Homem de 70 anos morre em jogo de “futebol a andar” em Miranda do Corvo

Um homem com cerca de 70 anos morreu hoje em Miranda do Corvo, distrito de Coimbra, quando praticava desporto num torneio de “futebol a andar” para seniores.

A vítima disputava um jogo, cerca das 11h40, num torneio promovido pela Universidade Sénior da Fundação ADFP.

O homem foi assistido por uma equipa dos bombeiros voluntários presentes no local e ainda por equipa da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER), que atestou o óbito no local.

A vítima integrava a equipa da Universidade Sénior de Rio de Mouro, Sintra.




Tábua de Queijos e Sabores da Beira: “Queremos atingir os 30 mil visitantes”

É já nos próximos dias 6, 7 e 8 de março que realiza a 31ª edição do “Tábua de Queijos e Sabores da Beira”, no Pavilhão Multiusos de Tábua.

O objetivo da autarquia é “atingir e, se possível, superar os 30 mil visitantes” ao certame que promove os produtos locais como o queijo da Serra, os enchidos, o pão, o mel e o vinho do Dão.

Mário Loureiro, presidente do Município de Tábua, na conferência de imprensa de apresentação do evento, adiantou que o desejo da autarquia é superar o número de visitantes registado nas últimas edições.

O autarca começou por detalhar o programa da festa que se inicia na sexta-feira, dia 6 de março, com a “inauguração de um monumento de homenagem ao pastor”, em São Geraldo, na União de Freguesias de Covas e Vila Nova de Oliveirinha.

No dia 7, sábado, o responsável destacou o showcooking com o chef Luís Lavrador, “no âmbito da CIM Região de Coimbra, Região Europeia da Gastronomia 2021”.

A prova de vinhos também constitui um dos momentos altos do segundo dia. “O nosso vinho, aliado ao queijo, ao pão e aos enchidos trazem muita gente a Tábua”, defendeu.

Já no último dia do certame, destaque para a “eleição da Rainha das Vindimas”, integrada numa “iniciativa que decorrerá a nível nacional, promovida pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho”.

Com as expetativas elevadas, Mário Loureiro referiu que “espera fazer este evento com um investimento inferior a 30 mil Euros, ou seja, menos de um euro por visitante”.

Por sua vez, Ricardo Cruz, vice-presidente da autarquia de Tábua, explicou pormenorizadamente como está organizado o evento no Multiusos. Segundo o responsável, o piso zero do pavilhão é dedicado às “artes e aos ofícios”, com a apresentação e venda de produtos endógenos da região e do concelho.

Para degustar de produtos ou de refeições estarão presentes “tasquinhas, numa colaboração com as Juntas de Freguesia e Associações Locais”. Também o pão estará nas montras numa área reservada à “promoção de padarias e pastelarias”. Ainda no mesmo piso encontra-se o palco onde decorrerão espetáculos ao longo dos dias da feira.

Como é habitual, a área exterior do pavilhão é também palco de inúmeras iniciativas. As “galerias” vão presentear os visitantes com produtos hortícolas e frutos secos.

O Grupo Gea volta a marcar presença no “Tábua de Queijos”, “numa valorização do mundo animal, com mostra de animais como ovelhas, cão da Serra e momentos de tosquia”. Na conhecida área do “Picadeiro” vão-se realizar as habituais “voltas a cavalo”.

O primeiro piso é dedicado a bebidas. Para além de uma zona de café e bar, encontram-se stands para provas de vinhos e licores.

De acordo com os autarcas, o certame contou com cerca de 40 inscrições de expositores, o que leva à autarquia a “começar a pensar em alargar o espaço”.




Sonae Arauco presente no maior evento ibérico do setor, a Maderalia 2020, em Valência

A Sonae Arauco, um dos maiores produtores mundiais de painéis derivados de madeira, com uma unidade de produção em Oliveira do Hospital, estará presente na FIMMA – Maderalia 2020,…

… Feira Internacional de Tecnologia, Materiais e Componentes para Móveis, Design de Interiores e Projetos de Contracting. A feira, que acontece de 10 a 13 de março em Valência, Espanha, é um evento de referência para todos os profissionais do setor, incluindo decoradores, designers de interiores e arquitetos.

João Berger, Chief of Marketing and Sales Officer da empresa, refere em comunicado enviado à Rádio Boa Nova que  “a Sonae Arauco esforçou-se para mostrar aos visitantes da Maderalia todo o seu portefólio. O nosso stand será, sem dúvida, um dos maiores, e terá como foco o design, a criatividade e a sustentabilidade. Foi projetado para que os visitantes possam conhecer as inúmeras possibilidades oferecidas pelos nossos materiais, respondendo a todas as suas necessidades”.

O espaço – um dos maiores stands da feira, com 320 m2 – será construído inteiramente com materiais da própria marca, para que os participantes possam vê-los e testá-los no local.

Os visitantes vão poder ver a coleção Innovus, que reúne as mais inovadoras propostas de decorativos e acabamentos. Esta coleção possui uma taxa de renovação de produtos decorativos superior a 40%, inclui mais de 200 referências decorativas e permite criar mais de 260 combinações com acabamentos diferenciados, entre os quais: Stucco, Cosmos, Flow, Fusion e Spirit.

A Maderalia permitirá também aos visitantes descobrirem os novos materiais ecológicos da Sonae Arauco, como é o caso da linha Core & Technical.

O stand da marca terá ainda exposto o 3DF, premiado na Interzum 2019 pela grande versatilidade e possibilidades criativas que apresenta. Este produto é constituído por uma placa termoformável derivada da madeira da Sonae Arauco que, se submetida à ação da temperatura e da pressão (processo de modelagem por compressão), pode adquirir inúmeros formatos.

