Alexandrino garante que não queria ficar com tratores, mas é acusado de “incúria” pelo vereador do PSD

Alexandrino garante que não queria ficar com tratores, mas é acusado de “incúria” pelo vereador do PSD

image_pdfimage_print

A polémica em torno da entrega dos 19 tratores oferecidos pela Cáritas a lesados pelo grande incêndio de 15 de outubro em Oliveira do Hospital marcou o início da reunião pública do executivo…

…municipal, realizada esta manhã. O vereador do PSD acusou o presidente da Câmara de “incúria” ao proceder à entrega depois da reportagem da TVI.

João Paulo Pombo Albuquerque (PSD) até começou por lamentar “ que na reportagem seja ignorada a oposição e seja dada visibilidade a uma personalidade” a quem “não reconhece idoneidade política, ética ou outra para representar os oliveirenses, mas não tardou em acusar o presidente do Município de Oliveira do Hospital demonstrar “alguma incúria e culpabilidade no processo” ao proceder à entrega dos tratores no pós reportagem. O eleito pelo PSD disse, ainda, esperar que quanto à conta solidária “o processo seja diligente e transparente” e que José Carlos Alexandrino não esteja a usar “argumentos falaciosos para obstar a entrega dos donativos a quem deles mais precisa”.

Mas se concordou com a intervenção inicial de João Paulo Albuquerque, o autarca oliveirense logo rejeitou a acusação de “incúria”, assegurando que o seu executivo faz “as coisas bem”. “Alguns já foram a eleições e ficaram para trás”, referiu, notando agora que “querem a televisão para terem protagonismo”, quando, dadas as boas relações, poderiam ter-lhe ligado que informaria sobre o processo.


Em causa está um “processo que foi complexo, mas rigoroso e transparente” já que, inicialmente, havia 72 candidaturas para 19 tratores. Alexandrino lamentou a “manipulação” a que assistiu, notando que na reportagem da TVI parecia que o presidente da Câmara queria ficar com os tratores e “eu não quis ficar com trator nenhum”.

O autarca oliveirense não deixou de criticar o “denunciante do caso para a jornalista Ana Leal, que deve ter outros fins”. “Liga-me tantas vezes para assuntos pessoais e para o concelho e não me ligou”, comentou, apontando ainda o dedo a um dos queixosos na reportagem, que já tinha recebido um moto-cultivador, obteve subsídio de 4500 Euros e “agora até lhe foi atribuído um trator pela Cáritas”. O autarca escusou-se a revelar outros casos semelhantes.


Sobre a conta solidária, que soma cerca de 74 mil Euros, Alexandrino questionou porque é que em reunião de executivo de 6 dezembro e Assembleia Municipal de 28 de dezembro, ninguém questionou a demora na distribuição dos donativos acumulados na conta solidária. “Todos tinham consciência de que a Câmara Municipal deu respostas rápidas às pessoas com problemas”, observou.

Previous Mulher morre afogada num poço em Montemor-o-Velho
Next Pousada do Convento do Desagravo vai reabrir com Flagworld Group

Artigos Relacionados

Politica

Assembleia Municipal  vota prestação de contas de 2018

A Assembleia Municipal de Oliveira do Hospital reúne amanhã, 26 de abril, em sessão ordinária, pelas 14h30, no Salão Nobre do Município, destinada…

Informação

GNR deteve 46 pessoas por tráfico de estupefacientes no Boom Festival

A GNR deteve 46 pessoas por tráfico de estupefacientes durante o Boom Festival, que terminou no domingo, e levantou 85 autos de contraordenação por consumo de drogas.

Destaque

Oliveira do Hospital vai candidatar aldeias às “7 Maravilhas de Portugal”

O Município de Oliveira do Hospital vai entrar na nova competição das “7 Maravilhas de Portugal” agora dedicada às aldeias.

Região

Região: Motorista morreu atingido pela báscula do camião

Um homem morreu, esta quarta-feira, na sequência de um acidente com um camião, no concelho de Mortágua.

Última Hora

Folhadosa Fishing Team é campeão nacional e vai representar Portugal na Bielorrússia

O Folhadosa Fishing Team, clube de pesca fundado a 15 de dezembro de 2016 em Folhadosa, no concelho de Seia, venceu o Campeonato Nacional de Clubes de Feeder,…

Última Hora

Fogo que começou na sexta-feira na Pampilhosa da Serra já foi dominado

O incêndio que deflagrou na sexta-feira à noite na Pampilhosa da Serra, distrito de Coimbra, foi considerado dominado hoje pouco depois das 11h00,…

Última Hora

Dia 15: “A corda em vez de alargar ainda aperta no pescoço” queixam-se os agricultores

Paulo Rogério, proprietário de uma queijaria artesanal e Luís Miguel Falcão de Brito, empresário agrícola e florestal, foram duas das vozes que, por ocasião…

Última Hora

Fogos de outubro de 2017 foram fenómeno inédito e com falhas no combate

Os incêndios de outubro de 2017 na região Centro constituíram um fenómeno inédito, resultante da conjugação de fatores meteorológicos, mas a Comissão Técnica Independente (CTI) também concluiu que houve falhas

Última Hora

Comédia de Fernando Mendes “Noivo Por Acaso” em exibição na Casa da Cultura César Oliveira

O novo espetáculo teatral de Fernando Mendes, “Noivo Por Acaso”, que está a ser um sucesso de bilheteira, é a grande aposta cultural da Câmara Municipal …

Opinião

Ca$h Resto Z€ro: “Uma história de amor pela Rádio Boa Nova há sete anos”

Em mais um espaço de opinião “Ca$h Resto Z€ro”, Vítor Neves olha hoje “dentro do contexto das pessoas”, nomeadamente os “sete anos de Zé Conde e Natália Novais” na Rádio

Região

Provedora apela a familiares das vítimas para solicitarem indemnizações

A Provedora da Justiça, Maria Lúcia Amaral, apelou hoje aos familiares das vítimas dos incêndios para que apresentem os seus requerimentos de forma a que as indemnizações sejam atribuídas rapidamente.

Região

Coimbra: Mais de quatro anos de prisão para autor de furtos na noite de Natal

Um dos dois acusados de furtos qualificados na noite de Natal de 2014 em Coimbra foi hoje condenado a quatro anos e três meses de prisão efetiva.