Aumento do uso de canábis e consumos intensivos de álcool pelos jovens

Aumento do uso de canábis e consumos intensivos de álcool pelos jovens

image_pdfimage_print

Um estudo sobre comportamentos aditivos aos 18 anos revelou um aumento do uso de substâncias ilícitas, principalmente canábis, …

… e dos “consumos intensivos” de bebidas alcoólicas pelos jovens, entre 2015 e 2018.

Metade dos jovens inquiridos (51,9%) no estudo do Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências (SICAD) disse já ter bebido de “forma intensiva” pelo menos numa ocasião no último ano, contra 47,5% em 2015, e 33,9% relatou ter ficado com uma “embriaguez severa” (29,8% em 2015).

“Parece delinear-se uma tendência de incremento do consumo binge [operacionalizado como cinco ou mais bebidas numa ocasião para as raparigas e seis ou mais bebidas para os rapazes] e da embriaguez severa entre os jovens de 18 anos”, refere o inquérito realizado do “Dia da Defesa Nacional 2018”.

Este crescimento “sucede tanto entre rapazes como entre raparigas, mas de forma mais acentuada nas raparigas”, salienta o SICAD, adiantando que estes consumos “mais intensivos tendem a ser pontuais no ano, predominando frequências de consumo inferiores a seis ocasiões”.

Contudo, entre os consumidores recentes de bebidas alcoólicas, cerca de 21% mencionam o consumo binge em 10 ou mais ocasiões no ano e 8% referem ter-se embriagado severamente com esta frequência.

Quanto à perceção de terem ficado alterados na sequência do consumo de álcool, 64% dos jovens consideraram que ficaram pelo menos uma vez “alegres” (embriaguez ligeira) e cerca de um terço ficou severamente intoxicado (embriaguez severa).

Outras conclusões do estudo, hoje divulgado, apontam que 89% já consumiram bebidas alcoólicas pelo menos uma vez na vida, 60% já experimentaram tabaco, 36% substâncias ilícitas e 7% tranquilizantes/sedativos sem receita médica.

A “maior discrepância” nos consumos entre raparigas e rapazes é observada nas substâncias ilícitas, com 22,1% e 33,8% respetivamente, revela o inquérito realizado anualmente desde 2015 junto dos jovens de 18 anos participantes no Dia da Defesa Nacional e que visa perceber os seus comportamentos aditivos e a respetiva evolução.

As prevalências de consumo de tabaco, bebidas alcoólicas e tranquilizantes sem receita médica têm-se mantido estáveis entre 2015 e 2018, mas “parece haver uma tendência de claro incremento da prevalência de consumo de substâncias ilícitas”, devido praticamente à canábis, principal substância ilícita consumida em Portugal.

Segundo o estudo, apenas 1% dos jovens referiram consumos recentes exclusivos de outras substâncias ilícitas.

Os dados mostram um aumento gradual do consumo recente de canábis pelos jovens, que se situava nos 22,6% em 2015, um valor que subiu para 23,8% no ano seguinte, para 25,3% em 2017 e para 26,7% no ano passado.

A seguir à canábis, as substâncias ilícitas mais mencionadas foram as anfetaminas/metanfetaminas (5,2%), incluindo o ecstasy, a cocaína (3,3%), alucinogénios (3%), as Novas Substâncias Psicoativas (2,5%) e a heroína e outros opiáceos (1,7%).

Das Novas Substâncias Psicoativas (NSP) faz parte o consumo de canabinóides sintéticos (1,9%), catinonas sintéticas (1,5%) e plantas ou outras NSP (1,8%), refere o estudo, observando que cerca de metade dos consumidores recentes de NSP reportou ter consumido estes três tipos de substâncias.

Independentemente da substância, os rapazes inquiridos consomem sempre com mais frequência do que as raparigas, sendo esta diferença “menos expressiva” no consumo de tabaco.

Cerca de 20% dos jovens associaram o consumo de diferentes substâncias psicoativas, sobretudo álcool e canábis.

O estudo revela um “ligeiro incremento” da experiência de problemas com o consumo de bebidas alcoólicas (18,5% em 2015, 21,1% em 2018) e de substâncias ilícitas (9,2%/9,4%), tendo sido as situações de mal-estar emocional e as relações sexuais desprotegidas as mais mencionadas.

lusa.pt

Previous Castelo Branco: Homem morre em terreno. PJ investiga os ferimentos
Next 5º Encontro Internacional de Renault 4L acontece em Tábua e Oliveira do Hospital

Artigos Relacionados

Informação

Município de Oliveira do Hospital assinala Dia Mundial do Ambiente com ação junto do Comércio Local

O Município de Oliveira do Hospital vai assinalar o Dia Mundial do Ambiente, na próxima segunda-feira, 5 de junho, com uma ação de sensibilização…

Última Hora

Alvoco das Várzeas volta a hastear Bandeira Azul, Qualidade de Ouro e Praia Acessível

É já no próximo domingo, dia 30, que Alvôco de Várzeas volta a hastear a Bandeira Qualidade de Ouro, Bandeira Azul e Praia Acessível.

Última Hora

Município de Góis assina protoloco com base na valorização da floresta e do aproveitamento dos resíduos florestais

A Câmara Municipal de Góis vai assinar um protocolo com a Associação Florestal do Concelho de Góis e a empresa ALTRI Florestal, no próximo dia 2 de agosto, pelas 15h00,

Última Hora

Papa chega hoje à tarde a Portugal

O papa Francisco chega hoje à tarde a Portugal para uma visita apostólica ao Santuário de Fátima, no âmbito do Centenário das Aparições, e durante a qual canonizará os pastorinhos

Região

“Emprego Jovem” no 2º Encontro “YOUNG LAB” em Tábua

Decorreu nos dias 19 e 20 de maio, na Biblioteca Pública Municipal de Tábua, o 2º Encontro do Projeto “YOUNG LAB”, no âmbito do programa ERAUSMUS +, com a participação…

Última Hora

Dois homens detidos em Coimbra por tráfico de droga

A Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de dois homens, de 35 e 38 anos, em Coimbra, pela presumível autoria do crime de tráfico de estupefacientes.

Desporto

Ténis de Mesa solidário com as vítimas do grande incêndio de outubro

A equipa de ténis de mesa do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) iniciou, na sexta-feira, a participação no campeonato distrital…

Última Hora

“Ca$h Resto Z€ro” prevê resultado eleitoral e destaca necessidade de oposição

À sexta feira o “Ca$h Resto Z€ro” traz a opinião à Rádio Boa Nova. Um olhar sobre a política, a economia e as pessoas com a assinatura de Vítor Neves.

Informação

Universidade Senior de Nelas estreia web rádio

O dia 30 de junho vai ficar na história da Universidade Sénior de Nelas com o início de emissão da Web Rádio deste projecto educativo e social…

Última Hora

Oliveira do Hospital promove requalificação de ecossistemas ribeirinhos

Fruto de um protocolo de colaboração no valor de cerca de 450 mil euros para investimentos a realizar na rede hidrográfica do concelho,…

Última Hora

Feira do Queijo de Oliveira do Hospital “resistiu” à chuva e ao vendaval

Com exceção da manhã de sábado, em que o sol fazia adivinhar o sucesso do certame, a Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital acabou por se

Informação

Ansião: Jovem de 20 anos morre durante corte de árvore

Um jovem de 20 anos morreu esta sexta-feira, quando a árvore que estava a cortar caiu sobre ele, em Outeiro da Lagarteira, em Ansião.