Em Portugal, a Sonae Arauco tem unidades industriais em Castelo de Paiva, Mangualde, Oliveira do Hospital e Sines. O seu catálogo inclui uma ampla gama de produtos que respondem a diferentes necessidades do mercado, desde o mais standard até ao mais exigente tecnicamente, com a garantia de que toda a madeira utilizada provém de fontes sustentáveis, certificadas e de origem controlada.




APAV ajudou mais de mil crianças vítimas de violência sexual em quatro anos

A Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV) fez acompanhamento especializado a 1.167 crianças e jovens vítimas de violência sexual entre 2016 e 2019 em 180 concelhos, no âmbito do projeto CARE.

Segundo comunicado enviado à Rádio Boa Nova, este projeto cofinanciado pela Fundação Calouste Gulbenkian arrancou em 2016, permitindo o acompanhamento das vítimas, seus familiares e amigos – foco principal desta intervenção — mas também o estabelecimento de parcerias com a Polícia Judiciária, responsável pela investigação destes crimes, com o Instituto de Medicina Legal, com as perícias legais a cargo, e com o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Os técnicos do Projeto/Rede CARE identificam as necessidades das vítimas, escutando e ajudando as crianças e jovens e respetivas e famílias a lidar com as consequências que o crime causou nas suas vidas, apoiando nas consequências mais diretas, mas também no confronto com questões e necessidades jurídicas, sociais e práticas que possam surgir.

Além do apoio às vítimas, o Care – rede de apoio especializado a crianças e jovens vítimas de violência sexual -, tem também uma componente de formação e capacitação dos técnicos e a estruturação de melhores procedimentos para acompanhar estes casos em articulação com todas as entidades envolvidas, tendo as acções abrangido mais de 16.000 participantes.

Em quatro anos de projeto foram apoiadas 1.167 crianças e jovens e 154 familiares e amigos, tendo sido realizados 15.204 atendimentos e segundo a APAV, há cada vez mais pedidos de apoio dirigidos à rede CARE, tendo duplicado desse o início do projeto: 195 novos casos em 2016 e 417 novos casos em 2019.

Na maioria dos casos comunicados à APAV, as vítimas eram raparigas e, à data do pedido de apoio, tinham entre 14 e 17 anos de idade.

A vitimação ocorre sobretudo em contexto intrafamiliar (52,2% dos pedidos de ajuda recebidos), sendo, sobretudo, praticada, nestes casos, por pais/mães ou padrastos/madrastas e em 58% dos casos os crimes ocorreram de forma continuada.

Segundo dados da APAV, 78,7% das situações reportadas foram denunciadas às autoridades policiais e tribunais.

A APAV promove hoje um seminário sobre o papel do projeto CARE, no âmbito do Dia Europeu da Vítima de Crime, assinalado a 22 de fevereiro.

Esta efeméride foi instituída pelo Victim Support Europe, organização que reúne 58 instituições de apoio à vítima oriundas de 30 países europeus, para recordar os direitos de quem é vítima de crime.




Linha da Beira Alta cortada entre Guarda e Vilar Formoso devido a incêndio

A circulação ferroviária na linha da Beira Alta, entre a Guarda e Vilar Formoso, está cortada, não se conseguindo prever ainda quando poderá ser normalizada. Em causa está um incêndio que provocou danos estruturais. 

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, estava agendada uma intervenção na linha, no apeadeiro de Gata, para a manhã desta quinta-feira. Porém, um equipamento da empresa que realizava as obras de manutenção incendiou-se.

As chamas acabaram por se alastrar à catenária – sistema de distribuição e alimentação elétrica aérea – e, apesar de o fogo já estar extinto, há danos estruturais que têm de ser reparados pelas Infraestruturas de Portugal.

Do incidente não há feridos a registar.




ASAE apreendeu cerca de 400 artigos de carnaval

A Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) apreendeu cerca de 400 artigos de Carnaval, designadamente disfarces de adulto e criança,…

… brinquedos e artigos de cariz pornográfico, num valor total que rondou os 4.500 Euros.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a ASAE refere que a apreensão resultou de uma operação de fiscalização realizada neste mês de fevereiro, a nível nacional, dirigida à verificação dos requisitos de comercialização de artigos de Carnaval designadamente disfarces, máscaras e produtos associados, com vista à segurança dos seus utilizadores.

A ASAE adianta que “foram fiscalizados 171 operadores económicos, tendo sido instaurados 31 processos de contraordenação destacando-se como principais infrações irregularidades na marcação «CE», o desrespeito das regras do anúncio de venda com redução de preços, a falta de tradução para a língua portuguesa, a falta de indicação, falta de informação obrigatória na embalagem, incumprimento dos requisitos para comércio de produtos de conteúdo pornográfico fora dos estabelecimentos de sex shop, utilização indevida das denominações de produtos têxteis, entre outros”

Em comunicado, a ASAE informa que, “no âmbito das suas competências, continuará a desenvolver ações de fiscalização no mercado de forma a verificar o cumprimento das obrigações legais dos operadores económicos no âmbito da segurança geral dos produtos e na defesa dos direitos dos consumidores”.




Administração Regional de Saúde garante dois novos médicos para Mortágua

A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) garantiu hoje que, na próxima semana, dois novos médicos…

… começarão a trabalhar no Centro de Saúde de Mortágua.

Em comunicado enviado à agência Lusa, a ARSC refere que “o Centro de Saúde de Mortágua regista atualmente a falta de três médicos de Medicina Geral e Familiar”, dois dos quais por baixa e um por licença de paternidade.

