“A EXPOH vai ter um formato diferente. É preciso criar uma comissão organizadora”

“A EXPOH vai ter um formato diferente. É preciso criar uma comissão organizadora”

image_pdfimage_print

A EXPOH- Feira Regional de Oliveira do Hospital 2019 terminou há cerca de três semanas, mas o executivo municipal já está de olhos postos na próxima edição. A escolha dos artistas por parte da população, a criação de um tema e uma comissão organizadora são algumas novidades para a edição de 2020.

Na última reunião pública do executivo, na sequência da intervenção do vereador do PSD, João Paulo Albuquerque, que felicitou o executivo por mais uma edição do certame, o presidente da Câmara Municipal fez um novo balanço e adiantou algumas novidades que espera ver concretizadas na próxima Feira.

O autarca confessou que gostaria que “houvesse um tema” para o próximo ano. “Gostava que fosse dedicada à indústria têxtil”, começa por dizer, realçando que, para isso, “é preciso criar uma comissão organizadora”. “Devemos dar outros passos para que não avancem só as ideias do presidente e do executivo. Abrir a própria feira a essa comissão organizadora e a agentes empresariais para nos ajudarem”, disse.

Na ocasião, voltou a frisar que parte da contratação dos artistas vai ser feita pelo público oliveirense. “Nós vamos lançar durante o mês de setembro e até 15 de outubro, a contratação de três artistas. “O público oliveirense vai escolher por votação online. Do escalão até aos 20 anos escolhem um artista. Dos 20 aos 40 anos escolhem outro e dos 40 para cima escolhem outro”, explicou, evidenciando que a sua escolha, como cidadão oliveirense, está feita: a fadista Mariza.

Alvo de críticas a propósito da contratação do artista internacional Nego do Borel, José Carlos Alexandrino afirmou que “o espetáculo defraudou completamente as expectativas”. Tendo conhecimento que essa mesma contratação foi contestada nas redes sociais, o autarca relembrou que “todos os contratos dos artistas estão no portal” para consulta.

O assunto mereceu também destaque na primeira página do Jornal i, onde se lê “Câmara Municipal de Oliveira do Hospital paga 64 mil Euros por Nego do Borel”. Com o respetivo jornal na mão, José Carlos Alexandrino adiantou que este ano, foi o ano em que o Município gastou mais.

Relembrando que a contratação do artista internacional foi feita no âmbito de uma promessa do autarca há dois anos, o presidente reconhece que “o salto do cartaz não foi suficiente para dar o salto no número de pessoas”.

Face a isto, José Carlos Alexandrino garante que “a EXPOH do próximo ano vai ter um formato completamente diferente. “A EXPOH tem de ser reinventada. Não é só pelo cartaz que não somos capazes de atrair maior número de pessoas. Precisa de uma remodelação”, referiu, defendendo que “o Parque do Mandanelho é fantástico para concertos mas não é bom para realizar uma feira”.

Previous Região: Incêndio em fábrica de transformação de madeiras dominado. Não há feridos
Next Funeral do jovem que faleceu vítima do acidente em Tábua realiza-se hoje

Artigos Relacionados

Última Hora

APAV apresenta nova campanha sobre Violência no Namoro (com vídeo)

Neste dia em que se celebra o Dia dos Namorados, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima apresenta uma nova campanha de sensibilização sobre violência no namoro.

Última Hora

Velas e badaladas em homenagem às 12 vítimas mortais dos incêndios em Oliveira do Hospital

A Câmara Municipal de Oliveira do Hospital, em homenagem às vítimas mortais dos incêndios do dia 15 de Outubro, promove hoje pelas 19h00 …

Desporto

Hóquei Patins: FCOH inicia campeonato com vitória

A equipa de hóquei patins do Futebol Clube de Oliveira do Hospital (FCOH) estreou-se no Campeonato Nacional da 3ª Divisão da Zona Norte B…

Informação

Queimadas foram das principais causas dos fogos até 31 de agosto

Sessenta por cento dos incêndios investigados entre 01 de janeiro e 31 de agosto foram causados por queimadas, segundo do último relatório…

Última Hora

Conheça os resultados desportivos de fim-de-semana

As duas equipas do concelho oliveirense, a jogar no Campeonato Nacional, perderam ontem os jogos da 8ª jornada.

Região

Aveiro: Homem detido por violação e violência doméstica

A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Aveiro, identificou e deteve um homem, operador de máquinas industriais, com 41 anos de idade, suspeito de ter violado

Região

Cáritas Coimbra promove 9ª Campanha de Prevenção de Maus Tratos a Crianças e Jovens

A Cáritas Diocesana de Coimbra promove, uma vez mais, o Laço Azul – Campanha de Prevenção de Maus Tratos a Crianças e Jovens durante o mês de abril.

Última Hora

Oliveira do Hospital novamente reconhecida como “Autarquia Mais Familiarmente Responsável 2018”

O Município de Oliveira do Hospital foi novamente distinguido, pelo quarto ano consecutivo, como “Autarquia Mais Familiarmente Responsável 2018” – um galardão atribuído pelo Observatório das Autarquias Familiarmente Responsáveis (OAFR),…

Última Hora

Caldas da Rainha: Homem detido por violência doméstica

O Comando Territorial de Leiria, através do Posto Territorial de Caldas da Rainha, deteve, no passado dia 23 de novembro, um homem de 28 anos pelo crime de violência doméstica

Desporto

CCPOH promove 31º Convívio de Cicloturismo Rota do Alva

O Clube de Caça e Pesca de Oliveira do Hospital (CCPOH) realiza, no próximo dia 2 de setembro, a 31ª edição do Convívio de Cicloturismo Rota do Alva.

Informação

Serviço de Emprego de Arganil divulga apoios para a manutenção de postos de trabalho

O Serviço de Emprego de Arganil realiza, nos dias 21, 22 e 23 de novembro, sessões de divulgação dos apoios…

Nacional

Mais de metade dos jovens já sofreram de violência no namoro

Mais de metade dos jovens que namoram ou namoraram dizem já ter sofrido uma qualquer forma de violência por parte do companheiro e 67% acham isso natural, motivo para uma