A Rádio Boa Nova

A Rádio Boa Nova nasceu a 19 de Março de 1986 ( Dia do Pai ). A ideia havia surgido algum tempo antes numa reunião em casa do Sr. Dr. António Fonseca Tavares (ele que sempre foi grande entusiasta do rádio amadorismo) onde, em conjunto com o Sr. Padre Sertório Baptista e o Sr. Padre António Borges de Carvalho, desenvolveram o tema e logo, por consenso geral, a apadrinharam, dando-lhe o nome de Rádio Boa Nova .

O primeiro emissor foi obra artesanal de mais um entusiasta, António Dias, sendo as primeiras emissões transmitidas do quinto andar do Prédio Areias, em cujo topo foi montada a antena, emitindo de segunda a sexta das 19:00 à 1 da madrugada, aos Sábados e aos Domingos das 9 até às 24:00, fazendo já na altura a cobertura dos jogos de futebol disputados em Oliveira do Hospital, assim como a transmissão da Eucaristia desde a Igreja Matriz, facto que ainda hoje mantém (com outras condições técnicas, naturalmente). Depois suspendeu a emissão, enquanto decorreu o processo de licenciamento, , já com personalidade jurídica em forma de Cooperativa. numa altura em que passou a ter 2  estúdios (1 de emissão e um de gravação) no edifício (cedido pela Câmara Municipal) que, remodelado anos mais tarde, viria a receber a Casa da Cultura,

Reinicia em 19 de Março de 1989 as suas emissões regulares, já legalizada e com alvará atribuído, e isso graças à colaboração do Arciprestado, das Fabricas das Igrejas da nossa região, e de muitas pessoas, homens e mulheres de boa vontade, que contribuíram para o desenvolvimento da rádio, tornando-se seus cooperantes. Montou o Centro Emissor na Catraia de S. Paio, por cima do depósito de armazenamento de Água, com emissor novo e 2 antenas dipolares, com emissão em estereofonia e já algum equipamento profissional.

Os estúdios passaram no ano seguinte para instalações na Zona Industrial, adaptadas para o efeito, onde ainda se mantêm, com a ligação ao centro emissor por feixe hertziano (numa primeira fase o emissor esteve ainda a trabalhar desde aí, mas com perda da capacidade de difusão optou-se por voltar para a Catraia de S. Paio, onde esteve até Maio de 2005).

Já em 1990 adopta a emissão 24 horas por dia, factor beneficiado pela introdução 2 anos mais tarde com um sistema informático e gravação digital, isto já com o apoio na radiodifusão da PubliChoupal do empresário Manuel Gonçalves Alves.

Em 2002, por via do final do contrato que nos ligou a essa empresa,  a Cooperativa volta a gerir totalmente o espaço de radiodifusão, assim como toda a área financeira, e procede nessa data ao inicio de nova fase de actualização de equipamento, acompanhada por mudanças a nível de programação, com clara aposta na informação local e regional.

Nesse ano remodelou o equipamento dos estúdios, no ano seguinte equipamento de exterior e de reportagem, e desde Maio de 2005 o centro emissor ficou instalado no Senhor das Almas, a fim de reduzir alguns problemas de captação em zonas do nosso Concelho. Esse Centro Emissor foi equipado com 3 novas antenas, novo emissor e sistema de comutação que permite, no caso de falha do equipamento principal, o arranque automático de um sistema alternativo (antigo emissor).

Dispõe de RDS desde 2003 e está na internet com esta página desde o final de 2003, altura em que cria o seu novo logotipo, consentâneo com a realidade de uma rádio actual. Em 2004, fomos distinguidos como o melhor site de Rádio no distrito de Coimbra, a que não ficou alheio a actualização diária das noticias. Em 2005, entre 7 nomeados, voltamos a ser distinguidos com esse “galardão”. Um outro marco foi o inicio da transmissão “on-line” na, merecidamente, apelidada de auto-estrada da informação, o que aconteceu pelas 19:00 de 23 de Janeiro de 2006 ao abrigo do Projecto ROLI, a dois meses de comemorar os 20 anos de existência.

Hoje é uma rádio generalista, com três noticiários regionais diários, com o mínimo de duas horas de emissão diária de informação, debate ou entrevista, voltada para o desenvolvimento do concelho e Região, trabalhando com emissão própria, 24 horas por dia, contando com 40 colaboradores, 90% dos quais em Voluntariado, num projecto de e para as pessoas.

Nas comemorações dos 25 anos de existência em 2011, a Rádio Boa Nova recebe a Medalha de Mérito Municipal, atribuída pela Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, no reconhecimento e importância, no trabalho desenvolvido aos longo destes anos em prol do concelho e região. Para comemorar esta data a Rádio Boa Nova realiza um programa de entrevistas, onde reúne 25 nomes de relevância nas diversas áreas a que deu o nome de “25 anos 25 nomes” .

Em 2012 a Rádio Boa Nova realiza a 18 de Agosto a sua primeira grande Festa do Ouvinte e do Emigrante no Parque do Mandanelho num dos maiores espectáculos de música popular realizados no concelho. Neste ano a rádio fez uma reestruturação na sua emissão, conseguindo novas parcerias e novas vozes, mas, continuando a estar assente numa grande percentagem de voluntariado. Ganhou novas pessoas e aumentou o já vasto leque de ouvintes.

Em 2013 são também muitas as iniciativas realizadas. Destaque para a Festa de Ano Novo com casa lotada, realizada em Avô no Centro Cultural Dr. Vasco de Campos e que teve a participação, de entre outros, de Fernando Mendes. Depois em Agosto a 2ª edição da Festa do Emigrante realizada no último dia/noite da Expoh, numa parceria com a RDP Internacional e o Município de Oliveira do Hospital, que encerrou o certame com mais uma grande noite de fados de Lisboa, num grande sucesso.

Em 2014 o destaque vai para as comemorações do 28º aniversário, com a realização de duas grandes festas. Primeiro no dia 22 de Março com um almoço convívio no Salão da Obra D. Josefina da Fonseca, entre sócios, amigos e colaboradores e outras entidades que quiseram esta presentes, encerrando o dia com uma tarde cultural e a participação de diversos grupos e artistas da região convidados. Depois no dia 29, com o Sarau Musical realizado no Salão dos BVOH e a apresentação oficial do Hino da Rádio Boa Nova, cantada a mais de cem vozes com a participação do Orfeão de Barrô, Coral de Sant´Ana, Orquestra Cultus Musicae e Coral Infantil da FAAD. O Hino foi criado e orquestrado pelo Maestro e Professor Sérgio Brito e Orfeão de Barrô.

Já no final ano (outubro) e após candidatura ao regime de incentivos do Estado à comunicação social, reestrutura-se e remodela-se totalmente os estúdios de emissão e gravação/produção, com novo sistema de gestão digital da rádio e todos os aparelhos e mesas, passando a rádio a estar totalmente digitalizada. Cria no final do ano, a sua própria APP para IOS e Android que abrem novos caminhos nos meios de comunicação e redes sociais e termina todos o processo de alteração e remodelação tecnológica dos estúdios e emissão on-line.

Em 2015 realizou mais um grande convívio no almoços de Natal com mais de 300 pessoas e muitos artistas convidados.

Em 19 de março de 2016, realizou a grande Gala dos 30 anos

 

Rádio Boa Nova