Aristides de Sousa Mendes homenageado em exposição na ONU

 Aristides de Sousa Mendes homenageado em exposição na ONU

image_pdfimage_print

Portugal homenageou  o diplomata Aristides de Sousa Mendes (1985-1954) na apresentação de uma exposição na sede da Organização das Nações Unidas (ONU), em Nova Iorque, dedicada a diplomatas considerados ‘Justos Entre as Nações’.

A exposição na sede da ONU, intitulada ‘Beyond Duty’ (Além do dever), presta tributo ao português Aristides de Sousa Mendes e outros sete diplomatas internacionais, considerados ‘Justos Entre as Nações’, pelo Centro Mundial de Memória do Holocausto, Yad Vashem, por terem ajudado a salvar milhares de judeus durante a Segunda Guerra Mundial.

Na cerimónia ouviram-se discursos do secretário-geral da ONU, António Guterres e dos diplomatas portugueses Francisco Duarte Lopes, representante permanente de Portugal junta da ONU e Maria de Fátima Mendes, cônsul-geral de Portugal em Nova Iorque e familiar de Aristides de Sousa Mendes.

A organização do evento foi feita em conjunto pelas missões de representação na ONU de Portugal, Israel e Peru, em comemoração do dia internacional em memória das vítimas do holocausto, assinalado no dia 27 de janeiro.

Na cerimónia estiveram também presentes sobreviventes do holocausto e familiares das vítimas, como o porta-voz do secretário-geral, Stéphane Dujarric, que se emocionou ao honrar a presença dos convidados, entre os quais estava a mãe, que conseguiu salvar-se, com a sua família, quando era criança, com vistos concedidos pelo português Aristides de Sousa Mendes, para sair da Europa para os Estados Unidos da América.

António Guterres sublinhou, no seu discurso, a discriminação sobre minorias, o antissemitismo e os crimes de ódio e contra a humanidade que se registaram na história da Segunda Guerra Mundial, mostrando a “capacidade da humanidade de indiferença ao sofrimento”.

O secretário-geral da ONU disse que os diplomatas têm o “dever moral de aplicar o Estado de direito” e “os valores democráticos” e de defender, “com compaixão”, todos os seres humanos.

A comunidade internacional deve “manter fresca” a memória do holocausto, tal como as memórias que as vítimas nunca vão esquecer, disse António Guterres, apelando também que as instituições de direitos humanos e de educação sirvam ao comunidade judaica e toda a população mundial.

O embaixador de Portugal para as Nações Unidas, Francisco Duarte Lopes, utilizou a frase de Aristides de Sousa Mendes — “Prefiro estar com Deus contra os homens, do que com os homens contra Deus” — para se referir a um valor que “deve estar no centro de todas as religiões” o de amar os próximos como a si próprio.

Aristides de Sousa Mendes, primeiro diplomata reconhecido pelo centro Yad Vashem como ‘Justo Entre as Nações’, em 1966, foi cônsul em Bordéus, França, tendo dado vistos a milhares de judeus que tentavam escapar e tomou, assim, a decisão de “desobedecer a instruções explícitas do seu governo”, liderado por António de Oliveira Salazar, segundo descreve a exposição.

Aristides de Sousa Mendes, Sampaio Garrido, José Brito Mendes e Joaquim Carreira são os quatro portugueses distinguidos pelo Yad Vashem, entre mais de 25 mil nomes gravados no Memorial dos Justos, em Jerusalém.

Previous Região: Apanhados com 264 doses de droga em parque de estacionamento
Next Politécnico de Coimbra apresenta ação de promoção de utilização de garrafas de vidro e consumo de água da rede

Artigos Relacionados

Última Hora

Homem detido por tentativa de assalto a ourivesaria com uma caçadeira

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, identificou e deteve, com a colaboração da GNR da Covilhã, um homem suspeito de coautoria …

Última Hora

21 detenções, 725 infrações e 80 acidentes no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra procedeu, de 19 a 25 de junho, a várias operações, no distrito de Coimbra, como a prevenção e o combate à criminalidade violenta e a

Região

CCDRC entregou chaves de habitações em Seia e garante que até ao final do ano “muitas habitações” estarão concluídas

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) admitiu hoje que até ao final do ano possam estar finalizadas as obras de “muitas habitações” que foram

Destaque

Festa da Castanha e Ultra Trail animam Aldeia das Dez no próximo fim de semana

A freguesia de Aldeia das Dez volta a realizar a Festa da Castanha no emblemático Santuário de Nossa Senhora das Preces. O evento acontece…

Destaque

Rádio Boa Nova apresentou “Dia 15” no colóquio “Juntos Superamos” (com vídeo)

A Rádio Boa Nova apresentou, no final da tarde de ontem, o livro “Dia 15” no colóquio “Juntos Superamos”, no âmbito na Festa da Primavera, realizada pelo Agrupamento de Escolas

Destaque

Nasceu mais um bebé no Centro de Saúde de Oliveira do Hospital

Na tarde de hoje, o Centro de Saúde de Oliveira do Hospital “assistiu” a mais um nascimento de uma criança oliveirense.

Região

Desde o início do ano ocorreram cinco incêndios em habitações em Oliveira do Hospital. No distrito foram 120

No período de 1 de janeiro a 26 de março deste ano ocorreram cinco incêndios urbanos no concelho de Oliveira do Hospital, menos três do que em 2015 …

Última Hora

Colocação de dois novos médicos devolve SAP aos oliveirenses durante o dia (com vídeo)

O Presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital disse, esta manhã, em conferência de imprensa que, ainda nesta semana, deverá ser reposto…

Última Hora

José Freitas e Marco Vilas Boas à partida do Rali de Portugal Clássicos Desportivos

Inserido no programa do Vodafone Rallye de Portugal, os Clássicos Desportivos vão, como habitualmente disputar …

Última Hora

Ludoteca Municipal de Seia com novos cenários inspirados no Universo

O dia do Pai, que se comemorou no sábado passado (dia 19), foi a data eleita para a apresentação dos novos cenários da Ludoteca Municipal de Seia, espaço dedicado aos

Última Hora

Festival de Folclore da Beira Serra acontece há 39 anos em S. Paio de Gramaços (com vídeo)

O Rancho Folclórico Sampaense, de S. Paio de Gramaços, conta com 42 anos de atividade e há 39 anos que promove o Festival de Folclore da Beira Serra.

Destaque

Assembleia Municipal aprovou voto de pesar pelos 12 mortos no incêndio de outubro

Deputados e presidentes de junta de freguesia foram unânimes, na hora de aprovar um voto de pesar pelas 12 vítimas mortais no incêndio de outubro, no concelho de Oliveira do