“Biblioteca no Largo” leva informação e literatura a localidades recônditas do concelho de Oliveira do Hospital (com vídeo)

“Biblioteca no Largo” leva informação e literatura a localidades recônditas do concelho de Oliveira do Hospital (com vídeo)

image_pdfimage_print

O projeto “Biblioteca no Largo” teve, hoje, a sua estreia na localidade de Parceiro (S. Gião), uma das mais afetadas pelo grande incêndio de 15 de outubro.

Jornais, revistas e livros passam a estar ao alcance das populações mais distantes da sede do concelho, numa parceria entre as bibliotecas públicas municipais e a Unidade Móvel de Saúde.

 

Simbolicamente, o projeto foi hoje apresentado na localidade de Parceiro, que registou duas vítimas mortais no incêndio e que conta com uma população residente que não chega às duas dezenas. À Rádio Boa Nova, Graça Silva, vereadora da Cultura do Município de Oliveira do Hospital (MOH) notou o facto de o projeto permitir que pessoas com dificuldades em se deslocar tenham acesso a jornais, revistas e a livros. “Queremos enriquecer os hábitos de leitura”, referiu à responsável.

A Biblioteca no Largo acontece com o apoio da Unidade Móvel de Saúde, em atividade há quatro anos,  numa iniciativa do MOH e a Fundação Aurélio Amaro Diniz (FAAD), com o objetivo de aproximar os cuidados de saúde das populações mais distantes da sede do concelho. Esta é também uma forma de “proporcionar saúde intelectual e mental”, verifica Garça Silva, notando que  o que se pretende é fazer com que as “pessoas passem o tempo de forma mais saudável”. “Podem levar os livros para casa e depois devolver. É um projeto em que trazemos a literatura para a rua”, referiu.

O Município oliveirense quis fazer o arranque do projeto no Parceiro que “é uma das localidades mais longínquas da sede do concelho e das que mais sofreu no incêndio”. O objetivo é dizer que estamos com as pessoas e que elas se sintam reconfortadas”, referiu.

Luciano Correia, autarca de S. Gião não poderia estar mais satisfeito com a iniciativa, considerando que é uma oportunidade para mudar um pouco a mentalidade das pessoas. “Se começarem a ler um livro, vão ganhando curiosidade e vão agarrar-se à leitura”, considerou o autarca. Ainda que satisfeito com o apoio que tem vindo a ser assegurado pela Unidade Móvel de Saúde, Luciano Correia notou também a necessidade de a equipa integrar um médico. “É preciso melhorar e a presença de um médico, pelo menos uma vez por mês, é sempre bem-vindo”, referiu, recordando que a freguesia de S. Gião não tem posto médico em funcionamento.

O projeto “Biblioteca no Largo” vai chegar a cerca de 30 localidades e lugares distantes no concelho de Oliveira do Hospital que, habitualmente, recebem a visita da Unidade Móvel de Saúde.

Previous 29 detenções, 759 infrações e 77 acidentes no distrito de Coimbra
Next Incêndios: Alargado prazo para apoio a obras em segundas habitações danificadas

Artigos Relacionados

Sociedade

Município de Oliveira do Hospital promove noites culturais nos meses de verão

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital aposta na promoção de programas culturais para dinamizar as noites da cidade e das freguesias nos meses de julho e agosto, através das

Região

Filarmónica Flor do Alva comemorou 100 anos com lançamento de CD

A Filarmónica Flor do Alva, com sede em Vila Cova do Alva, comemorou, no passado sábado, 100 anos de existência. Para José Raimundo, presidente da direção, “é uma alegria” ter-se

Informação

Seia abraça campanha de sensibilização para os direitos das crianças e jovens

Crianças e jovens comemoram o Dia Internacional da Convenção sobre os Direitos da Criança (20 de novembro) com um “estendal público” no jardim dos Bombeiros Voluntários de Seia.

Última Hora

Pedro Dias, suspeito de duplo homicídio, continua a monte

A GNR continua à procura de Pedro João Dias , de 44 anos, o homem suspeito de na madrugada da última terça-feira ter assassinado um militar da GNR e um

Sociedade

Educação Ambiental: A qualidade da Água

A qualidade da água é tema em destaque no conjunto de programas de Educação Ambiental promovido pelo Município de Oliveira do Hospital e a Rádio Boa Nova.

Última Hora

Sismo de 4,6 sentido no Norte e Centro de Portugal

Um sismo de 4,6 de magnitude foi registado no mar ao largo de Peniche, esta terça-feira pelas 07h12, e sentido particularmente no Norte e Centro do país.

Informação

Ministra ordena estudo e auditoria da IGAI ao SIRESP

A ministra da Administração Interna exigiu, ontem, um estudo independente ao funcionamento do SIRESP (Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal) e uma auditoria pela Inspeção-Geral da

Última Hora

Seia: “Oh Meu Deus Serra da Estrela” vai decorrer de 8 a 10 de junho

A VIII edição do Oh Meu Deus Ultra Trail Serra da Estrela acontece de 8 a 10 de junho de 2018, um evento desportivo que ao longo dos tempos tem

Última Hora

Luta contra o plástico marca Dia Mundial do Ambiente

O apelo para a mudança de comportamentos está hoje no centro das iniciativas de associações, empresas, autarquias e Governo, no Dia Mundial do Ambiente, …

Última Hora

Primeiro-ministro anuncia fim da declaração de crise energética às 24 horas de hoje

Depois de desconvocada a greve, o Primeiro-Ministro visitou hoje a Entidade Nacional para o Setor Energético. No final, anunciou o fim da declaração de crise energética para as 24 horas

Última Hora

“Ca$h Resto Z€ro” com olhar sobre a “transparência”

Em mais um “Ca$h Resto Z€ro” na Rádio Boa Nova, Vítor Neves aplaude performance de Oliveira do Hospital no Índice de Transparência.

Informação

Quase 150 bombeiros combatem chamas em Mangualde

Um incêndio numa zona de mato na localidade de Abrunhosa, concelho de Mangualde, estava, às 07h30 de hoje, a ser combatido por 143 operacionais,…