Ana Abrunhosa partilhou “medalha de ouro” com equipa da CCDRC e Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Ana Abrunhosa partilhou “medalha de ouro” com equipa da CCDRC e Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC) recebeu, ontem, a medalha de Ouro do Município de Oliveira do Hospital.

Numa cerimónia sentida, Ana Abrunhosa partilhou o galardão com a equipa que lidera, mas também com o município de Oliveira do Hospital que “ montou um exército” para responder à catástrofe de 15 de outubro.

Foi o próprio presidente do Município de Oliveira do Hospital que, ontem, procedeu à entrega da Medalha de Ouro à presidente da CCDRC, gesto que colocou de pé os que marcaram presença no Salão Nobre do Município oliveirense.

Diante de todos, Ana Abrunhosa disse não ser merecedora de tal distinção, considerando porém que a estrutura que lidera “é merecedora”, razão pela qual partilhou a medalha com a “extraordinária equipa (da CCDRC)”, mas também com a equipa da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital “que é extraordinária”. “Este município foi dos mais devastados e esta equipa montou um exército”, referiu, considerando também que o município “tem um líder único”. “Esta medalha é vossa”, afirmou a responsável, referindo-se ainda “às famílias de Oliveira do Hospital que tanto sofreram”, aos empresários “que são extraordinários, que nunca esquecerei e não desistiram”, sem esquecer também Luís Lagos, presidente da Associação de Vítimas do Maior Incêndio de Sempre em Portugal que “tanto contribuiu para que os apoios às empresas melhorassem”. “A região deve muito ao município de Oliveira do Hospital”, considerou Ana Abrunhosa que garantiu corresponder à generosidade demonstrada pelo autarca e pelo município ainda “com mais trabalho”.Na comemoração do primeiro dia do município após o grande incêndio, José Carlos Alexandrino fez valer a sua convicção de que a medalha de Ouro foi atribuída a uma “senhora de ouro”. “Os empresários sabem o esforço dela e da sua equipa para resolvermos os problemas. Quantas vezes fomos capazes de lhe bater à porta às onze horas da noite e ela veio cá tantas vezes”, frisou, criticando aqueles que entendem que Ana Abrunhosa “não fez mais do que era a sua obrigação. “Eu fico surpreendido”, comentou, considerando que a atribuição da medalha de Ouro é “justa pela ação decisiva após os incêndios”. “Eu acho que é merecida”, considerou.

O CDS-PP e PSD, partidos com representação da Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital, onde votaram contra a atribuição da medalha de Ouro a Ana Abrunhosa, não estiveram presentes na comemoração do Dia do Município. Para José Carlos Alexandrino a atitude demonstra “falta de maturidade democrática”. “Não se sinta diminuída”, disse o autarca dirigindo-se a Ana Abrunhosa, notando que os dois partidos desrespeitaram o povo que os elegeu”. “Falta-lhes cultura cívica”, considerou.

No dia do Município, foram ainda distinguidos com medalhas de mérito municipal, o empresário Fernando Brito que aos 74 anos não desistiu de recuperar a sua empresa que ficou reduzida a cinzas; a “grande mentora e pedagoga” Maria do Carmo Vasconcelos (título póstumo) e António Raúl Dinis Costa que “desde os 14 anos esteve sempre disponível para a causa pública”. O Município atribuiu ainda um voto de louvor a José Luís Pereira, voluntário no apoio às vítimas do grande incêndio.

Os melhores alunos do concelho viram ainda o seu mérito escolar reconhecido: Cecília Martins Gomes (10º ano), Beatriz Anselmo Henriques (11º ano), João Pedro Lopes Albuquerque (12º ano), Rute Marlene Marques Pegado (Eptoliva) e Nuno Eugénio Ferreira Moura (ESTGOH).

