Ana Abrunhosa começa a ser julgada por alegada difamação do seu antecessor

Ana Abrunhosa começa a ser julgada por alegada difamação do seu antecessor

image_pdfimage_print

A presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa, começa a ser julgada na quinta-feira (10 de janeiro) num processo em que é acusada de difamação e denúncia caluniosa do seu antecessor, Pedro Saraiva.

Arguido no mesmo processo, o ex-marido de Ana Abrunhosa, Luís Filipe Borrego, professor do Instituto Superior de Engenharia de Coimbra (ISEC), é acusado pelo Ministério Público (MP) em coautoria pela prática dos alegados crimes.

Ana Abrunhosa optou por não prestar declarações aos jornalistas “até ao fim do julgamento”, que decorrerá no Palácio da Justiça de Coimbra, com início às 09h45 de quinta-feira.

Em 2016, através do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Coimbra, o MP deduziu acusação contra a presidente da CCDRC, Ana Abrunhosa, e Luís Filipe Borrego, como “coautores materiais e em concurso real” de dois crimes de difamação agravada e um crime de denúncia caluniosa do anterior titular daquele cargo, Pedro Saraiva.

O julgamento chegou a estar marcado para 08 de março de 2017, mas foi adiado “para permitir a realização de provas periciais” pelo Instituto Politécnico do Porto (IPP), “atendendo à especificidade técnica” da matéria em causa.

Entretanto, o relatório técnico elaborado por uma equipa do IPP já foi concluído e entregue ao tribunal, o que possibilitou a remarcação do julgamento, quase dois anos após a primeira data fixada para o efeito.

O DIAP de Coimbra considerou que os arguidos, “com o intuito de ofender” Pedro Saraiva, então presidente da CCDRC, e para que “contra ele fosse instaurado procedimento disciplinar e criminal”, enviaram uma carta anónima ao então primeiro-ministro, Passos Coelho, e a outros governantes, bem como à procuradora-geral da República, diretor da Polícia Judiciária e presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses, entre outros responsáveis de vários organismos nacionais e da Comissão Europeia.

Era denunciado, designadamente, “o facto de (…) Pedro Saraiva ser dono de empresas de consultoria e de outras empresas e, simultaneamente, gestor do Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN)”.

Em 2013, o documento foi igualmente enviado por correio eletrónico a vários dirigentes e funcionários da CCDRC, o que originou a abertura de um processo de averiguações pela Secretaria de Estado da Economia e Desenvolvimento Regional.

Pedro Saraiva foi ouvido e ficou “demonstrada a total falsidade das afirmações”, segundo a acusação.

O alegado crime de participação económica em negócio do ofendido foi igualmente investigado pelo DIAP de Coimbra, cujo processo de inquérito foi arquivado.

Pedro Saraiva escusou-se também a comentar o processo, que começa a ser julgado na quinta-feira e no qual é testemunha.

Em 03 de fevereiro de 2014, quando decorria o concurso público para a liderança da CCDRC, os arguidos terão feito circular por correio eletrónico e enviado a diferentes entidades cartas com idênticas denúncias do ainda presidente do organismo.

com lusa.pt

Previous Gouveia realiza ações de fogo controlado na Serra da Estrela
Next Região: GNR deteve falsos seguranças

Artigos Relacionados

Última Hora

“O caminho do FCOH passa por sermos muito mais profissionais do que fomos até agora” (com vídeo)

A direção do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) tem em marcha uma forte campanha que, em pouco mais de um mês, já resultou na adesão de 200 novos

Última Hora

Confira os resultados do desporto de fim de semana

A quatro jornadas do fim do Campeonato de Portugal, o Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH)  e a Associação Desportiva  Nogueirense (ADN), …

Última Hora

Cadeira anfíbia chega à praia fluvial de Avô

A praia fluvial de Avô, no concelho de Oliveira do Hospital, vai passar a dispor de uma cadeira anfíbia. O novo equipamento vai estar disponível a partir de… 

Sociedade

Oliveira do Hospital comemora o Feriado Municipal (Emissão especial na Boa Nova)

O Município de Oliveira do Hospital assinala, esta sexta-feira dia 7 de outubro, o Feriado Municipal estando a decorrer um conjunto de atividades comemorativas.

Destaque

Dia 15: “Passados 3 ou 4 dias tivemos a rádio no ar para contar esta história. Passado ano e meio fizemos este livro” (com vídeo)

A emoção e a coragem marcaram ontem a comemoração do 33º aniversário da Rádio Boa Nova, que assinalou a data com o lançamento do livro “Dia 15”,…

Destaque

Autarca de Oliveira do Hospital admite avançar para nova manifestação pelas acessibilidades

José Carlos Alexandrino admitiu, em reunião da Assembleia Municipal, avançar com uma nova manifestação para pressionar o governo a resolver o problema das acessibilidades no concelho.

Cultura

‘À Volta do Fado’ com Vitorino no adro da Capela dos Ferreiros

‘Coimbra com Vitorino’ é o próximo espetáculo do ciclo ‘À Volta do Fado’, a realizar-se no dia 22 de setembro, sábado, pelas 21h30, no Adro da Capela dos Ferreiros, em

Última Hora

Arganil com 12 candidaturas aprovadas ao Fundo Recomeçar

Foram aprovadas 12 candidaturas no concelho de Arganil ao Fundo Recomeçar – Ambiente, promovido pela Santa Casa da Misericórdia de Lisboa,…

Última Hora

Ca$h Resto Z€ro: “João Paulo Albuquerque não pode, não deve faltar ao debate”

No habitual espaço de opinião “Ca$h Resto Z€ro”, Vítor Neves centra-se esta sexta-feira nas eleições autárquicas e, em particular, na anunciada ausência…

Última Hora

Seia: Orçamento Participativo Escolar recebeu sete propostas

O Município de Seia voltou a dar voz aos alunos e, nesta que já é a 3ª edição do Orçamento Participativo Escolar, recebeu sete propostas,…

Informação

Músico e compositor Fernando Pereira é o padrinho da Mesa da Beira Serra

A ADIBER, enquanto promotora da candidatura às 7 Maravilhas de Portugal à Mesa, apresenta o músico e compositor Fernando Pereira como Padrinho da “Mesa da Beira Serra”.

Informação

Jovem oliveirense surpreende com novo vídeo alusivo à Festa da Primavera

No âmbito da programação da Festa da Primavera, que se inicia hoje e vai decorrer até quarta-feira, dia 21 de março, Duarte Mendonça Gouveia, aluno do Agrupamento de Escolas de