“No sentido de garantir a assistência aos seus utentes, a ARSC está a contratar dois novos médicos que iniciarão funções já na próxima semana, aguardando-se, entretanto, o regresso do clínico de licença de paternidade em março”, acrescenta.

Hoje, os deputados do PSD eleitos pelo círculo de Viseu mostraram-se preocupados com a falta de médicos no centro de saúde de Mortágua.




Lagares da Beira: Carnaval da Beira Serra “será muito bom e com muita alegria”

Nos dias 24, 25 e 26 de fevereiro cumpre-se a 43ª edição do Carnaval da Beira Serra, em Lagares da Beira, …

… no concelho de Oliveira do Hospital. O cortejo carnavalesco acontece na tarde de terça-feira, dia 25, e a organização assegura que “será muito bom e com muita alegria”.

Certo de que o tempo vai estar bom neste Carnaval, o presidente da direção da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira só pode prever que a 43ª edição do Carnaval da Beira Serra resulte num sucesso.

Convidado desta manhã do programa “Outras Conversas” da Rádio Boa Nova, Telmo Esteves, disse que o cortejo carnavalesco, que acontecerá na tarde de 25 de fevereiro, a partir das 14h30, será “muito bom e com muita alegria”.”

Desde que haja sol, há sempre a possibilidade de fazer um corso com muita alegria”, referiu o responsável a propósito de um trabalho que tem vindo a ser realizado desde há dois meses por grupos de pessoas e instituições. “É bom que as pessoas venham, para que Lagares da Beira também possa mostrar que tem capacidade para grandes eventos”.

Segundo o responsável, o Carnaval da Beira Serra “é o maior evento que Lagares faz e é dos maiores eventos que o concelho tem”, sendo uma demonstração da “força do voluntariado e do papel associativo”. Telmo Esteves destacou a tradição que o Carnaval tem em Lagares da Beira e que não se esgota nos últimos 43 anos em que o carnaval se tem realizado ininterruptamente. “A antiguidade deste Carnaval é ainda mais longínqua”, referiu o dirigente.

O programa do Carnaval da Beira Serra inicia no dia 24, pelas 22h, com o Baile do Chapéu. Porém, como referiu Telmo Esteves, o “dia forte é o dia 25” com o desfile com os carros alegóricos, com a entrada da fanfarra que irá buscar a rainha ao Agrupamento de Escolas, que depois fará o percurso para recolher todos os bairros participantes. “O percurso já e conhecido e é tradicional, todas as pessoas conhecem”, referiu. Telmo Esteves adiantou que “há trabalhos muito engraçados que partem da imaginação das pessoas envolvidas nos bairros ou instituições” e que contam com o acompanhamento do professor Brites, com experiência na elaboração de carros alegóricos.

Esta manhã, o responsável destacou os grupos participantes no Carnaval da Beira Serra: a Escola Básica Integrada de Lagares da Beira(com a rainha) e  alunos de Oliveira do Hospital,  o Bairro da Avenida, a Obra Eugénia Garcia Monteiro de Brito, a Associação Cultural e Recreativa de Lagares da Beira através do Rancho, a Associação de Jovens, o Pedro da Quinta da Pica com as Produções Carnavalescas, o Grupo da Vila do Mato, o Grupo de Aldeia Formosa e ainda um grupo de jovens que fará a construção de um carro bar. No conjunto participarão nove grupos, com cerca de 400 figurantes, com uma dezena de carros alegóricos que prometem animar as ruas da vila de Lagares da Beira.

Às portas da 43ª edição do Carnaval da Beira Serra, Telmo Esteves defendeu que o Carnaval deve ser feito com alguma sustentabilidade, pelo que a subida a um patamar superior só deverá acontecer quando houver condições. Atualmente o orçamento ronda os 12.500 Euros, à semelhança de anos anteriores, sendo “fundamentais” os apoios do Município de Oliveira do Hospital, da Junta de Freguesia de Lagares da Beira e de empresas patrocinadoras. Telmo Esteves entende, contudo, que o Carnaval de Lagares “precisa de ser reinventado no sentido de crescer”, defendendo a constituição de uma comissão organizadora externa aos bombeiros (como existiu no passado, como referiu o dirigente). “Precisávamos de uma maior envolvência de pessoas na organização”, afirmou Telmo Esteves, assegurando que o apoio dos bombeiros “será inequívoco”.

Falar de Carnaval da Beira Serra é falar também do Enterro do Entrudo e Leitura das Tradicionais Deixas, momentos que acontecem na noite de quarta-feira, dia 26, a partir das 22h00, pelas ruas da vila de Lagares da Beira.

O encerramento do Carnaval só acontece, porém, no próximo domingo, dia 1 de março com um almoço, porco no espeto, nas instalações da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira, com todas as pessoas  envolvidas na preparação e realização do Carnaval.

Esta manhã, no programa, “Outras Conversas”, Telmo Esteves lamentou o falecimento do bombeiro do Quadro de Honra e Crachá de Ouro, Agostinhos Campos Marques, que se encontra em câmara ardente no quartel de bombeiros de Lagares da Beira . O funeral realiza-se amanhã, dia 20, pelas 16h00.




Deputados do PSD preocupados com falta de médicos em Mortágua

Os deputados do PSD eleitos pelo círculo de Viseu mostraram-se hoje preocupados com a falta de médicos no centro de saúde de Mortágua,…

… que tem levado ao cancelamento de consultas.

Numa pergunta dirigida ao Ministério da Saúde, os deputados contam que, numa reunião realizada recentemente com profissionais do centro de saúde, constataram que “existe um grave problema no acesso às consultas de medicina familiar por falta de médicos”, desde novembro de 2019.