“Todos estamos de consciência tranquila”

No Dia do Município, José Carlos Alexandrino fez uma balanço do  que tem sido a recuperação do concelho passado quase ano após o grande incêndio. Destacou em particular os números em torno da recuperação das habitações, para verificar que até ao passado dia 24 de setembro foram recuperadas “49 habitações, em investimentos até cinco mil Euros, até 25 mil Euros e mais de 25 mil Euros”. “Esta é a verdade”, referiu, destacando ainda a recuperação das empresas no concelho. “A destruição de 94 empresas foi uma tragédia enorme. Há 74 empresas com investimentos aprovados de 9,5 milhões de Euros”, disse o autarca, mostrando-se satisfeito porque os empresários oliveirenses “não deitaram a toalha ao chão”. “O que mais falhou foi na área da agricultura”, lamentou José Carlos Alexandrino, que garante continuar a manifestar o seu “inconformismo”.

No processo de recuperação do concelho, o autarca oliveirense assegura estar “de consciência tranquila”. “Sabemos do esforço enorme que foi feito pela CCDRC, governo, autarcas e suas equipas. Ninguém estava preparado para o que nos aconteceu”, afirmou José Carlos Alexandrino, que só consegue comparara o que aconteceu ao concelho com o terramoto de 1755. “O que aconteceu aqui foi um terramoto. O que se passou aqui não foi um fogo vulgar”, considerou.

image_pdfimage_print
Previous Ténis de Mesa: Equipa do CCPOH afastada da Taça de Portugal
Next Corpo de homem foi encontrado a boiar nas marinhas de sal de Aveiro

Artigos Relacionados

Politica

Nuno Alves é o candidato do CDS-PP à Câmara Municipal de Oliveira do Hospital

Nuno Alves, presidente da Concelhia do CDS-PP de Oliveira do Hospital, é candidato da coligação liderada por aquele partido à Câmara Municipal oliveirense.

Informação

Sampaense perde em casa 84-83 após prolongamento, em jogo da LPB, segunda fase.

Campeonato Nacional Basquetebol – LPB – 2ª Fase  O Sampaense teve “o pássaro na mão” mas acabou por o deixar fugir nos momentos finais da partida. Uma partida muito disputada

Última Hora

Um morto em tiroteio à porta de discoteca em Coimbra

Um tiroteio à porta de uma discoteca em Coimbra fez um morto e um ferido. O incidente aconteceu ontem de manhã, à porta da discoteca Avenue, na avenida Afonso Henriques.

Destaque

Rádio Boa Nova promoveu debate sobre “Igualdades e Desigualdades entre Mulheres e Homens” (com vídeo)

No âmbito da Semana Municipal para a Igualdade promovida pelo Município de Oliveira do Hospital, a Rádio Boa Nova promoveu esta sexta-feira um debate alusivo ao tema “Igualdades e Desigualdades

Opinião

Candidato do PSD e Tiago Cerveira num olhar de “Ca$h Resto Z€ro”

No “Ca$h Resto Z€ro” desta sexta-feira, Vítor Neves convida a um olhar sobre as pessoas: João Paulo Pombo Albuquerque e Tiago Cerveira.

Informação

Autarca de Oliveira do Hospital está “desagradado” com atuação da GNR

O presidente da Câmara Municipal de Oliveira do Hospital criticou na última reunião da Assembleia Municipal, realizada sexta-feira à tarde, …

Informação

Ténis de Mesa: jovens do CCPOH em evidência no 5º Torneio de Tábua

A jovem equipa de ténis de mesa do Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) deslocou-se, este sábado, à vila de Tábua, mais precisamente ao pavilhão multiusos,

Informação

Leiria: Um morto e um ferido grave em colisão no IC8

Uma colisão ocorrida esta amanhã, no Itinerário Complementar 8, na zona de Ansião, no distrito de Leiria, provocou um morto e um ferido grave, levando ao corte do trânsito nos

Última Hora

Jovem de Oliveira do Hospital foi de Chaves a Faro em bicicleta, numa só etapa, em cerca de 27 horas (com áudio)

Habituado a superar desafios, o conhecido triatleta Rafael Delaunay Gomes cumpriu a aventura de ligar Chaves a Faro, pela EN2, em Bicicleta, numa só etapa com 738 Km e em

Região

Homem apanhado a conduzir com 2,55 g/l de álcool no sangue em Coimbra

A PSP deteve na noite da última segunda-feira, por volta das 22h30, um homem de 52 nos que estava a conduzir em estado de embriaguez.

