Agricultores exigem menos burocracia e mais apoios para recuperação após os fogos

Agricultores exigem menos burocracia e mais apoios para recuperação após os fogos

image_pdfimage_print

Cerca de 150 agricultores e produtores florestais manifestaram-se hoje, em Coimbra, para exigir mais apoios e menos burocracia no processo de candidaturas…

…após os incêndios que afetaram o distrito de Coimbra entre julho e outubro deste ano.

João Dinis, dirigente da Confederação Nacional da Agricultura, adiantou à Rádio Boa Nova que através da manifestação, realizada em parceria com a Associação Distrital dos Agricultores de Coimbra e o Movimento de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM), os agricultores assinalaram o “descontentamento” com o processo de candidaturas. Os agricultores exigem o alargamento dos prazos e a alocação de mais verbas suficientes no Orçamento de Estado para “voltarmos a por o nosso mundo rural a produzir verde”. “Também a floresta está desacompanhada. Tem que haver ajudas na pecuária, no olival, vinha e frutas que vão estar anos sem produzir”, alerta João Dinis.

O protesto incluiu a entrega de um caderno de reivindicações na Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC), através do qual reclamam o aumento das ajudas simplificadas de 5.000 para 10.000 euros.

Os agricultores apelam ao Presidente da República, primeiro Ministro, Ministro da Agricultura e presidente da Assembleia da República para que “passem das palavras aos atos e haja dinheiro no Orçamento de Estado” para que “cheguem depressa as ajudas”. “Não venham complicar com a burocracia”, avisa João Dinis.

O dirigente da CNA lembra que após os incêndios deste ano “centenas, milhares de agricultores perderam tudo” e muitos deles até a própria casa. “São famílias inteiras a viver muitas dificuldades” pese embora a “solidariedade” que chegou de todo o lado. “Precisamos que o governo dê ajudas do Orçamento de Estado para reposição do nosso trabalho”, sustenta João Dinis.

Previous Fixada em 70 mil euros indemnização mínima para vítimas mortais
Next Marcelo espera que indemnizações definitivas fiquem definidas até 2017

Artigos Relacionados

Sociedade

Presidente da Câmara de Oliveira do Hospital

Jose Carlos Alexandrino esclareceu, em entrevista e em direto às 18 horas, o falso alarme da Sonae. O edil oliveirense, fez também o ponto da situação actual sobre o grande 

Última Hora

Incêndio em aldeia de Miranda do Corvo provoca três desalojados

Um incêndio destruiu, ontem, por completo uma habitação no concelho de Miranda do Corvo e provocou três desalojados.

Última Hora

Detetada Legionella no Centro de Saúde de Mangualde

A Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) revelou hoje que foi detetada ‘legionella’ ambiental numa colheita efetuada em meados de outubro…

Informação

Fundo Revita analisa hoje processos da reconstrução de casas em Pedrógão

A Comissão Técnica do Revita (órgão gestor dos fundos de apoio à reconstrução das casas afetadas pelo grande incêndio de junho de 2017) vai reunir-se esta sexta-feira, às 14:30, nas

Última Hora

Colisão na Tocha provoca um morto e um ferido grave

Uma pessoa morreu e outra ficou gravemente ferida na sequência de uma colisão entre duas viaturas registada hoje na freguesia da Tocha,…

Informação

Agricultores protestam hoje em Coimbra

Agricultores e produtores florestais afetados pelos incêndios de 2017 protestam esta manhã, em Coimbra, para reclamarem mais apoios do Governo após os avultados prejuízos decorrentes daqueles fogos.

Nacional

Operação “Natal Tranquilo” da GNR arranca esta sexta-feira

A operação “Natal Tranquilo” da GNR arranca esta sexta-feira com o patrulhamento rodoviário, em todo o país, das vias com maior tráfego neste período do ano.

Vídeos

Equipas “Vida por Vida BV” promovem ação “Vamos falar sobre: cancro da pele a cancro nos testículos” (com vídeo)

As duas equipas “Vida por Vida BV” criadas no seio dos Bombeiros Voluntários de Oliveira do Hospital promovem hoje, dia 17, pelas 21h00 ….

Destaque

Executivo oliveirense congratula-se pelo aumento de vagas na ESTGOH

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) vai disponibilizar mais 60 vagas no próximo concurso nacional de acesso ao ensino superior.

Politica

Carlos Maia reeleito presidente da Concelhia do PS de Oliveira do Hospital

Carlos Maia foi reeleito, no sábado, para a presidência da Comissão Política Concelhia do Partido Socialista. O socialista foi único candidato à liderança da estrutura.

Sociedade

Treze detenções e 73 acidentes na última semana no distrito de Coimbra

O Comando Territorial de Coimbra da GNR procedeu, na semana de 30 de maio a 5 de junho, a 13 detenções em flagrante delito. No mesmo período registou 73 acidentes.

Informação

Adolescente e um adulto detidos por suspeita de tentarem matar um homem de 29 anos

A Polícia Judiciária deteve um homem de 31 anos e de um jovem de 15 anos suspeitos de tentativa de homicídio, em Lamego, na madrugada de 19 de agosto.