“Dos seis médicos existentes no quadro, apenas três se encontram em serviço e, mesmo esses, encontram-se com redução de horário de trabalho”, explicam em comunicado enviado à Rádio Boa Nova.

No seu entender, “esta falta de médicos e a incapacidade da direção do ACES (Agrupamento de Centros de Saúde) do Baixo Mondego para solucionar esta insuficiência levaram ao cancelamento de todas as consultas programadas, exceto para mulheres grávidas e crianças com menos de dois anos”.

Segundo os deputados Pedro Alves, Fernando Ruas, Carla Borges e António Lima Costa, verificou-se também o encerramento da extensão de saúde de Espinho e a redução do horário de funcionamento.

“Trata-se, portanto, de uma situação intolerável que coloca em causa a prestação de cuidados de saúde primários a uma população de mais de dez mil utentes”, sublinham

Por considerarem que se trata de um “problema muito grave que exige uma rápida resolução”, os deputados perguntam à ministra da Saúde “que medidas pretende tomar para resolver de imediato esta situação”.




Grupos de Ação Local da Região Centro manifestam apreensão com dinâmicas regionais

A Comissão Regional do Centro dos GAL – Grupos de Ação Local, criada no âmbito da Federação Minha Terra, reuniu em Cantanhede no passado dia 14 de fevereiro, com o objetivo de reforçar o trabalho conjunto,…

…efetuar o ponto de situação da implementação do DLBC e perspetivar as intervenções futuras no sentido de dar expressão a esta iniciativa de apoio ao desenvolvimento dos territórios rurais da Região Centro.

Manifestando extrema preocupação pelos atrasos verificados ao nível da execução das medidas de apoio ao desenvolvimento local, em particular os incentivos ao tecido empresarial da Região Centro, no que respeita aos pagamentos aos promotores com projetos aprovados, os GAL assumiram total empenho em trabalhar, conjuntamente com os parceiros locais, no sentido de ser alcançado, até ao final de 2020, um compromisso de 100% dos recursos financeiros alocados às respetivas estratégias e destinados à modernização do tecido económico e empresarial e a apoiar pequenos investimentos nas explorações agrícolas, na transformação e comercialização e na diversificação de actividades

Para tal, é fundamental que as Autoridades de Gestão, nomeadamente a CCDRC, autorizem a abertura dos Avisos de Concurso, promovam a simplificação e agilizem os procedimentos inerentes aos processos de aprovação e contratualização dos projetos, bem como sejam céleres no pagamento das ajudas aos Promotores, de forma a ultrapassar as dificuldades existentes, devolvendo assim a confiança e a expressão a uma intervenção de proximidade e de forte ligação aos territórios.

Os GAL reconhecem ainda a importância das novas intervenções territorializadas apresentadas recentemente pelo Governo, nomeadamente o Programa + CO3SO Emprego, o qual irá conferir uma nova dinâmica na aplicação dos apoios públicos, sobretudo nos territórios de baixa densidade.

Não obstante esta perspectiva, expressam a sua profunda apreensão quanto ao facto de alguns territórios – que não se localizam em baixa densidade- ficarem à margem de qualquer apoio no âmbito destas novas intervenções, situação que deverá ser corrigida sob pena de não existirem condições para a implementação das estratégias destes GAL.

Salientando a relevância de criação de uma medida especifica de apoio à empreendedorismo social que permitirá estimular o emprego e o pequeno investimento nas Instituições da Economia Social, e que há muito vem sendo reivindicada pelos GAL, demonstram a sua total disponibilidade para dinamizar a implementação da medida junto das IPSS dos respectivos territórios, apoiando os Beneficiários no sentido de promover o sucesso destas ajudas no reforço da efectiva coesão social da Região Centro.

Os 24 GAL rurais assumem-se como Organizações de proximidade, representativas de centenas de parceiros locais dos territórios, com larga experiência de cooperação na implementação das abordagens LEADER e das respectivas estratégias de desenvolvimento territorial.




João Baião promove Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital

O conhecido ator e apresentador de televisão, João Baião, vai ser o protagonista do spot promocional que o Município de Oliveira do Hospital lançará na próxima semana nas redes sociais e posteriormente nas televisões para promover a maior festa do queijo de Portugal – a Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital.

As filmagens, que envolveram cerca de 80 figurantes, decorreram esta terça-feira na pitoresca aldeia de São Gião, que integra a Rede de Aldeias de Montanha, e surpreenderam os habitantes locais, que acabaram também por ser envolvidos como figurantes.

Nos últimos anos, a organização da Festa do Queijo Serra da Estrela tem apostado em conhecidos atores e humoristas na realização de vídeos promocionais, como Fernando Mendes, Manuel Melo e Fernando Alves, da dupla Quim Roscas & Zeca Estacionâncio.

A Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital, que se realiza nos dias 14 e 15 de março no centro da cidade de Oliveira do Hospital, assume-se no fim de semana que antecede a Primavera como o principal cartaz turístico de toda a região centro.

O evento, tem como rei da festa o Queijo Serra da Estrela DOP, considerado um dos melhores queijos do mundo e conta com a participação de mais de 200 expositores de produtos endógenos, enchidos, vinhos do Dão, mel, artesanato e gastronomia. Ao longo dos dois dias serão, assim, várias as iniciativas que os milhares de visitantes esperados irão encontrar pelo recinto da festa, no Largo Ribeiro do Amaral (centro da cidade), e que se estende a algumas ruas próximas, com destaque para as provas de queijo e vinhos do Dão, tosquias e fabrico de queijo ao vivo, ou exposição animal.

De relevo é também a aposta na promoção do artesanato local através da presença de diferentes artesãos do concelho de Oliveira do Hospital que, no palco da tenda Queijo Serra da Estrela, farão demonstrações ao vivo das suas artes. A animação cultural e musical será uma constante, com a presença de dezenas de grupos do concelho e da região que irão atuar pelo recinto da festa e nos vários palcos instalados no certame.