Informação

Pedrógão: Concluídas 189 das 259 casas a reabilitar através do Revita

O Fundo Revita revelou hoje que está já concluída a reconstrução de 189 das 259 casas de primeira habitação afetadas pelos incêndios de junho de 2017, pelo que se encontram

Destaque

Pastor de Vila Pouca da Beira encontrado morto num poço

Um homem com 40 anos, pastor, foi encontrado esta manhã sem vida num poço localizado na quinta de Santa Apolónia, Avô. António Catarino, …

Destaque

Incêndios: “Aquilo que é mais chocante é a mentira. Diz-se que está tudo bem, quando está tudo mal”, diz Rui Rio

O líder nacional do PSD iniciou, esta manhã, uma visita aos concelhos afetados pelo grande incêndio de outubro. Em Oliveira do Hospital, Rui Rio esteve na empresa J.Guerra,…

Informação

Septuagenário morreu após queda no Rio Alva, na Ponte das Três Entradas

Joaquim Conceição Dias, com 71 anos, morreu ao início da noite de ontem na sequência de uma queda no Rio Alva, na localidade da Ponte das Três Entradas, no concelho

Região

Viseu: Detido homem por tentativa de homicídio

A GNR deteve, na passada segunda-feira, um homem de 26 anos por tentativa de homicídio, no concelho de Viseu.

Nacional

Proteção civil alerta para o agravamento do estado do tempo e possibilidade de cheias rápidas

No seguimento de contacto com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, a Proteção Civil alerta para a ocorrência de “condições de instabilidade atmosférica”,…

Informação

Tábua acolhe IV Encontro Internacional Renault 4L

A Associação de Desportos e Makinas vai realizar, o próximo sábado, 30 de junho, a 4ª edição do Encontro Internacional de Renault 4L, em Tábua.

Destaque

“O Medronho passou a ter bastante mais protagonismo público na região da Beira Serra”

O medronho e o medronheiro assumem particular destaque no próximo domingo, dia 20, em mais um capítulo da Confraria do Medronho. O objetivo é “continuar a divulgar este fruto”  que

Última Hora

Dois mortos em acidente entre carro e camião em Aveiro

Duas pessoas morreram e uma ficou gravemente ferida, esta madrugada, na sequência de um acidente entre um veículo pesado e um ligeiro, em Aveiro

Cultura

Fernando Correia “abre a alma” em autobiografia “O que eu sei de mim”

O conhecido jornalista Fernando Correia apresentou, em Oliveira do Hospital, o seu mais recente livro, no caso uma autobiografia em que “abre a alma” às pessoas.

Informação

Incêndio deflagrou na Câmara de Mortágua devido a caldeira de aquecimento

Um incêndio deflagrou, na tarde de quarta-feira, na Câmara Municipal de Mortágua.

Região

Incêndios de outubro: Mais de metade das causas foram intencionais ou negligentes

Segundo o relatório da Comissão Técnica Independente entregue ontem no parlamento, “em termos de grandes grupos de causas (…) 40% tiveram origem em reacendimentos, 40% em causas intencionais e 20%

Cultura

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova.

Este sábado, dia 25 de fevereiro, entre as 19h00 e as 20h00, é emitido o 20.º programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do AEOH.

Última Hora

Homem detido por 39 furtos nos distritos de Viseu e Guarda

O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal de Mangualde, deteve, na passada segunda-feira, um homem de 39 anos,…