Ca$h Resto Z€ro: “Portugal não foi nada Europeu neste ato eleitoral”
31 Maio, 2019 695 Views

Ca$h Resto Z€ro: “Portugal não foi nada Europeu neste ato eleitoral”

image_pdfimage_print

No espaço de opinião da Rádio Boa Nova, Vítor Neves, olha hoje para as eleições para o Parlamento Europeu que decorreram no domingo, dia 26, para destacar a “abstenção que nos deve envergonhar e preocupar”.

“Em cada 10 portugueses, só três foram votar. Nesta coisa de ir a votos, Portugal esteve em contraciclo com a Europa”, refere Vítor Neves. Contas feitas, Vítor Neves observa que Portugal “ficou no top3 dos 28 países que menos votou, numas eleições que revelaram uma maior afluência Às urnas que em atos eleitorais anteriores”.

Para Vítor Neves é caso  para dizer que “Portugal não foi nada europeu neste ato eleitoral”.  No espaço de opinião, considerou que até “custa a perceber a razão a não ir votar”,  já que Portugal “foi dos países da União Europeia que mais recebeu da Europa  e muito do desenvolvimento de Portugal dos últimos 20 , 30 anos deve-se muito ao apoio Europeu.

Estranha sobretudo porque é que foi o interior quem menos votou, bem como o motivo pelo qual os jovens não foram votar. “O interior hoje tem infraestruturas de âmbito desportivo, cultural e rodoviário que nunca teria se não tivesse aderido à Europa. Também não se entende, porque é que os jovens não foram votar. Os jovens foram dos que mais beneficiaram com a integração de Portugal na Europa.

Espera Vítor Neves que “nas próximas eleições Europeias, Portugal seja grande e não pequenino a votar”.

“Ca$h Resto Z€ro” – Um olhar sobre a política, a economia e as pessoas. Por Vítor Neves na Rádio Boa Nova.

Previous Rally de Portugal: Pilotos e carros já estão na estrada
Next EPTO FUTUROS: “Em Portugal estima-se que morram, por ano, seis mil pessoas à custa da poluição” alerta Francisco Ferreira

Artigos Relacionados

Última Hora

Cerca de 50 concelhos estão hoje em risco máximo de incêndio

Cerca de 50 concelhos de 12 distritos de Portugal continental apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Última Hora

A CDU apresentou propostas para o concelho na feira de Oliveira do Hospital

A CDU aproveitou, ontem, realização da feira em Oliveira do Hospital para contactar com a população e partilhar propostas e o projeto para o concelho no âmbito das autárquicas 2017.

Nacional

BLC3 conquista selo “RegioStars” com projeto Centro Bio (com vídeos)

O projeto Centro Bio da BLC3, o Campus de Tecnologia e Inovação de Oliveira do Hospital venceu, esta tarde, o prémio “RegioStars” na categoria de “Desenvolvimento Sustentável”.

Informação

Seia e Gouveia: Três suspeitos de tráfico de droga detidos

A GNR deteve dois homens e uma mulher, com idades entre 18 e 39 anos, por tráfico de droga, nos concelhos de Gouveia e Seia, no distrito da Guarda.

Última Hora

Município de Oliveira do Hospital promove exposições temáticas para assinalar o 25 de Abril

No âmbito das comemorações da Revolução dos Cravos, o Município de Oliveira do Hospital está a promover diversas exposições temáticas nos diferentes espaços municipais.

Informação

Cancros infantojuvenis aumentaram em Coimbra em 2017

O serviço de oncologia do Hospital Pediátrico de Coimbra registou um aumento de cancros infantojuvenis em 2017, ano em que foram realizadas quatro mil consultas e efetuados 480 internamentos, disse

Informação

Seia volta a aderir à campanha “Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”

“Pluralidade, diversidade cultural e colaboração é o tema subjacente à campanha nacional “Abril – Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância”, à qual Seia se associa pelo sexto ano

Última Hora

Vento forte e neve colocam vários distritos sob aviso amarelo

Sete distritos de Portugal continental estão hoje sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte e queda de neve, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Região

Incêndio em fábrica de Anadia provocou estragos de um milhão de euros

O incêndio que, no sábado à tarde, destruiu um dos módulos de produção da fábrica de capacetes Nexxpro, em Anadia, provocou prejuízos “a rondar o milhão de euros” e não

Região

“Não faltam verbas” para reconstruir casas destruídas pelos incêndios de 2017

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) informou, no passado sábado, que mais de metade das casas destruídas pelo incêndio de outubro de 2017 estão concluídas e

Sociedade

Associação pede rapidez para que indemnizações “não demorem uma eternidade”

O presidente da Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal considerou hoje que “é preciso trabalhar rápido”…

Sociedade

Rádio Boa Nova sem telefone e internet 18 dias após o incêndio

O corte nas comunicações foi uma das consequências do forte incêndio que afetou o concelho de Oliveira do Hospital e a região.