Local de visita obrigatória é a Tenda de Eventos onde serão dinamizadas diversas iniciativas, ao longo dos dois dias, que complementam a venda de produtos endógenos de qualidade e o artesanato. Neste espaço, os visitantes poderão assistir aos shows cooking – sempre tendo como base aquela que é uma das Maravilhas da Gastronomia Portuguesa, o Queijo Serra da Estrela – com a presença de vários chefes. Para os mais pequenos, estará em funcionamento a Escolinha do Queijo com a execução de várias atividades centradas no Queijo Serra da Estrela e toda a atividade ligada à pastorícia.

Destaque ainda para o tão aguardado concurso de gastronomia “Com Queijo Serra da Estrela” que decorrerá no sábado, na tenda de eventos, com a apreciação das iguarias concorrentes e divulgação dos vencedores, bem como do concurso “A Maior Abóbora”. A confeção do “Maior Requeijão Serra da Estrela do Mundo” que será degustado com o não menos famoso “Doce de Abóbora” volta a centrar as atenções na edição deste ano do certame.

Prometendo ser um dos eventos nacionais mais mediáticos do país, o evento inicia dia 14 de março, às 9h00, com a transmissão em direto do programa Terra-a-Terra, da TSF.

Já na tarde de domingo, as atenções estarão centradas na emissão do programa “Somos Portugal” da TVI, entre as 14h00 e as 20h00, que irá mostrar a maior Festa do Queijo Serra da Estrela nos ecrãs de televisão de Portugal e do estrangeiro.

Ao longo dos dois dias também a emissora local Rádio Boa Nova fará transmissão especial em direto do certame.

Na edição deste ano, os visitantes vão ser novamente contemplados com o chamado “Comboio do Queijo Serra da Estrela” que, conjuntamente, com os “Tuk-Tuk” da “Hillstar Eventos”, conduzirão gratuitamente os visitantes aos principais pontos de interesse turístico do Município de Oliveira do Hospital.




Tondela: Incêndio desaloja mãe e filho

Um incêndio numa habitação na última madrugada fez dois desalojados em Carvalhal, no concelho de Tondela.

Segundo informações do Comando Distrital de Operações de Socorro de Viseu, o fogo ocorreu na sala da casa, que ficou sem condições de ser habitada por ter ficado cheia de fumo.

O alerta para o incêndio foi dado às 2h46 da manhã. Os dois habitantes da moradia são uma mulher, de 75 anos, e o filho, de 46.

Para o combate às chamas, foram mobilizados 17 operacionais dos Bombeiros de Tondela, apoiados por quatro carros.

Fonte: Jornal do Centro




Coimbra: GNR registou 589 infrações e 85 acidentes na última semana

Na semana de 11 a 17 de fevereiro, o Comando Territorial de Coimbra da GNR registou 589 infrações e procedeu a 22 detenções em flagrante delito no âmbito…

… de um conjunto de  operações, que visaram a prevenção  e o  combate à criminalidade violenta, bem como a fiscalização rodoviária. A GNR registou 85 acidentes nas estradas do distrito.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR destaca entre as 589 infrações detetadas, 44 por falta de inspeção periódica obrigatória, 24 relacionadas com tacógrafos, 11 por excesso de velocidade, 32 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 17 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança e/ou sistema de retenção para crianças,  15 por condução com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei e igual número por falta de seguro de responsabilidade civil.

Dos 85 acidentes registados, a GNR adianta que resultaram dois feridos graves e 27 feridos leves.

Na mesma semana de operação, de 11 a 17 de fevereiro, as autoridades procederam a 22 detenções em flagrante delito, destacando 11 por condução sob o efeito do álcool, cinco por furto, duas por condução sem habilitação legal e uma por tráfico de estupefacientes.

Foram apreendidas oito doses de cocaína, três doses de canábis, duas doses de heroína, uma dose de haxixe, dois gramas de liamba e um veículo.

No âmbito da fiscalização geral, a GNR emitiu 35 autos de contraordenação: 23 na área da legislação da proteção da natureza e do ambiente e 12 no âmbito da legislação policial.

Na última semana, as autoridades realizaram ações de sensibilização de âmbito florestal, “Internet Segura”, Operação Pirotecnia, “Violência não é opção”, “Violência no namoro”, “Guarda por um Dia”, “Idosos em Segurança” e “Violência no meio escolar”.




IEFP e Turismo Centro de Portugal lançam curso formativo de Técnico de Comunicação e Marketing Digital em Turismo

O IEFP – Instituto do Emprego e Formação Profissional e o TCP – Turismo Centro de Portugal apresentaram ontem, numa conferência de imprensa, em Aveiro, um novo percurso formativo em Técnico de Comunicação e Marketing Digital em Turismo (Centro de Portugal).

Segundo comunicado enviado à Rádio Boa Nova, este percurso formativo do IEFP decorrerá em várias localidades da Região Centro e resulta do trabalho de colaboração entre as duas instituições, na sequência da celebração de um Protocolo de Colaboração, em março de 2018.

A conferência de imprensa teve lugar no Centro de Formação de Aveiro do IEFP e contou com as presenças de António Alberto Costa, delegado regional do IEFP, e Pedro Machado, presidente do Turismo Centro de Portugal.

