Alexandrino “mantém confiança” no presidente da FAAD após buscas realizadas pela Polícia Judiciária

Alexandrino “mantém confiança” no presidente da FAAD após buscas realizadas pela Polícia Judiciária

image_pdfimage_print

A Polícia Judiciária realizou, na passada quarta-feira, buscas na Fundação Aurélio Amaro Diniz (FAAD), em Oliveira do Hospital, tendo recolhido alguns documentos.

A Rádio Boa Nova tentou contactar Álvaro Herdade, presidente do Conselho de Administração da FAAD, que se mostrou indisponível para adiantar qualquer tipo de informação. No entanto, a conhecida instituição emitiu um comunicado em que “confirma a presença de elementos da Polícia Judiciária nas instalações no dia 14 de novembro”, informando que “a mesma foi efetuada no âmbito de denúncias anónimas efetuadas nos anos de 2015 e 2016, as quais deram origem aos processos que correm nos seus termos no DIAP de Coimbra”. “O Conselho de Administração prestou todos os esclarecimentos que lhe foram solicitados e continuará disponível para prestar à justiça toda a colaboração e informação que lhe for pedida no normal desenrolar dos processos”, lê-se no comunicado.

Sobre esta matéria, o presidente do Município oliveirense, José Carlos Alexandrino, que no ano de 2009 nomeou pela primeira vez Álvaro Herdade para a presidência da Administração da FAAD, reiterou , em declarações à Rádio Boa Nova, a confiança no trabalho desempenhado pelo conhecido clínico. “Mantenho a confiança no presidente do Conselho de Administração. Se fosse hoje, mesmo depois das buscas, voltaria a nomeá-lo”, adiantou.

Para José Carlos Alexandrino, nos dias de hoje “dá-se muita importância” a cartas anónimas, contudo defende que são “situações que as autoridades têm que investigar”. “Muitas das vezes, estes inquéritos são arquivados e eu próprio sou exemplo disso”, acrescentou, afirmando que “ não há nenhum político que hoje estava no ativo que não sofra com isso”. “Estamos sujeitos mas o que devemos fazer, até para ficar de consciência tranquila, é colocar todos os elementos à disposição das autoridades para que depois façam o despacho final. E se houver razão para fazer acusação, acusa-se. Se não houve, arquiva-se, como tem acontecido com a Câmara Municipal”, referiu. Acerca desta situação, o autarca reforça que “as pessoas gostam de entrar no campo da especulação e depois começam a julgar”.

A Diretoria de Coimbra, da Polícia Judiciária, também foi contactada pela Rádio Boa Nova, via email, onde o subdiretor da entidade confirmou que “esta Polícia está a desenvolver uma investigação e esteve na aludida Fundação, nada mais podendo acrescentar de momento”.

Previous Município de Nelas aprova 21,9 milhões de euros para o Orçamento Municipal 2019
Next "A Escola e o Meio"na Rádio Boa Nova

Artigos Relacionados

Sociedade

Aviso amarelo para todos os distritos do país devido ao frio

Todos os distritos de Portugal continental estão sob ‘Aviso Amarelo’, o terceiro mais grave de uma escala de quatro, por causa do tempo frio.

Sociedade

PJ da Guarda deteve jovem de 23 anos por suspeita de abuso sexual de crianças

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal da Guarda, deteve um homem “fortemente suspeito da prática continuada,…

Região

ULS Guarda instaura processo a funcionário detido por abuso sexual de pessoas internadas

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda instaurou um processo de inquérito ao funcionário detido pela Polícia Judiciária (PJ) por alegado abuso sexual…

Informação

CIM Região de Coimbra e Junta da Galiza cooperam na proteção civil

Uma comitiva da CIM Região de Coimbra está de visita à Junta da Galiza, em Espanha, para conhecer e interagir com a estrutura de proteção civil, …

Destaque

Assembleia Municipal aprovou voto de pesar pelos 12 mortos no incêndio de outubro

Deputados e presidentes de junta de freguesia foram unânimes, na hora de aprovar um voto de pesar pelas 12 vítimas mortais no incêndio de outubro, no concelho de Oliveira do

Informação

13ª Festa do Pão, Bolos e Bolas pretende “divulgar o que se fazia” na freguesia do Seixo da Beira

A 13ª Festa do Pão, Bolos e Bolas arranca já amanhã, dia 23 e prologa-se até domingo, dia 25, na freguesia do Seixo da Beira, no concelho de Oliveira do

Educação

“Toque de entrada” chama cerca de 2500 alunos ao Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital

É já na próxima quarta feira, dia 13 de setembro, que volta a soar o toque de entrada para o novo ano letivo em Oliveira do Hospital. No Agrupamento de

Informação

Tondela: Três centenas de ninhos de vespa asiática foram destruídos

Três centenas de ninhos de vespa asiática, situados maioritariamente em árvores, foram eliminados no concelho de Tondela desde o início deste ano.

Informação

Marchas Populares proporcionaram “grande noite” em Oliveira do Hospital (com vídeo)

A cidade de Oliveira do Hospital viveu no sábado uma das principais noites. Mais de mil pessoas deram vida às Marchas Populares que atraíram um elevado número de pessoas ao

Última Hora

Proteção Civil promove campanha de sensibilização para medidas de autoproteção em caso de incêndios rurais

No âmbito da campanha global sobre incêndios rurais “Portugal Chama”, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) promove entre 3 de julho a 2 agosto, a campanha de

Informação

Região: Jovem de 17 anos detido por suspeita de crime de incêndio florestal

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Centro, com a colaboração do Núcleo de Proteção Ambiental da GNR de Mangualde, deteve um adolescente, de 17 anos, …

Informação

Município exige resolução para o estado calamitoso da saúde em Seia

O Presidente da Câmara Municipal de Seia anunciou , ontem, ter solicitado uma audiência ao Primeiro-Ministro António Costa, tendo em vista a resolução do estado calamitoso em que se encontra