“Ainda não estamos curados. Chego aqui, sinto um aperto e começo a chorar porque nada é igual” (com vídeo)

“Ainda não estamos curados. Chego aqui, sinto um aperto e começo a chorar porque nada é igual” (com vídeo)

Prestes a fazer um ano após o grande incêndio de 15 de outubro, Paula Lameiras, que ficou sem casa de habitação e a sua fonte de rendimento, a Queijaria Lameiras, em Vila Franca da Beira, agora olha “com mais esperança” para o futuro.

Depois de fugir naquela fatídica noite, Paula Lameiras viu toda uma vida de trabalho reduzida a cinzas. “Foi tempo de fugir e nem sequer olhar para trás. Ficaram os animais mas ficámos sem sítio para fabricar o leite, sem casa para viver”, contou.

Após um ano, com as duas obras em fase de conclusão, a produtora de queijo Serra da Estrela afirmou à Rádio Boa Nova que “é muito tempo para quem fica sem casa, sem trabalho e com problemas para resolver”.

Quanto à ajuda que lhe foi prestada para a realização das obras, a queijeira adiantou que contou com os apoios “mas foi muito difícil de conseguir” pois “foram muitas burocracias, muito tempo de espera, que levou a que agora esteja tudo atrasado”.

“Estamos a concluir a obra, vamos pagar tudo o que conseguirmos para depois recebermos também algum. Na parte da casa, aceitei fazer por menos de 25 mil euros. Não quisemos esperar pela CCDR (Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional) porque era muito tempo”, explicou, adiantando que “a casa vai ficar três vezes mais cara” e, por isso, contraiu um empréstimo de 80 mil euros. “Hoje em dia vamos começar com o coração nas mãos. Não sei se vou conseguir ter rendimento suficiente para fazer face a este empréstimo”.

Em declarações à Rádio Boa Nova, Paula Lameiras enalteceu ainda o gesto dos portugueses “e não só”, pelo apoio e doação de bens. “Foram excelentes. As pessoas foram muito solidárias comigo. Também o apoio psicológico, que precisámos muito, foi importante. No final da obra, estou a ver que ainda não estamos curados. Agora chego aqui, sinto um aperto muito grande e começo a chorar porque nada é igual”, referiu.

Beatriz Cruz (jornalista estagiária)

Previous Dois bombeiros ficaram feridos no combate ao fogo em Trancoso
Next Assembleia Municipal “reconhece esforço, empenho e sentido de missão” na recuperação do concelho após o grande incêndio

Artigos Relacionados

Região

Provedoria da Justiça já recebeu 15 requerimentos de feridos graves dos incêndios de 2017

Na sequência dos incêndios do ano passado, já foram entregues 15 requerimentos de feridos graves à Provedoria da Justiça para que sejam indemnizados pelos danos causados.

Última Hora

Ex-ciclista Cândido Barbosa participa na “Volta a Oliveira do Hospital”

O ex-ciclista português Cândido Barbosa, com uma carreira invejável e uma referência do ciclismo nacional, marca presença nesta “Volta a Oliveira do Hospital”, a acontecer no próximo dia 4 de

Informação

Acusado de abusar da mãe de 70 anos conhece hoje  sentença em Coimbra

O coletivo de juízes do Tribunal de Coimbra lê, hoje, a sentença ao homem de 53 anos que é acusado de abusar e de coagir a mãe, de 70 anos,

Última Hora

Festa do Queijo de Oliveira do Hospital registou “o maior número de visitantes de sempre”

A Festa do Queijo Serra da Estrela de Oliveira do Hospital registou uma enchente nos dois dias do certame. No sábado, a presença de Marcelo Rebelo de Sousa atraiu muitos

Sociedade

Superlua foi a maior desde 1948

A Superlua pôde ser observada, ontem, em Portugal. Foi a maior e mais brilhante desde 1948. Só em 2034 a Superlua encontrará paralelo.

Informação

Hospitais de Coimbra ultrapassaram os 3.000 transplantes renais

O serviço de Urologia e Transplantação Renal do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) anunciou hoje ter ultrapassado a barreira dos 3.000 transplantes renais,…

Informação

Alvôco de Várzeas renova bandeira “Azul” e “Praia Acessível”

A praia fluvial de Alvôco de Várzeas, no concelho de Oliveira do Hospital, vai hastear a bandeira “Azul” no próximo sábado, 2 de julho, …

Informação

Novo ano letivo começou “com toda a normalidade” no concelho de Oliveira do Hospital (Com vídeo)

As aulas arrancaram hoje para os 2441 alunos do Agrupamento de Escolas de Oliveira do Hospital. Nas várias escolas, de Norte a Sul do concelho, tudo decorreu com “toda a

Última Hora

Desemprego baixa em Oliveira do Hospital

O desemprego está a descer no concelho de Oliveira do Hospital. Atualmente são 710 os oliveirenses sem emprego. Em janeiro eram 1038.

Região

CIM Região de Coimbra presente na BTL com programa “ambicioso”

A CIM Região de Coimbra, que tem vindo a apostar no turismo através da promoção da cultura, do património cultural e natural, preparou para a apresentação no Stand da Turismo

Última Hora

Oliveira do Hospital adere ao Dia Europeu Sem Elevadores

O Município de Oliveira do Hospital vai assinalar esta sexta-feira, 13 de maio, o Dia Europeu Sem Elevadores (No Elevators Day) com uma campanha simbólica que pretende sensibilizar os oliveirenses

Destaque

Morreu a mulher de Ervedal da Beira que sofreu queimaduras graves no incêndio de 15 de outubro

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital aprovou, esta manhã, um voto de pesar pelo falecimento de Bernarda Matias. A mulher com 66 anos, funcionária da Junta de Freguesia …