Na ocasião, António Alberto Costa realçou a importância do protocolo. “Numa altura em que o Turismo se constitui como uma das principais atividades económicas do país, assumem importância acrescida a qualificação e competências de quem trabalha nesta atividade. Com este curso, pretende-se tornar a atividade turística cada vez mais aliciante para os jovens licenciados, ou com o 12.º ano”, sublinhou. “No IEFP, queremos continuar a criar novas oportunidades, antecipando novas profissões e novos negócios, e apostar na aprendizagem ao longo da vida, possibilitando múltiplos trajetos para os profissionais”, acrescentou.
Pedro Machado destacou os números recentes do INE, que comprovam que em 2019 se ultrapassou, pela primeira vez, a barreira de 7 milhões de dormidas no Centro de Portugal. “Este processo de crescimento consolidado da região coloca novos desafios. O aumento da procura traz novos viajantes, que têm preocupações diferentes, como diminuir a sua pegada ecológica ou imergir nas culturas locais. Procuram também produtos turísticos diferentes, como o enoturismo, o turismo espiritual ou o turismo LGBT. Para dar resposta a estas novas solicitações, precisamos de profissionais disponíveis para esta procura, que sejam qualificados e que tenham um mix de competências”, defendeu Pedro Machado. “Este novo curso formativo responde a esta necessidade e vem, por outro lado, ao encontro de outro desafio, que é o da valorização das profissões associadas ao Turismo. É exigência do Turismo Centro de Portugal que se pague um valor justo a quem trabalha nesta área”, disse ainda Pedro Machado.

A duração total do percurso formativo em Técnico de Comunicação e Marketing Digital em Turismo (Centro de Portugal) é de 600 horas: 300 horas de Formação em Sala e 300 horas de Formação Prática em Contexto de Trabalho.A Formação em Sala decorrerá em instalações identificadas pelos Centros de Emprego e Formação Profissional de Aveiro, Leiria, Viseu e Centro de Emprego da Covilhã. A formação decorre em regime laboral (8h00 às 20h00), a tempo parcial, com uma carga horária semanal máxima de 28 horas.
O plano de estudos é composto por quatro módulos, a saber: “O Turismo em Portugal” (25 horas), “Comunicação em Língua Estrangeira” (100 horas), “Atendimento e Serviço ao Cliente” (100 horas) e “Comunicação e Marketing Digital” (75 horas).

A Formação Prática em Contexto de Trabalho será assegurada através de parcerias que permitam e potenciem o reforço da capacitação dos formandos, mobilizando as entidades empregadoras neste projeto, que tem como fim último a empregabilidade dos formandos. Esta componente terá uma carga horária semanal máxima de 35 horas. As entidades que recebam os formandos em contexto laboral podem beneficiar posteriormente de programas de apoio ao emprego do IEFP, nomeadamente Estágios Profissionais e Contrato Emprego.




Moimenta da Beira: Criança de 12 anos morre de doença súbita na escola

Uma menina de 12 anos morreu na manhã de terça-feira, no início de uma aula de educação física, no pavilhão da Escola Secundária de Moimenta da Beira, vítima de “uma paragem cardiorrespiratória”.

Segundo o comandante dos Bombeiros, José Alberto Requeijo, os bombeiros voluntários foram acionados para um episódio de epilepsia, que era histórico da jovem. “Já tinha acontecido outras vezes e a menina andava inclusivamente a ser acompanhada pela especialidade”, adiantou o comandante.

José Alberto Requeijo conta que a equipa de emergência que chegou “viu as funcionárias e professora em pânico, já a tentarem fazer as manobras de suporte básico”.

A adolescente entrou em paragem cardiorrespiratória que ainda chegou a ser revertida com a ajuda da SIV quando se aplicou a DAE.

A menina foi ainda transportada para as urgências de Moimenta da Beira enquanto se esperava pelo helicóptero de Viseu.

Já na urgência uma repetição de paragem cardiorrespiratória fez com que o óbito fosse ali declarado.

O comandante dos bombeiros afirmou ainda que “hoje todos os meios foram acionados rapidamente”.

Estiveram no local quatro operacionais acompanhados por duas ambulâncias, INEM e um helicóptero.




Mêda: Homem de 80 anos morre em acidente com trator agrícola

Um homem com 80 anos morreu ontem na sequência do despiste de um trator agrícola no concelho de Mêda, no distrito da Guarda.

Segundo fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) da Guarda, o acidente ocorreu pelas 18h40, num terreno agrícola do lugar da Cornalheira, situado próximo da aldeia de Fontelonga, no concelho de Mêda.

O comandante dos Bombeiros Voluntários de Mêda, José Lemos, referiu à Lusa que o trator “caiu de um patamar com cerca de 20 metros de altura e o condutor ficou debaixo dele”.

O homem foi transportado para o Serviço de Urgência Básica do Centro de Saúde de Vila Nova de Foz Côa, onde o óbito foi confirmado.

José Lemos referiu ainda que as causas do acidente estão a ser investigadas pelo Núcleo de Investigação de Crimes em Acidentes de Viação (NICAV) do Comando Territorial da GNR da Guarda.

Nas operações de socorro estiveram envolvidos sete veículos e 26 elementos, dos Bombeiros Voluntários de Mêda, da GNR e do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), indicou o CDOS da Guarda.




Mais uma criança com suspeita de coronavírus em Portugal

Há mais um caso suspeito de infeção por novo coronavírus em Portugal. Trata-se de uma criança que, após avaliação clínica…

…e epidemiológica, foi encaminhada para o Hospital Dona Estefânia, em Lisboa.

Em comunicado a Direção-Geral da Saúde (DGS)informa que a menor em causa regressou, recentemente da China.

Tal como nos restantes casos, serão realizadas colheitas de amostras biológicas para análise pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA).

Recorde-se que o Hospital Dona Estefânia é o hospital de referência pediátrico para estas situações.




