ANPC alerta para fenómenos extremos de vento, chuva, neve e agitação marítima

ANPC alerta para fenómenos extremos de vento, chuva, neve e agitação marítima

image_pdfimage_print

A Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC) alerta para a possibilidade de “fenómenos extremos de vento”, além da chuva, queda de neve e agitação marítima. São os efeitos da depressão Helena, que vem aí caminho.

O cenário meteorológico para os próximos dias vai agravar-se com a chegada da depressão Helena. De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), as previsões para os próximos dias apontam para precipitação persistente, queda de neve, intensificação do vento, com possibilidade de fenómenos extremos, e agravamento da agitação marítima em toda a costa.

Detalhadamente, no que toca à precipitação, esta será pontualmente forte, e afetará as regiões Norte e Centro com mais intensidade já a partir da tarde desta quinta-feira, estendendo-se progressivamente às restantes regiões.

Para amanhã, dia 1 de fevereiro, prevê-se precipitação mais significativa até ao final da manhã nas regiões Norte e Centro, que pode ser acompanhada de trovoada e granizo, sendo as regiões do Sul as mais afetadas no período da tarde.

Quanto ao vento, este soprará do quadrante Oeste moderado a forte no litoral (<45 Km/h) e nas terras altas (<50 Km/h), com rajadas que podem atingir os 65 e 85 Km/h, respetivamente. Está previsto um agravamento da intensidade do vento, que será mais significativo no litoral e as terras altas a norte do cabo Mondego, com rajadas que podem atingir os 110 Km/h nas terras altas e 85 Km/h no litoral.

O cenário meteorológico prevê também queda de neve acima dos 1000 metros a partir do final do dia de hoje, quinta-feira, descendo a cota para os 600 a 800 metros (nordeste trasmontano) e até 800 metros nas restantes formações montanhosas no Norte e Centro (podendo ainda atingir a serra de S. Mamede), até final da manhã de amanhã.

A Proteção Civil alerta ainda para a agitação marítima, com ondas de noroeste de quatro a cinco metros a norte do Cabo Raso, com previsão de agravamento a partir da próxima madrugada, com ondulação que pode exceder sete metros e picos máximos até 15 metros (com forte rebentação na costa), prevendo-se que o período mais crítico ocorra entre 12h e as 21h de amanhã, dia 1.

Face às condições descritas, a ANPC alerta para os efeitos expetáveis e recomenda o cidadão a adotar comportamentos preventivos.

Por isso, deverá ter atenção ao piso rodoviário escorregadio e eventual formação de lençóis de água e gelo; à possibilidade de cheias rápidas em meio urbano, por acumulação de águas pluviais ou insuficiências dos sistemas de drenagem; à possibilidade de inundação por transbordo de linhas de água nas zonas historicamente mais vulneráveis.

São esperadas também inundações de estruturas urbanas subterrâneas com deficiências de drenagem; danos em estruturas montadas ou suspensas; dificuldades de drenagem em sistemas urbanos, nomeadamente as verificadas em períodos de preia-mar, podendo causar inundações nos locais historicamente mais vulneráveis.

A Proteção Civil alerta ainda para a possibilidade de queda de ramos ou árvores em virtude de vento mais forte; possíveis acidentes na orla costeira e ainda fenómenos geomorfológicos causa da desestabilização de vertentes associados à saturação dos solos, pela perda da sua consistência.

Previous Fundador da Sociedade Portuguesa de Medicina Chinesa alerta para a lei que regula o ensino e o exercício profissional (áudio)
Next Moimenta da Beira: PJ investiga jovem encontrada morta em casa

Artigos Relacionados

Informação

Chefe da PSP de Coimbra condenado a dois anos e meio de prisão efetiva por violência doméstica

O chefe da PSP de Coimbra, Luís Ribeiro, foi esta segunda-feira condenado a uma pena efetiva de dois anos e meio de prisão por violência doméstica.

Destaque

Rádio Boa Nova comemora 32º aniversário com emissão especial de “porta aberta”

No próximo dia 19 de março, a Rádio Boa Nova comemora o 32º aniversário com uma emissão especial de “porta aberta”.

Última Hora

Aveiro: Despiste na A1 faz quatro feridos. O trânsito está cortado

O despiste de uma viatura ligeira provocou, ao início desta tarde, ferimentos a quatro pessoas que seguiam na A1, na zona de Santa Maria da Feira.

Última Hora

Centro Social de Aldeia das Dez e Casa da Obra venceram Festival da Canção IPSS

O Centro Social de Aldeia das Dez venceu esta tarde o 11º Festival Infantil da Canção das IPSS, na valência Jardim de Infância. A “Casa da Obra” – Obra D.

Região

Suinicultores entregam 200 leitões vivos a famílias da região Centro

Mais de 200 leitões vivos são oferecidos, na quarta-feira, a famílias atingidas pelos incêndios deste ano na região Centro, numa iniciativa da Federação Portuguesa de Associações de Suinicultores (FPAS).

Opinião

Ca$h Resto Z€ro olha para o que não acontece só em Portugal

No habitual espaço de opinião “Ca$h Resto Z€ro”, Vítor Neves olha esta sexta-feira para a atualidade em Espanha, em particular para o caso…

Destaque

Lucinda Maria entrou na “máquina do tempo” e apresentou “Terra do Meu Coração”

É sob a forma de uma “bela declaração de amor” que Lucinda Maria apresenta o seu novo trabalho literário “Terra do Meu Coração”. A autora entrou na “máquina do tempo”

Desporto

Sporting (masculinos) e Juncal (femininos) vencem Supertaça 2016 em Ténis de Mesa

O Sporting venceu por 3-0 a Supertaça em Ténis de mesa frente ao Benfica. Foram três jogos bem disputados mas com a equipa do Sporting a mostrar ser uma equipa

Última Hora

Proteção Civil de Góis empenhada no combate à vespa asiática

O Serviço Municipal de Proteção Civil de Góis tem-se empenhado no combate à disseminação da vespa velutina nigrithorax, vulgarmente conhecida por vespa asiática, cumprindo liminarmente com o estipulado no Plano de

Última Hora

PJ deteve suspeito de atear oito incêndios florestais em Águeda

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou a detenção de um homem suspeito de ter ateado oito incêndios florestais, desde agosto, em Águeda, um dos concelhos mais fustigados pelos fogos

Sociedade

Baixas temperaturas podem provocar “geada negra”

As baixas temperaturas previstas para os próximos dias podem provocar a chamada “geada negra”, que, segundo a meteorologista Madalena Rodrigues, é natural que aconteça com alguma frequência em Portugal.

Informação

FCOH vai jogar à Tocha. AD Lagares defronta o União FC. ADN joga com Sertanense. Sampaense Basket recebe Beira-Mar

A competir no Campeonato de Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) vai defrontar a União Desportiva da Tocha…