Agricultores exigem menos burocracia e mais apoios para recuperação após os fogos

Agricultores exigem menos burocracia e mais apoios para recuperação após os fogos

Cerca de 150 agricultores e produtores florestais manifestaram-se hoje, em Coimbra, para exigir mais apoios e menos burocracia no processo de candidaturas…

…após os incêndios que afetaram o distrito de Coimbra entre julho e outubro deste ano.

João Dinis, dirigente da Confederação Nacional da Agricultura, adiantou à Rádio Boa Nova que através da manifestação, realizada em parceria com a Associação Distrital dos Agricultores de Coimbra e o Movimento de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM), os agricultores assinalaram o “descontentamento” com o processo de candidaturas. Os agricultores exigem o alargamento dos prazos e a alocação de mais verbas suficientes no Orçamento de Estado para “voltarmos a por o nosso mundo rural a produzir verde”. “Também a floresta está desacompanhada. Tem que haver ajudas na pecuária, no olival, vinha e frutas que vão estar anos sem produzir”, alerta João Dinis.

O protesto incluiu a entrega de um caderno de reivindicações na Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC), através do qual reclamam o aumento das ajudas simplificadas de 5.000 para 10.000 euros.

Os agricultores apelam ao Presidente da República, primeiro Ministro, Ministro da Agricultura e presidente da Assembleia da República para que “passem das palavras aos atos e haja dinheiro no Orçamento de Estado” para que “cheguem depressa as ajudas”. “Não venham complicar com a burocracia”, avisa João Dinis.

O dirigente da CNA lembra que após os incêndios deste ano “centenas, milhares de agricultores perderam tudo” e muitos deles até a própria casa. “São famílias inteiras a viver muitas dificuldades” pese embora a “solidariedade” que chegou de todo o lado. “Precisamos que o governo dê ajudas do Orçamento de Estado para reposição do nosso trabalho”, sustenta João Dinis.

Previous Fixada em 70 mil euros indemnização mínima para vítimas mortais
Next Marcelo espera que indemnizações definitivas fiquem definidas até 2017

Artigos Relacionados

Região

Cáritas Coimbra vai reconstruir 40 casas afetadas pelos incêndios

A Cáritas de Coimbra vai reconstruir 40 habitações afetadas pelos incêndios que começaram em junho em Pedrógão Grande e em Góis, foi hoje anunciado.  

Informação

Denúncia sobre nudez e agressão em praxe de Coimbra

A Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC) abriu um inquérito no seguimento da denúncia, por cartas anónimas, de praxes abusivas envolvendo alunos da instituição, avança o Jornal de Notícias.

Destaque

Oliveira do Hospital: Viatura caída no rio Seia foi encontrada com “arma de caça e respetivas munições”

Uma viatura foi encontrada, na manhã de sábado, caída no Rio Seia, junto da Ponte do Salto, entre Lagares da Beira e Ervedal da Beira. A viatura encontrava-se sem ocupantes

Programas

“A Escola e o Meio” na Rádio Boa Nova.

Este sábado, dia 3 de fevereiro, entre as 19.h00 e as 20h00, é emitido o 16.º e programa “A Escola e o Meio”, uma produção do Clube de Rádio do

Informação

Sabugal: Detido suspeito de atear fogo

A GNR deteve, na segunda-feira, um homem de 63 anos de idade, no concelho do Sabugal, Guarda, por suspeita de ter ateado um incêndio florestal.

Última Hora

Primeiro “Ca$h Resto Z€ro” de 2017 aplaude “vitória” da Estrada da Beira

No primeiro “Cash Resto Zero” de 2017, Vítor Neves destaca a importância que este dia, 6 de janeiro, tem para o concelho de Oliveira do Hospital em matéria de acessibilidades.

Informação

Oliveira do Hospital sinalizou “entre 20 a 25 casos de violência doméstica” em 2016

Oliveira do Hospital renova hoje, Dia Municipal para a Igualdade, o compromisso de combate às desigualdades e violência doméstica e no namoro. Em 2016,… … no âmbito do projeto “Igualdade

Cultura

Mão da Rainha Santa Isabel vai estar exposta durante 13 dias em Coimbra  

As festas religiosas de Coimbra, que decorrem de 01 a 13 de julho, assinalam os 500 anos da beatificação da padroeira da cidade com a exposição da mão da Rainha

Última Hora

Câmara de Oliveira do Hospital lança concurso para resolver problema na praia fluvial de Avô

José Carlos Alexandrino anunciou, hoje, que o Município de Oliveira do Hospital vai avançar com concurso público para a execução imediata da requalificação da praia fluvial de Avô.

Última Hora

EPTOLIVA acolhe seminário “Prevenção de fogos na reabilitação de territórios ardidos”

No dia em que comemora 27 anos de atividade, escola profissional EPTOLIVA, em Oliveira do Hospital, acolhe, amanhã, 9 de novembro, pelas 10h30, o seminário “Prevenção de fogos na reabilitação

Informação

Altice inicia em Seia a apresentação do projeto de infraestruturação de fibra ótica na Serra da Estrela

O Presidente Executivo da Altice Portugal, Alexandre Fonseca, apresenta amanhã (10 de fevereiro), em Seia, no decorrer de um almoço com empresários, autarcas e demais instituições locais, …

Informação

Polícia deteve mulher suspeita de atear fogo em Castelo Branco

A Polícia Judiciária deteve uma mulher suspeita de atear o incêndio florestal de grandes dimensões que deflagrou no domingo no concelho de Castelo Branco e que hoje se mantém ativo,