Crianças plantaram árvores oferecidas pela Worten e ERP Portugal ao Município de Oliveira do Hospital

Decorreu, esta manhã, mais uma ação de reflorestação no concelho de Oliveira do Hospital. Cerca de 60 crianças plantaram árvores oferecidas pela Worten e ERP Portugal, na freguesia de Aldeia das Dez.

Teresa Dias, vereadora do Ambiente e das Florestas do Município de Oliveira do Hospital, referiu, em declarações à Rádio Boa Nova, que este tipo de ações já tinham importância antes dos incêndios de 2017, “mas depois dos incêndios ainda têm uma importância mais significativa”.

“É uma aula de educação ambiental que acontece porque, para além de se plantarem árvores, cresce a consciencialização ambiental nestes alunos”, defendeu.

A vereadora adiantou que 2019 foram plantadas árvores em 40 hectares. Das 12 mil árvores, entre medronheiros e carvalhos, oferecidas pela Worten e ERP Portugal, quatro turmas do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital plantaram uma parte da oferta, sendo que, até março, vão decorrer mais ações de reflorestação.

 

À Rádio Boa Nova, Mário Costa, Diretor de Expansão e Ambiente da Worten, explicou que a empresa do grupo SONAE “tem um compromisso muito grande com o ambiente”. “É um dos vectores da empresa, em termos de sustentabilidade, podermos estar mais próximos das comunidades locais”, referiu, adiantando que a oferta é resultado de uma campanha realizada no final do ano passado que “visava recolher toneladas de resíduos que clientes já não precisavam”.

 

Do lado da ERP Portugal, Rosa Monforte, Diretora Geral da Entidade Gestora de Resíduos, afirmou que, como parceiros da Worten há muitos anos” foi fácil aceitar o desafio. “Nós gerimos os resíduos que a Worten nos entrega”, explicou, evidenciando que o objetivo é dar continuidade a este tipo de iniciativas. “O que não falta é terreno e área para reflorestar”, concluiu.




GNR  deteve mulher de 41 anos suspeita de tráfico de estupefacientes em Seia

O Comando Territorial da Guarda, através do Posto Territorial de Seia, deteve no dia 16 de fevereiro, uma mulher com 41 anos,…

… por tráfico de estupefacientes, no concelho de Seia.

Segundo adianta a GNR, “no decorrer de uma ação de fiscalização rodoviária, a suspeita demonstrou nervosismo na abordagem feita pelos militares, pelo que lhe foi efetuada uma busca, tendo sido detetado e apreendido na sua posse: 21 doses de canábis, três doses de liamba, dois telemóveis, 30 euros em numerário, utensílios de corte e acondicionamento de produto”.

A detida foi constituída arguida e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Seia, informa a GNR.




País:  GNR detetou 863 condutores a utilizar o telemóvel enquanto conduziam

A Guarda Nacional República (GNR) intensificou a fiscalização ao uso indevido do telemóvel durante a condução,…

…entre os dias 11 e 17 de fevereiro, um pouco por todo o país.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR adianta que durante a operação ‘Smartphone, Smartdrive’ foram fiscalizados 39 mil condutores e detetadas 13.228 contraordenações, entre as quais 863 por uso indevido do telemóvel no exercício da condução, 2.845 por excesso de velocidade, 878 por falta de inspeção periódica obrigatória, 723 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 544 por falta ou incorreta utilização do cinto de segurança ou sistema de retenção para crianças e 375 por falta de seguro.

Neste período foram ainda detetados 449 condutores com excesso de álcool, dos quais 197 foram mesmo detidos por condução com uma taxa de álcool superior a 1,2g/l e 135 por falta de habilitação legal para conduzir.

A GNR relembra que a utilização de telemóveis, tablets ou dispositivos similares para a realização de chamadas, envio de mensagens escritas ou consulta de redes sociais, durante a condução acarreta vários riscos como a distração visual (tira os olhos da estrada), limitação motora (tira as mãos do volante) e condicionamento cognitivo (distração na condução).

Durante o ano de 2020, as autoridades vão continuar a exercer uma fiscalização intensiva e terá uma especial preocupação com os comportamentos de risco dos condutores, sobretudo os que ponham em causa a sua segurança e a de terceiros.




Leiria candidata-se a Cidade Europeia do Desporto em 2022

Leiria vai candidatar-se a Cidade Europeia do Desporto em 2022 porque “respira desporto”, diz o vereador com este pelouro no município, realçando os níveis de atividade física e desportiva no concelho, “ímpares na realidade nacional”.

Na quarta-feira, a cidade lança a candidatura, sob o lema “Leiria é de todos e para todos”, suportada na ideia de que “a atividade física é um eixo prioritário da intervenção municipal desde há largos anos”, explica à agência Lusa Carlos Palheira.

“O desporto tem hoje uma grande expressão no nosso território. Leiria acredita nos valores intrínsecos do desporto e que estes ajudam a criar uma sociedade cada vez melhor. Enfim, Leiria respira desporto”, realça o vereador.

Ser Capital Europeia do Desporto ajudará Leiria a aumentar a “notoriedade e visibilidade em termos nacionais e internacionais” e “projetará tudo o que de bom faz na área do desporto”.

“Estamos a capacitar o concelho com um conjunto de infraestruturas que vão melhorar e aumentar as possibilidades de prática desportiva formal e informal”, frisa Carlos Palheira.

A nível associativo, a atribuição do título em 2022 pode configurar “uma grande oportunidade para mostrar tudo o que de bom se faz cá”.

Segundo o vereador, os principais argumentos da candidatura de Leiria são “o aumento dos níveis de prática da atividade física e desportiva”, sobretudo nas áreas do “desporto para todos e desporto informal”.

