Agricultores e produtores florestais realizam manifestação para reclamar apoios ao governo

Agricultores e produtores florestais realizam manifestação para reclamar apoios ao governo

image_pdfimage_print

Os agricultores e produtores florestais afetados pelos incêndios de 2017 manifestam-se na próxima sexta feira, 2 de fevereiro, junto ao Ministério da Agricultura para reclamar apoios.

A iniciativa é promovida pela Associação de Agricultores do Distrito de Coimbra (ADACO), o Movimento Associativo de Apoio às Vítimas dos Incêndios de Midões (MAAVIM) e a Confederação Nacional da Agricultura (CNA).

Em declarações à Rádio Boa Nova, Isménio Oliveira, presidente da ADACO disse que “há muitos agricultores prejudicados que ainda não fizeram candidaturas” aos apoios simplificados , pelo que defende a reabertura daquelas candidaturas pelo menos por mais um mês. Por outro lado, o responsável está preocupado com a situação dos produtores florestais que não viram ser criadas medidas de apoio. Isménio Oliveira reclama, por isso, a criação de parques de madeira queimadas na região e criação de um preço justo para a madeira queimada, situação que não se verifica. “Não há medidas efetivas criadas para o escoamento da madeira e para que possa ser vendida a um preço minimamente justo”, referiu.

De acordo com Isménio Oliveira “há agricultores a passar momentos de grande dificuldade”. “Os que têm capacidade têm investido, mas outros não sabem o que hão-de fazer à vida”, disse à Rádio Boa Nova o dirigente que dá o exemplo de um agricultor da região, com prejuízos de 70 mil Euros, que se viu impossibilitado de se candidatar ao apoio até cinco mil Euros e optou por não apresentar candidatura ao PDR 2020, sujeita a projeto e sem garantia de ser aprovado. “Setenta por cento dos agricultores com mais de cinco mil Euros de prejuízos não fizeram projeto. Há apenas 300 candidaturas com projeto acima dos cinco mil Euros. Até cinco mil Euros houve 23 mil candidaturas”, comparou o responsável.

A manifestação em Lisboa, marcada para as 14h30, deverá reunir mais de uma centena de agricultores e produtores florestais da região. Isménio Oliveira espera que sejam recebidos em audiência pelo ministro Luís Capoulas Santos a quem dirigiram, há duas semanas, um caderno reivindicativo, ao qual não obtiveram até agora qualquer resposta.

Previous 25 detenções, 668 infrações e 26 acidentes na última semana no distrito de Coimbra
Next Grupo Céus Limpos organiza palestra com terapeuta Benjamim Levy

Artigos Relacionados

Região

Marcelo vai passar Natal e Ano Novo com vítimas dos incêndios

O Presidente da República confirmou ontem que passará o Natal e o Ano Novo com as vítimas dos incêndios.

Última Hora

Pai Natal chega de ambulância da Cruz Vermelha às crianças das zonas atingidas pelos incêndios

A Cruz Vermelha de Coimbra transformou uma ambulância em casa do Pai Natal, que está a chegar com atividades e presentes às crianças de escolas de vários concelhos afetados pelos

Informação

Assembleia Municipal aprovou moção de reivindicação pela requalificação total da EN230

A requalificação da Estrada Nacional 230 voltou a ser tema na última Assembleia Municipal. Na passada sexta-feira, foi votada, por unanimidade, uma moção de reivindicação pela “imediata requalificação do troço

Última Hora

Morreu a cantora Dina. Tinha 62 anos e lutava contra uma fibrose pulmonar

Morreu esta quinta-feira à noite, a cantora Dina, autora de vários sucessos, incluindo ‘Há sempre música entre nós’ e ‘Amor de Água Fresca’.

Região

Temperaturas vão subir até quarta-feira

As temperaturas vão subir até quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje

Desporto

FCOH vence o Pampilhosense (2-0) e Nogueirense vence o Pampilhosa (1-0)

No Distrital de Honra da AFC, Jornada 11, o FCOH venceu o Pampilhosense por 2-0. O resultado foi melhor do que a partida de futebol. A primeira parte foi muito dividida

Informação

Freguesia em Oliveira do Hospital perdeu 80 empregos em duas serrações

Pelo menos 80 pessoas perderam o emprego na área da União de Freguesias de Ervedal e Vila Franca da Beira, em Oliveira do Hospital, …

Última Hora

Feira do Livro de Oliveira do Hospital é inaugurada domingo

O Município de Oliveira do Hospital promove uma nova edição da Feira do Livro de 26 a 29 de maio, no Largo Ribeiro do Amaral (entre as 10H e as

Última Hora

ESTGOH capta 110 alunos na 1ª fase de acesso ao ensino superior

A Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Oliveira do Hospital (ESTGOH) duplicou o número de alunos colocados na primeira fase…

Última Hora

Procissão do Senhor dos Passos em Ervedal da Beira

A localidade de Ervedal da Beira, no concelho de Oliveira do Hospital, prepara-se para a realização da solene procissão do senhor dos Passos. Esta importante manifestação de fé acontece no

Região

Mais de 50 concelhos do país em risco máximo de incêndio

Mais de 50 concelhos de dez distritos de Portugal continental apresentam hoje risco máximo de incêndio, segundo informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Última Hora

Queimada provocou incêndio em Santa Ovaia

Vinte e seis bombeiros e sete viaturas combateram hoje um incêndio rural que deflagrou cerca das 11h35, na Quinta da Cal, Santa Ovaia, no concelho de Oliveira do Hospital.