suspeitas de irregularidades na reconstrução de casas em Pedrógão Grande, reveladas pela revista Visão, numa reportagem onde se relatava que casas que não eram de habitação permanente estariam a receber apoios para serem recuperadas como se fossem de primeira habitação.

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Ana Abrunhosa, enviou para o Ministério Público 21 processos para análise. Também o autarca de Pedrógão Grande já tinha referido que enviou para análise do MP um conjunto de processos, sem especificar quantos.

Na quarta-feira, a Polícia Judiciária realizou buscas na Câmara de Pedrógão Grande e na Casa da Cultura, onde esteve sediado o gabinete que analisava os processos sobre a reconstrução das casas.

O grande incêndio que deflagrou em 17 de junho de 2017, em Pedrógão Grande, e que se alastrou depois a concelhos vizinhos, provocou 66 mortos e 253 feridos, sete deles com gravidade, tendo destruído cerca de 500 casas, 261 das quais eram habitações permanentes, e 50 empresas.

lusa.pt

Previous Casimiro Santos alcança 2º lugar no Concurso Nacional de Pizzaiolos com pizza de requeijão e doce de abóbora
Next 13 detenções, 573 infrações e 69 acidentes no distrito de Coimbra

Artigos Relacionados

Última Hora

Praia Fluvial de Avô hasteou bandeiras “Praia Acessível” e “Praia da Rede de Aldeias do Xisto”

A Praia Fluvial de Avô, que após as intempéries causadas pelas enxurradas esteve interdita, reúne agora as condições necessárias e encontra-se apta a banhos.

Desporto

Conheça o calendário desportivo de fim-de-semana

O Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) recebe em casa, este domingo, 29 de abril, o Febres. A partida da 28ª jornada do Campeonato da Divisão de Honra da

Região

PJ deteve suspeito de tentar incendiar uma casa de madeira na Praia de Mira

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, deteve um homem suspeito de tentar incendiar uma casa de apoio, com recurso a uma pinha, na Praia de

Destaque

Fernando Tavares Pereira é candidato à presidência do Sporting (com áudio)

O empresário Fernando Tavares Pereira, vai apresentar a sua candidatura ao Sporting Clube de Portugal, na próxima quarta feira em Coimbra, em local ainda por designar.

Informação

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova. Este sábado, dia de 3 de dezembro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 9.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova. Este sábado, dia de 3 de dezembro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 9.º programa “A Escola e

Região

Foi detido um homem fortemente indiciado pela prática de um crime de incêndio florestal em Vila Verde

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Braga, com a colaboração da GNR, identificou e deteve o presumível autor da prática de um crime de incêndio florestal, ocorrido

Última Hora

Cerca de 480 alunos semearam 1500 bolotas e castanhas em Oliveira do Hospital

Hoje , Dia Mundial da Bolota, cerca de 480 alunos de vários estabelecimentos de ensino pré-escolar  participaram na ação “Semeia uma bolota, faz nascer uma árvore” que resultou na sementeira

Desporto

Bruno Conceição deverá continuar a treinar o FCOH

O treinador do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH), clube que ontem se sagrou campeão distrital da Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra (AFC) …

Última Hora

‘Gabriel’ chega hoje com chuva, neve e vento forte

Portugal continental está a ser afetado esta terça-feira pela passagem da depressão ‘Gabriel’, centrada na Bretanha, França, prevendo-se períodos de chuva, queda de neve e vento forte,…

Região

Movimento insiste no alargamento de prazos para pedir ajuda do Estado

O Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) insiste na necessidade de serem alargados os prazos para os pedidos de diferentes ajudas …

Região

Arganil e Côja acolhem hoje workshops sobre “A Saúde a que tem Direito”

No âmbito do Protocolo entre o Município de Arganil e a DECO, e tendo subjacente que no mês de fevereiro se comemoram o Dia Mundial do Doente, o Dia Nacional

Informação

Nem a chuva impediu o Carnaval da Beira Serra em Lagares da Beira

O Carnaval da Beira Serra animou, ontem à tarde, a vila de Lagares da Beira no concelho de Oliveira do Hospital.