“Os níveis de atividade física e desportiva na cidade de Leiria são ímpares, na realidade nacional”, garante Carlos Palheira.

A par disso, assiste-se a um “crescimento em termos absolutos do número de praticantes, do número de clubes, do número de eventos, da diversidade da prática em Leiria, do número de instalações desportivas, da inclusividade da prática”.

Para o responsável municipal, destaca-se “o desporto informal com a sua força, a aptidão natural que Leiria tem denotado para a prática desportiva, em que são reflexo os seus campeões nacionais”.

Na quarta-feira, a cidade lança publicamente a candidatura a Cidade Europeia do Desporto 2022, com o lançamento do questionário de candidatura, que será apresentada posteriormente.

A cerimónia inclui uma festa envolvendo o associativismo desportivo da cidade, simbolicamente incluída na corrida e caminhada semanal “Brisas do Lis Night Run”, que arrancou em 2013.

lusa.pt




AEOH implementa instrumento de certificação do ensino profissional (com vídeo)

Cristina Borges, sub-diretora do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital esteve, esta manhã, no programa “Outras Conversas” da Rádio Boa Nova. A responsável abordou a implementação…

… do Quadro de Referência Europeu de Garantia da Qualidade para a Educação e Formação Profissionais (Quadro EQAVET), que visa a melhoria contínua do Ensino e Formação Profissional ministrados no AEOH.

Veja o vídeo>>>




Pulseira electrónica para suspeito de violência doméstica

O Comando Territorial de Coimbra, através do Posto Territorial de Souselas, no dia 13 de fevereiro, deteve um homem de 49 anos, pelo crime de violência doméstica, no concelho de Coimbra.

Em comunicado enviado à Rádio Boa Nova, a GNR refere que “na sequência de uma investigação por violência doméstica, os militares apuraram que o suspeito agredia a sua companheira, uma mulher de 45 anos e o seu filho menor de 13 anos, intimidando-a com a sua presença”.

Adianta a GNR que “o detido foi presente, no dia 14 de fevereiro, a primeiro interrogatório judicial, no Tribunal Judicial de Coimbra, tendo-lhe sido aplicadas as medidas de coação de obrigação de não contactar, por qualquer meio, com a vítima, devendo manter um afastamento num raio não inferior a 500 metros e obrigação de não se aproximar da residência habitada pela ofendida, ambas as medidas monitorizadas através de pulseira eletrónica”.




Mais de 1500 figurantes participam no desfile de Carnaval do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

O Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital irá realizar, no próximo dia 21 de fevereiro, o Desfile de Carnaval 2020, participado pelos alunos de todas as escolas do concelho.

“AEOH Sustentável” é o tema do desfile deste ano, no qual participarão mais de 1500 figurantes, entre alunos e adultos acompanhantes. As crianças dos estabelecimentos de educação pré-escolar do ensino público e privado e os alunos de todas as escolas do 1.º ciclo do AEOH estarão de novo envolvidos na iniciativa que conta ainda com a participação de alunos do 2.º ciclo de diversas turmas.

No total, a iniciativa envolve alunos de 25 estabelecimentos de ensino, estando confirmada a presença de crianças e jovens da ARCIAL, Centro Social de Aldeia das Dez, Centro Social e Paroquial do Seixo da Beira, Escola Ninho de Amor, Fundação Aurélio Amaro Dinis e Obra D. Josefina da Fonseca. O cortejo será enriquecido com diversos carros alegóricos, um dos quais surge no âmbito da parceria que vem decorrendo há alguns anos entre o Agrupamento de Escolas e os Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira. As duas instituições têm colaborado com o intuito de enriquecer mutuamente os respetivos desfiles e, no dia 25 de fevereiro, cerca de 50 alunos de diversas escolas do AEOH desfilarão no Carnaval da Beira Serra, cuja rainha, este ano, foi também escolhida na Escola Básica de Lagares da Beira.

O desfile do Agrupamento de Escolas anima de cor e música as ruas de Oliveira do Hospital e é uma tradição iniciada há mais de duas décadas, aguardada com enorme expetativa pela comunidade, que todos os anos deixa as ruas da cidade repletas de um público entusiasmado com os marchantes. Desde 2015 que o desfile integra todas as escolas do ensino público do concelho e a organização conta com a colaboração da Câmara Municipal, da GNR, dos Bombeiros Voluntários de Lagares da Beira e de diversas IPSS concelhias.

O corso terá o seu início na sede do Agrupamento, e terminará na Avenida Doutor Francisco Sá Carneiro, percorrendo os seguintes arruamentos de Oliveira do Hospital: Rua Comendador Manuel Rodrigues Lagos, Rua do Ameal (até à Rotunda do Cavaleiro), Rua Doutor António Ribeiro Garcia de Vasconcelos, Avenida dos Combatentes da Grande Guerra, Largo Major Fernando Lobo da Costa, Rua do Colégio, Rua Professor Doutor Antunes Varela e Rua Engenheiro Adelino Amaro da Costa.




Worten e a ERP Portugal oferece árvores para acção de reflorestação em Oliveira do Hospital

Realiza-se esta manhã, entre as 11h00 e as 13h00, uma ação de reflorestação, junto à estrada entre Vale de Maceira e o Piodão, na freguesia de Aldeia das Dez, no Município de Oliveira do Hospital.

Nesta ação, que decorre pelo segundo ano consecutivo no pós incêndios de 2017, as árvores são oferecidas pela Worten e a ERP Portugal, sendo que em 2020 serão entregues 12 mil árvores (medronheiros e carvalhos).

Nesta ação, estarão envolvidos representantes da Worten; ERP Portugal, alunos do Agrupamento de Escola de Oliveira do Hospital e autarcas locais.